A construção do CONTATO

Meu trabalho, desde sempre, teve por base a busca de um sólido conhecimento sobre o qual eu apoiasse a minha mente na conquista das mais altas realizações espirituais possíveis em nossa curta existência.

E num mundo onde reinam tantas mentiras, falsas doutrinas, falsos gurus e ideologias, com a luz da Verdade doutrinária legitima cada vez mais diluída pela especulação dos doutores cegos da era moderna, doutores acorrentados em sua vã ciência que nada ainda mediu da distância entre o céu e a Terra e todos os seus mistérios… que posso dizer?

O contato que eu busco não vem de canalização, vidência ou ingestão de ervas…
O contato que eu busco é mais matemático e científico do que vocês podem imaginar… um fenômeno consciente.
E construído!

Ele é número, forma e padrão que eu reconheço na vida, como um tipo de comunicação real entre os mundos, os planos visível e invisível de todas as realidades atravessadas pela mesma mente, que não precisa estar condicionada às coordenadas X Y Z do espaço cúbico material para aprender os muitos idiomas do Universo inteligente…

O contato que eu busco jamais poderia se basear num tipo de mediunidade inconsciente das forças do outro lado do véu, porque o que mais existe por lá são falsas entidades se passando por divindades e espíritos iluminados e ditando falsos oráculos que, a primeira vista, parecem muito sábios e justos, mas com o tempo, revelam o verdadeiro interesse delas sobre você:
o controle psíquico.

Prefiro um sonho lúcido e uma projeção astral consciente do que esse tipo de mediunismo passivo.
Prefiro a definição Instrumento consciente de Deus do que a definição “agente passivo de entidades ocultas…”
Coisa que eu não aconselho a ninguém.

Buscar essas coisas do Ocultismo por curiosidade é sempre muito arriscado, porque a curiosidade continua matando os gatos imprudentes e desavisados.

Costumo dizer: não busque o contato, mas deixe que o contato busque você quando estiver preparado para ele!

Também jamais usei ou usarei qualquer estimulante vegetal ou coisa do tipo. E nem aconselho.

Primeiro, porque sei que todos os poderes se encontram latentes dentro da mente, e você só precisa trabalhar duro para expô-los. Falo de meditação, oração, prática constante de concentração, visualização e também o uso das ciências e das artes para um desenvolvimento equilibrado dos dois hemisférios cerebrais, o que guarda uma relação direta com a expressão máxima dos poderes da mente.
Nem racional demais e nem sensível demais, mas ambos, na dose certa.

E a LUZ se fará nas conexões amplificadas do pensamento e nas sinapses aceleradas pela rede quântica estimulada em cada fibra nervosa do nosso cérebro.

Se eu usar estimulantes químicos, é como se eu estivesse subornando o espírito interior, forçando a abertura de portas e canais psíquicos que Ele próprio ainda não abriu em mim…

Você consegue entender que os resultados finais nunca serão bons ou ao menos aceitáveis para um discípulo consciente de que o poder real está e sempre esteve dentro dele, e nunca fora?

Quando eu digo CONSTRUIR UM CONTATO, falo da semelhança do trabalho de enraizamento de uma árvore.
Quando vemos uma árvore enorme no campo, nem imaginamos que as suas raízes podem ser ainda maiores, enterradas na profundidade para nós invisível do campo… assim é a espécie de trabalho que eu busco, construído tijolo por tijolo, e cada dia bem vivido, com a consciência guiada sob a luz do Sol e da Verdade divina, é um tijolo a mais que eu acrescento na minha edificação, é um centímetro a mais que a raiz da minha árvore se aprofundou, garantindo que ela cresça um centímetro a mais na direção do Sol, erguendo-se como firme coluna rumo ao céu…

Não só o contato, mas em tudo nessa vida, não pode haver pressa.
Casa construída às pressas, cai sobre a sua cabeça na primeira tempestade.

