A precisa cronologia de eventos do Sexto Selo do Apocalipse em nosso tempo

Leia com atenção o conteúdo do Selo mais importante do Livro de sete selos da Lei Maior sendo aberto em nosso tempo, e confira as provas de que ele realmente já está sendo aberto agora mesmo:

“E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue;
E as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte.
E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares.
E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo o servo, e todo o livre, se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas;
E diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós, e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro;
Porque é vindo o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?”

Apocalipse 6:12-17

Antes deste sexto selo, vieram os quatro cavaleiros do Apocalipse, e o último deles, cor amarela, associado à praga das doenças, raça amarela (oriental) e a origem da grande pandemia.
Ou seja, está acontecendo.
Então, o quinto selo fala aos mártires da fé para terem mais paciência a respeitos das injustiças e barbaridades da maldade humana no mundo, aparentemente crescendo sem limites e sem freios por parte da Lei Maior, ao que a voz do Altar apenas diz que elas esperem até que o número delas (144 mil) seja completado, o que significa que existem muitas almas nobres que já morreram entre estes 144 mil eleitos de Cristo.

Finalmente, o sexto selo anuncia a Grande Justiça de Deus, por eles clamada, debaixo de uma série de sinais que estão acontecendo com absurda precisão cronológica em nosso tempo!

Grande terremoto e sol negro (os eclipses solares e muitos terremotos intensos destes últimos anos, especialmente os anos entre 2017 até agora, porque 2017, no dia 23 de setembro, marcou o grande e raro sinal estelar do Apocalipse 12 na constelação de Virgem).

Então vieram os eclipses da Lua de sangue, e foram sete, precisamente sete, entre 2014 e 2019.
Sete, na conta bíblica, é uma totalidade cumprida (Sete Anjos e todas as suas ações no Apocalipse).

E finalmente, as estrelas caindo do céu… estamos atravessando uma época com enorme incidência de meteoros e asteroides no espaço aéreo de todo o planeta, e aumentando, porque algum objeto invasor está empurrando muitos deles lá do cinturão de asteroides por sua aproximação veloz.

O Apocalipse repete a mesma referência do livro de Mateus, capítulo 24, quando Jesus associa Israel à figueira (um dos símbolos daquela nação), dizendo que não se passaria uma geração (da Nova Israel) sem que todas as coisas por ele anunciadas se cumprissem: e uma geração, nos cômputos da Biblia, vale 70 anos.
A Nova Israel completou 70 anos como nação reconhecida pela ONU em 14 de maio de 2018.
E tudo está se desenrolando debaixo das palavras de Cristo.

E finalmente, com toda a comoção cósmica que finaliza o conteúdo do sexto selo, os povos da Terra começam a procurar por abrigos nas cavernas e no subterrâneo, o que nos remete diretamente aos bunkers…
Quando então chega os dias do Julgamento de Babilônia, e da Grande Rameira.

O Apocalipse é infalível, é como um mar donde todas as profecias modernas sobre o fim do grande ciclo saíram, com detalhes e precisão inacreditável e atualizada em nosso tempo.

E todo olho o verá!
Porque só falta o surgimento da estrela da amargura no céu como confirmação deixada para o final.
Então, um grande silêncio cobrirá os céus do mundo inteiro antes do Arrebatamento dos 144 mil.

JP em 23.07.2020

Comentários
Compartilhar