O CROP CIRCLE DO MESSIAS – parte 2

Pancake Plantation (2), Nr Alton, Hampshire 19.8.2018

 

O SINAL DO CORDEIRO
O Protagonista do Apocalipse

Toda a escalotogia bíblica começa com a revelação do Cordeiro diante do Trono de Deus e a abertura dos Sete Selos do Livro selado: a Bíblia é o Livro de sete mistérios ainda não decifrados, não compreendidos pela humanidade. Quando o Cordeiro romper os sete selos, começa o processo final da Terra, a conclusão de toda uma Era. O retorno de Cristo está implícito, portanto, a esse evento da abertura dos sete selos do livro selado.


Fundamentalmente, a ação do Cordeiro é marcada pela abertura dos Sete Selos e a reunião dos 144 mil eleitos do Pai (Apocalipse 14), porque Ele desposará a Igreja, no sentido de uma verdadeira redenção da Igreja terrena e de todas as religiões, devolvendo a todas elas sua pureza original perdida. As Bodas do Cordeiro com a Igreja também significa o Sacerdócio restaurado.

Aliás, dois animais no Apocalipse representam a Face dupla de Deus: o Leão e o Cordeiro, a Força e a Renúncia, que também representam o Estado (Política, Monarquia) e a Igreja ou Religião (Sacerdócio). As duas Bestas do Apocalipse 13 são, então, a oposição anticristã a esses dois animais sagrados, o Leão de Judá e o Cordeiro de Sion. 

Shadai (Todo-Poderoso) é o atributo da Face Leão, enquanto Kadosh (Santo, Puro) é o atributo da Face Cordeiro.

Diante do trono, o Cordeiro está morto (sacrificado) e tem sete olhos, símbolo da Onisciência divina, a percorrer toda a Terra (Julgamento). O número sete, em simbologia bíblica, representa a Universalidade, a Totalidade de uma ação, objeto, situação, etc.

O Cordeiro sempre foi associado à Lua, por causa de sua cor branca e os dois chifres relacionados com o Crescente lunar. Símbolo da pureza sacerdotal. Muitos crops circles associados a Lua (que apareceram entre 2017 e 2018) podem estar fazendo referência a esta simbologia lunar do Cordeiro de Deus. 

O Sumo Sacerdote Josué (profeta Zacarias) se relaciona a este conceito do Cordeiro, enquanto o capitão Zorobabel seria o líder, o Leão de Judá (sendo inclusive descendente da casta de Judá, donde saiu o rei Davi). 

Aliás, a estrela de seis pontas também é um símbolo da descendência de Davi de onde veio o Messias Jesus.

 

JP em 30.01.2019

Comentários
Compartilhar