O Dodecaedro Romano: Um mistério que os principais especialistas ainda não compreenderam

O dodecaedro romano é um objeto não muito grande oco feito de bronze ou até mesmo de pedra (isso depende muito de acordo com o local que é achado), com uma forma geométrica que possui 12 faces totalmente planas.

Cada face é um pentágono, uma forma de cinco lados. Os dodecaedros romanos também são enfeitados com uma série de ‘botões’ em cada canto dos pentágonos, e as faces do pentágono, na maioria dos casos, contêm orifícios circulares.

Mais de 200 anos depois de serem achados pela primeira vez, os investigadores e estudiosos não estão nem próximos de compreender a origem e função deste misterioso objeto.

Os dodecaedros romanos datam dos séculos II ou III dC e geralmente variam de 4 cm a 11 cm (1,57-4,33 polegadas) de tamanho. Até esta data, mais de 100 desses misteriosos artefatos foram achados na Grã-Bretanha, Bélgica, Alemanha, França, Luxemburgo, Holanda, Áustria, Suíça e Hungria.

Qual era seu objetivo?

A grande questão é: como funcionam e o que fazem? Não existe nem um único documentação ou notas sobre eles desde o momento de sua criação, então a real função ou objetivo do dodecaedro não foi determinada até os dias de hoje.. Isso só aumente ainda mais o mistério em volta deles.

Embora, muitas teorias e especulações foram apresentadas ao longo do tempo: castiçais (cera foi encontrada dentro de um exemplo), dados, instrumentos de pesquisa e estudo, dispositivos para determinar a data ideal de semeadura para grãos de inverno, medidores para calibrar canos de água ou até mesmo uma escultura geométrica. Entre as diversas especulações, algumas realmente merecem muita atenção.

Uma hipótese bem interessante (mas pouco aceita para alguns teóricos e estudiosos) hoje em dia com o propósito dos dodecaedros é que esses objetos misteriosos eram utilizados como ferramentas de tricô para fazer luvas.

Leia também  Asteroide que se aproxima da Terra poderá afinal ser um foguetão com 50 anos

No entanto se você levar em consideração algumas coisas, vários objetos podem ter varias diferentes utilidades no dia a dia, só depende da criatividade de cada um para utiliza-los. Por isso esta hipótese é interessante, mas pouco aceita.

No entanto, uma das hipóteses mais vistas é que o objeto romano era utilizado como um dispositivo de medição, mais precisamente como um objeto de medição de alcance no campo de batalha.

A hipótese é que o dodecaedro foi usado para calcular e avaliar precisamente as trajetórias dos projéteis. Isso já poderia explicar melhor os furos de diversos tamanhos nos pentagramas.

Uma interessante teoria semelhante envolve o dodecaedro como um dispositivo de levantamento e nivelamento. No entanto, nenhuma dessas teorias foi de fato apoiada por qualquer prova de como o dodecaedro poderia ter sido manuseado no passado.

Avançados equipamentos astronômicos??

Uma das teorias mais intrigantes é a proposta de que os dodecaedros eram instrumentos astronômicos avançados de medição para determinar a época ótima de semeadura do grão de inverno. De acordo com G.M.C. Wagemans.

No entanto, oponentes dessa teoria apontaram que o uso como instrumento de medida de qualquer tipo parece ser pouco viável pelo fato de que os dodecaedros não são padronizados e apresentarem diversos tamanhos e arranjos..

Um icosaedro romano aumenta ainda mais o mistério…

Outra surpreendente achado aumenta ainda mais o mistério sobre a função desses objetos. Algum tempo, Benno Artmann encontrou um icosaedro romano (um poliedro com 20 faces), classificado de forma totalmente errada como um dodecaedro em apenas um olhar superficial e nada técnico e guardado no depósito do porão de um museu.

A descoberta levanta a questão sobre sobre a existência de muitos outros artefatos geométricos de diferentes tipos ainda esperando para serem encontrados no que já foi o Império Romano.

Leia também  Uma Esfera repleta de misteriosos símbolos é descoberta

Fonte: Ancient Origins

Dodecaedros e Icosaedros fazem parte dos cinco sólidos perfeitos da sabedoria grega antiga, levada mais tarde para o Império Romano.

O Dodecaedro simboliza o próprio Universo, enquanto o Icosaedro, representando o elemento água, refere-se às origens anteriores do Universo ordenado (Cosmos, Dodecaedro) quando tudo era caos em uma sopa primordial.

A teoria mais provável é que realmente estes objetos serviam como instrumentos astronômicos de medição e posicionamento.

Até para fazer jus à definição de COSMOS do Dodecaedro.

JP em 27.03.2021

Comentários
Compartilhar