Templates by BIGtheme NET

Deus dentro

 

 

 

 

 

É por ter Deus dentro que o homem vive.

É por ter Deus dentro que o homem tem inteligência e consciência.

É por ter Deus dentro que o homem é movido ao que é bom e a todo bem, mesmo que nunca tenha entrado num templo ou aprendido qualquer religião.

É por ter Deus dentro, o espírito divino, que o homem chegou aonde chegou, evoluindo em termos de biologia e crescimento mental.

É por ter Deus dentro que o homem encontra algum sentido na existência.

Temos que remover a má impressão das religiões devido ao exemplo dos religiosos mentirosos.

Tirar inclusive as religiões equivocadas da nossa mente.

Tomemos apenas o sentido da verdadeira e única religião que existe, que é descobrir e cultivar Deus dentro, esse Espírito primordial em nosso coração, sem o qual nada haveria.

Porque não é a religião que ensina o amor, mas o amor é que procura uma religião, uma lei, um código maior para se guiar nesse mundo.

Muita gente está nas religiões e continua má e perversa.

Muita gente não frequenta templos mas faz o que é certo.

Porque ter Deus dentro não é questão de possuir religião, crença ou dogma.

Ter Deus dentro é simplesmente procurar pelo Maior e pelo Melhor que há dentro de nós.

Esse é o limite entre o humano falho e o divino perfeito, ou o homem e o espírito, desejando reconciliação.

As religiões apenas tentaram codificar esses caminhos.
A grande maioria das religiões, depois que foram institucionalizadas, caíram corrompidas, isto é um fato.

Mas tudo hoje em dia se encontra corrompido, política, cultura, ciência, costumes, e não somente religiões.

Porque o EGO humano é o único veneno que contamina tudo o que cai nas suas mãos.

Ter Deus dentro não é necessariamente ser religioso, segundo a concepção que costumeiramente se faz do termo.

Ter Deus dentro é simplesmente procurar e cultivar pelo Maior e pelo Melhor que há dentro de nós, sob o risco de involução, a partir do ponto da negligência, armadilha que nos atira no Materialismo, que é a doutrina oposta.

Porque se Deus está em tudo, porque se furtaria de estar no santuário mais importante para Ele, que é o coração humano, o Templo da Vida?

Quem ama e vive na prática as suas boas palavras, este vive a verdadeira religião. Quem ama acende as Velas da Presença no Santuário do Peito.

O resto é hipocrisia e fingimento, do começo ao fim.

As crianças não nascem atéias. Elas nascem espiritualizadas e conforme crescem, se esquecem das origens por causa da educação condicionadora dos adultos, a mesma que eles receberam quando crianças e agora repetem automaticamente aos seus filhos. Então entra em cena o adulto arrogante disparando bobagens ateístas e materialistas em seu estado de esquecimento.

Até o dia em que morre e volta para a mesma estação donde saiu a criança ao nascer.

Sabendo discernir entre religião e fanatismo, entre conceito e fé, entre teoria e prática, se marchará em equilíbrio.

Generalizar tudo é o caminho da deturpação.

O melhor mesmo é abrir as portas do Templo Interno através da Meditação.
É limpar os espaços sagrados do Templo pela Purificação e santidade.
É acender as Velas do Santuário pela prática do Amor.
E manter esse Templo sempre em atividade pela Devoção.

Todo resto é letra morta que para nada serve.

 

Conclusão:

Somente cultivando Deus dentro é que alcançaremos aquele tipo de existência que realiza Deus em tudo, e no final, seremos como eternas crianças na Palma de Sua Mão…

 

JP em 04.10.2019

Comentários