EspiritualidadeMistérios

A profecia da Criança que vai começar a nova Idade de Ouro

Você sabia que, um século antes de João escrever o Apocalipse, o poeta Virgílio escreveu em seus poemas uma profecia idêntica, falando do nascimento de uma Criança Sagrada, patrocinada pelos espíritos do Sol e da Lua, e cujo nascimento encerraria a idade de ferro (caos moderno) para dar início a nova idade de ouro (o Reino de Deus)?

E apesar de estarmos debaixo de um evento extraordinário e efetivamente ocorrido em 23 de Setembro de 2017, a humanidade segue dormindo – como era de se esperar – mas nem todos!

Porque espíritos vigilantes e Anjos Guardiões, que já sabiam e esperavam por esta Criança, estão agora, neste exato momento, conduzindo-a para sua missão especial, tomando-a sob seus cuidados.

Porque esta Criança simbólica é o mesmo Homem da Profecia de Virgílio que vai iniciar o nascimento da Egrégora chamada Futura Raça, porque dela, de sua semente, nascerá essa Raça, aquela que os Maias chamaram de 4-MEN, e os Astecas, de 4-QUIAUHUITIL, ambas significando a mesma coisa: ÁGUIA.

Curiosamente, João apóstolo, que escreveu o Apocalipse e o seu Evangelho único, era comparado à Águia entre os quatro evangelistas bíblicos.

O Selo 4-ÁGUIA nomeia o Sexto Sol, o próximo a iluminar a futura humanidade redimida, já que estamos no final do Quinto Sol, que é 4-CABAN (Terremoto). E tudo isso está confirmado no próprio livro do Apocalipse, já que a Mulher sagrada que deu luz ao Menino recebeu asas de águia para seu translado ao deserto (o retiro).

São João Evangelista

E antes mesmo que João escrevesse o Apocalipse, tendo-o escutado dos lábios do próprio Jesus Cristo, na Ilha grega de Patmos, não longe dali, o grande poeta grego Virgílio, escrevendo seus poemas bucólicos, registra o evento do Apocalipse 12 no IV Écloga, certamente recebendo inspiração da parte de Apolo e suas musas…

Artigos relacionados

E ele diz que essa Criança, que esse Mestre levantado em Terra no nosso tempo, que esse Messias Maitreya… carregaria no ventre a raiz da Nova Raça para o tempo do Sexto Sol, ou a Nova Idade de Ouro, porque esta Criança cessaria a Idade de Ferro atual (Kali Yuga) com o seu poder predestinado.

“EIS QUE RETORNA A VIRGEM NA ORDEM DOS SÉCULOS, EIS QUE RETORNA O REINADO DE SATURNO, E UMA NOVA GERAÇÃO DESCE DAS ALTURAS. DIGNA-TE SEMENTE, Ó CASTA LUCINA (LUA) A AUXILIAR O NASCIMENTO DESTA CRIANÇA COM A QUAL, POR FIM, CESSARÁ A RAÇA DE FERRO E SURGIRÁ, SOBRE O MUNDO INTEIRO, A RAÇA DE OURO. DESDE AGORA JÁ REINA O TEU IRMÃO, APOLO (O SOL)”

Isso no entanto é só uma pequena parte do vasto escrito de Virgílio sobre o assunto, com riqueza de detalhes da missão grandiosa desta Criança.

A profecia de Virgílio, declarara em formato poético, diz essencialmente a mesma coisa que o Apocalipse 12, uma Criança nascida de casta sagrada, sob o retorno da Virgem (cujas lendas declaram que a deusa Astréia – Virgem – abandonou o mundo na época da sua corrupção).

Essa criança, como se traduz, não significa apenas um indivíduo, mas uma casta, uma geração favorecida pela “semente divina” que não se corrompe.

Ela será favorecida pelos deuses do Sol (Apolo) e da Lua (Lucina).
E no Apocalipse 12, Miguel, o Anjo do Sol, e Maria (a Mulher, que pisa a Lua aos pés) batalham pela criança que ela carrega em seu ventre, que o Dragão das trevas deseja devorar.

Há relatos no apócrifo do Pistis Sofia análogos a chegada da Criança inaugurando a nova era.

Claro, grande parte desta profecia se reflete diretamente sobre o nascimento de Jesus Cristo, pouco tempo depois (Virgílio é quase contemporâneo de Cristo, tendo morrido em 19 a.C.) contudo, a profecia de Virgílio é bem mais específica ao nosso tempo e ao evento de 23 de Setembro de 2017.

A Criança (homem) será retirada do mundo no devido tempo, e se prepara para sua grande missão, devidamente blindada pelo poder de Jesus Cristo (que a patrocina) para que possa iniciar a lenta transição da Raça inteira para as luzes do Sexto Sol das Águias… e ainda que a humanidade durma, e continua dormindo, lá no céu, as estrelas já se encontram celebrando o acontecimento.

Sorte de quem puder ouvir o que elas agora cantam, louvam e bendizem a respeito do Filho do Pai de toda a Vida e da Mãe de toda a Luz… foi do mesmo jeito quando Jesus Cristo nasceu… enquanto o Universo inteiro louvava, o mundo inteiro dormia… uma pena, porque esta Criança carrega agora todas as nossas maiores e melhores esperanças.

Urge seguir a nova Estrela de Belém para alcançá-la e adorá-la em Espírito e Verdade!

Como podem ver, a Bíblia não é a única referência da Verdade.
Pode ser a principal referência profética, mas certamente não é a única.
E isso nos convida a abrir mais a mente e abandonar todo proselitismo em nome da Verdade, cuja Luz está em toda parte para olhos que se fazem abertos e despertos…

JP em 26.07.2020

Veja também:

Comentários

Botão Voltar ao topo