OFICIAL: Existe um planeta parecido com a Terra em Proxima Centauri


O Proxima Centauri b é o mais próximo exoplaneta do sistema solar, orbitando a estrela mais próxima do Sol. Consequentemente, seu anúncio em 2016 criou uma grande empolgação, já que sua massa e temperatura média são provavelmente semelhantes às da Terra. O Proxima c, um planeta maior em uma órbita mais fria e mais distante, foi proposto mais experimentalmente no início deste ano.

No entanto, o Proxima b foi detectado usando o efeito doppler, dado seu puxão gravitacional produzido em sua estrela-mãe. No entanto, a atividade estelar pode gerar falsos positivos para esse método e alguns astrônomos queriam mais evidências antes de estarem confiantes de que nosso novo vizinho interestelar não era apenas uma ilusão.

Isso tudo graças a uma colaboração de 91 cientistas europeus, utilizando o novo instrumento ESPRESSO (Echelle SPectrograph para Exoplanetas Rochosos e Observações Espectroscópicas Estáveis) da Agência Espacial Europeia (ESA).

O equipamento é capaz de processar a luz coletada pelo Very Large Telescope do Observatório Europeu do Sul para oferecer precisão na medição da localização das estrelas, com o objetivo de distinguir movimentos causados ​​por um planeta de erupções estelares.

Os esforços deram frutos em um artigo futuro em Astronomy and Astrophysics (disponível em ArXiv.org), que não apenas estabelece a existência do Proxima b, mas também detalha suas características.

Com uma órbita de pouco mais de 11 dias terrestres, o Proxima b tem pelo menos 1,29 massas terrestres e está muito mais próximo de sua fonte de luz do que Mercúrio está ao Sol, mas sua temperatura deve ser semelhante à da Terra devido a natureza de sua estrela. O obstáculo ao desenvolvimento da vida é o perigo de que a proximidade exponha o planeta a poderosas tempestades geomagnéticas e afaste qualquer atmosfera.

O período de observação do instrumento ESPRESSO foi insuficiente para confirmar ou refutar o planeta exterior proposto, o Proxima c. No entanto, a equipe encontrou um sinal potencial que poderia ser de um terceiro planeta com uma órbita de apenas 5 dias e uma massa semelhante a Marte. Se existe, este mundo seria quente demais para a vida.

Há uma chance maior de um planeta em uma órbita tão estreita transitar na frente de Proxima Centauri, o que aumentaria enormemente nossas oportunidades de estudá-lo.

Traduzido e adaptado de IFLScience
Por Stephen Luntz

Comentários
Compartilhar