Templates by BIGtheme NET

Valiant Thor versus Greys e a Tecnologia

Valiant Thor e a comitiva de Vênus (1957) de um lado, e os greys e a associação oculta com estas inteligências (supostamente 1947 e o episódio Roswell).

Se cogita que os americanos receberam tecnologia grey em troca de interesses de abdução e manipulação oculta do povo por parte destes seres, e tecnologia indiscriminada, não importando ai o nível moral de ninguém, porque na corrida pelo poder, aos EUA interessava apenas uma coisa: a supremacia – coisa que não mudou até hoje, como podemos ver.

 

Depois, foi a vez de Valiant Thor descer ao Pentágono e propor ajuda ao mundo, desde que os americanos e os governos, de um modo geral, mudassem seus valores, se tornassem mais conscientes do planeta, do ritmo desenfreado de destruição em nome do poder e do capital, enfim. Valiant Thor chegou até a ilustrar a pessoa de Jesus Cristo, colocando-a em seu devido lugar de honra para este pobre planeta.

 

Mas quando disse estas coisas, que sacrifícios teriam que ser feitos na economia e no status de poder em nome da consciência e “salvação” da humanidade, foi inteiramente rechaçado.

E é claro, Thor não pôde entregar nenhuma tecnologia benéfica para os americanos, porque eles só iriam repetir os caminhos já tomados com a tecnologia de origem grey, e o livre-arbítrio foi respeitado.

 

Por mais que a gente diga isso, e por mais que os noticiários ilustrem o ritmo acelerado de destruição do planeta, em grande parte, motivado pela própria civilização moderna e tecnológica, por mais que saibamos que carros poluem e indústrias firam a atmosfera, ninguém pode viver mais sem seu carro, ainda que as ruas estejam cada vez mais entupidas, e ninguém pode viver mais sem seus tablets, celulares, mídias, enfim, ainda que a luz da consciência esteja cada vez mais obscura e a voz da consciência, cada vez mais abafada.

Prega-se uma falsa ideia de que a tecnologia será a nossa salvação, mas ela não terá como reproduzir os valores tão essenciais para a vida contidos na Natureza, esta que os mesmos interesses econômicos desenfreados estão destruindo a cada dia.

Isso não pode terminar bem…

 

Somos reféns da tecnologia, e não senhores!

Só seres conscientes e equilibrados podem se tornar senhores de sua tecnologia. Seres que estão no controle de si mesmos e que não são controlados por ninguém é que podem usufruir de tecnologia sem riscos de escravidão e manipulação.

 

Mas o plano grey foi exatamente este, ceder essas tecnologias para ampliar o controle da massa, e o chip na cabeça é a prova cabal desta verdade, conforme João e o Apocalipse (a marca da Besta).

Afinal, não é para outra finalidade que os implantes são colocados nas pessoas nestas abduções traumatizantes; para monitorá-las a distância, como gado.

 

Valiant Thor ofereceu tecnologia e grande evolução planetária em troca da mudança de paradigmas, de valores de consciência, do materialismo para a espiritualidade, e do capitalismo para a fraternidade.

Foi rechaçado.

Mil vezes desçam aqui seres com a mesma proposta, mil vezes serão rechaçados.

E eu sempre me lembro daquela sentença de Cristo:

“Tem olhos para ver, mas não vêem. Tem olhos para ouvir, mas não ouvem!”

Os jornais podem passar milhares de vezes estas notícias alarmantes, porque pode ter certeza, a grande maioria seguirá fingindo que nada viu e nada ouviu, acreditando num futuro melhor nesta base, a mentira pregada de sempre: a tecnologia é a salvação de tudo!

O que é a mais infeliz das utopias.

Porque o abuso começou a destruir os potenciais da mente humana e minar os relacionamentos, a mão de obra humana cada vez mais substituída por robos, inteligência artificial, máquinas, etc.

 

A cena do Éden se repetiu. A Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal exibiu seus dois frutos. A serpente tentadora já fez a sua oferta.

E a humanidade escolheu.

E escolheu mal.

E os resultados demonstram a natureza da escolha.

Estão aí, em toda parte. É só abrir a janela e olhar bem.

 

Mas eis que os extraterrestres encontram um planeta totalmente dividido em blocos, em nações, eles tinham que começar em algum lugar.

E se escolheram os EUA, por dois motivos, primeiro, porque eles já estavam (desde 1947) em contato com os greys (Roswell?) o que já representava um perigo para a Terra, para todas as nações, alianças ocultas, Nova Ordem, e tudo o que eles (os venusianos) já sabiam que viria a frente (hoje). Essa foi a razão mais forte.

 

Segundo, os EUA tinham sua influência crescente sobre o mundo, tinham que começar com alguma nação que fizesse o papel de porta voz, e nesse ponto, realmente poderiam ter começado com qualquer outra nação.

Mas como os EUA já tinham influência muito forte sobre o mundo, tentaram “acreditar” na sua boa vontade em estabelecer um novo diálogo para todo o planeta, superando todos esses partidarismos nocivos para a humanidade. Eles quiseram acreditar na boa vontade dos EUA para se tornarem o porta voz da mudança.

 

Dizem que o médico começa a tratar o corpo pelo ponto mais doente, e se a teoria grey for válida (desde 1947), então os EUA foram a porta de entrada para um dos maiores males deste mundo. Faz sentido que os venusianos tentassem reverter esse quadro por ali.

Imagine alguém que caiu num buraco, e está preso lá dentro. Chega ajuda de fora, e um braço forte é estendido na nossa direção.

Mas se ficarmos com nossos braços cruzados, o braço estendido do alto nada poderá fazer.

A humanidade cruza os braços, ou então cerra as mãos por arrogância, como foi lá com Valiant Thor, e seguem o seguinte lema:

Preferimos ficar do jeito que estamos a mudar tudo e sacrificar tudo em nome de um bem maior.

Então, o braço do alto se recolhe, e uma voz é ouvida:

Pois que fiquem!

Temos que nos ajudar, caso contrário, a humanidade está apenas seguindo o curso de uma tendência afetando uma maioria.

Que a minoria então procure por aquela mão, porque ela não vai ficar estendida para sempre, esperando por nossa decisão.

Infelizmente, o próprio homem (as maiorias) é que selam as palavras da profecia.

O homem é que escreve seu destino pelas suas escolhas.

Acho que isto está claro para todos nós.
Abaixo, o crop circle provavelmente enviado pelo mesmo Valiant Thor e equipe de venusianos que vigiam a Terra, nos advertindo contra os falsos presentes, derivados de promessas quebradas (não cumpridas), alianças com os greys que ELES NÃO VÃO CUMPRIR no futuro.
O alerta foi dado.

Crabwood crop circle, 15.08.2002 UK

 

Veja também:

 

Valiant Thor, o Príncipe de Vênus, por trás dos crops circles?

 

JP em 30.05.2019

Comentários