Nuvem de poeira “Godzilla” vinda do Saara alcança as Américas

Uma nuvem de poeira tão grande que vem sendo chamada de “Godzilla” por pesquisadores está cruzando o Atlântico, do deserto do Saara em direção às Américas. Imagens de satélite mostram uma imensa mancha marrom que se estende do norte da África até o Caribe. Segundo os pesquisadores fenômeno acontece anualmente, mas ele está acentuado em 2020.

Normalmente, centenas de milhões de toneladas de poeira originárias dos desertos da África são sopradas sobre o Oceano Atlântico a cada ano. Esse pó ajuda a formar as praias no Caribe e a fertilizar os solos na Amazônia. Mas essa é a maior e mais concentrada nuvem de poeira desse tipo nos últimos 50 anos, de acordo com Olga Mayol, especialista do Instituto de Estudos de Ecossistemas Tropicais da Universidade de Porto Rico.

Essa poeira também pode afetar a qualidade do ar nas Américas do Norte e do Sul. No Caribe, as autoridades estão recomendando que as pessoas com problemas respiratórios evitem sair ao ar livre. Depois de alcançar o Caribe e a Flórida, nos EUA, nos próximos dias a nuvem deve atingir áreas do norte da América do Sul e da América Central . 

Segundo a NASA, a enorme nuvem de poeira formou-se em 13 de junho, quando fortes correntes de ar atmosféricas que estavam sobre o Saara foram captadas pelos ventos de leste, soprando o pó em direção ao oeste. A presença da nuvem pode modificar as paisagens das regiões atingidas, tornando o céu avermelhado.


Fontes: Live ScienceBBC e NASA

Comentários
Compartilhar