“Iluminação” construída às pressas, sem paciência, sem elaboração, meditação, síntese e mudança interior, baseada em vertigem dos sentidos ou estímulos externos, é um laço dentro do qual a pessoa se aprisiona a si mesma em setores psicológicos onde a ILUSÃO a controlará com o tempo.

Ter somente sensibilidade psíquica nada conta.
Ter percepções e poderes não é o bastante se você não tiver CONSCIÊNCIA para usá-los.
Serão como armas que ferirão o próprio portador.

Não existe religião superior a Verdade.
Essa é a minha sentença. Não me apego a crenças, e sempre estou disposto a transformar tudo na minha cabeça, conforme o Novo se apresenta diante de mim a cada esquina do tempo que eu dobro.
O velho, eu incinero como a Fênix para poder ver este novo mais brilhante diante dos meus passos.
E o mero acúmulo de informações dentro da cabeça também não ilumina ninguém…

O meu NOVO, hoje, me conduz na direção de um contato consciente porque foi construído da forma mais sólida possível.

Reunindo todos os alfabetos disponíveis da minha vida, fui então combinando a matemática dos dias com a mensagem dos sonhos e dos episódios sincronitários, vasculhei as Escrituras sagradas de todos os povos em busca de um denominador comum que eu pudesse seguir, um conhecimento padrão, que encontrei também na altura das estrelas e na emoção das poesias que usam a palavra como sementes criadoras de realidades ocultas e abstrações que só o coração que sente pode entender… tudo isso aplicado na lei do tempo é que irá promover uma lenta transformação da mente, habilitando-a dentro das percepções que possam ampliar as fronteiras da consciência ainda muito materializada nos argumentos limitados desta nossa existência…

E nesse dia novo que é hoje, e velho será amanhã, neste exato dia, um contato com um plano superior e uma inteligência que não é deste mundo não me soa como algo impossível, sobrenatural ou fantástico demais… porém, me soa com uma tremenda naturalidade, sem nenhuma ansiedade, pressa ou afetação, da mesma forma como aquele jardineiro que plantou num passado distante uma pequena semente e, hoje, no seu merecido hoje, começa a ver dentro da natureza da vida os primeiros frutos rebentando entre os galhos daquela árvore que ele cuidou toda a sua vida.

Porque essa árvore era a sua vida.

Quem mais do que ele haverá de merecer os bons frutos?
E como eles são abundantes, isso permite que ele os partilhe com o mundo.

Se você quer colher frutos verdadeiros na sua vida, comece plantando sementes verdadeiras.
Faça da Verdade a sua única religião, e da sua consciência desperta o seu único guia neste mundo.
Faça do trabalho diário o seu ritual mais sagrado, e faça da obediência as Leis do Criador, a sua missão de vida.

E nunca se esqueça: o universo nada nos dá de graça. Ele exige trabalho antes, e partilha depois.
É dando que se recebe!

Nesse dia, você entenderá que o AMOR é uma linguagem universal que lhe permitirá chamar os seus novos amigos, sejam eles Anjos ou Aliens, de IRMÃOS.
E nesse dia, verá como a Indústria do Cinema está pregando mentiras sobre mentiras ao expor Aliens apenas como sanguinários e inimigos da humanidade.

Mas não faça do contato uma fuga, mas tão somente um reencontro.
Um reencontro consigo mesmo, antes de qualquer coisa, para que ele te conduza a reencontros produtivos no Universo.

Porque o contato mais alto que a nossa alma deve buscar é a perdida reconexão com o Criador de todas as coisas, a partir do dia em que você recobrar o contato com a sua própria alma, fração divina atualmente imersa nas sombras do ego que você precisa eliminar… nunca culpe política, religião ou sistema mundial por suas limitações e sofrimentos… isso demonstra o quanto ignorante de si mesmo você ainda está.

Só existe um culpado e um salvador nessa história toda.
Nós mesmos.
Só precisamos escolher o lado certo.

E fazer o CONTATO!

JP em 05.08.2020

Comentários
Compartilhar