Templates by BIGtheme NET

Tetraedros e modelos de teleportação na mensagem crop circle 2014

 

Muitas vezes, uma determinada temporada crop circle produz, em determinado ano, uma mensagem mais direcionada e específica se considerarmos um maior número de objetos similares envolvidos.

Claro, todos os anos, diversos símbolos surgem, com muitas variações, mas acontece que, em certas temporadas, alguns símbolos aparecem mais que outros, formando, no conjunto, um padrão de mensagens muito claro.

O ano de 2014 pareceu tender na direção de Tetraedros e modelos de Teleportação e de Ufos estilo triangular.

Inclusive no Brasil, naquele ano, este foi o modelo que apareceu.

Comecemos então com ele.

 

 

Este objeto apareceu em Ipuaçu, Santa Catarina, no dia 26 de outubro de 2014, e mostrou um tetraedro planificado com três círculos simétricos em seu interior, numa formação dentro de dois anéis.

Este ano de 2019, uma das primeiras formações repetiu este padrão, com uma geometria ainda mais complexa, no dia 3 de Junho:

 

 

Este modelo simples também imprimiu os mesmos padrões de círculos em 2014:

 

 

Apareceu em 30 de Abril, logo no começo da temporada.

 

Ainda em 2014, lá na Inglaterra, a pátria dos crops circles, outros modelos surgiram, com a mesma temática:

 

 

Este apareceu em 27 de Julho, e mostra uma progressão ou regressão geométrica de um triângulo equilátero, em três níveis, e tal modelo pode representar tanto um UFO triangular submergindo em níveis do Hiperespaço onde se move, como a representação da geometria do tetraedro (que significa a quarta dimensão, na geometria sagrada dos cinco sólidos platônicos) envolvida nos processos tecnológicos do teletransporte.

 

Um objeto, de 8 de Julho, mostrou isso ainda mais complexamente:

 

 

Nesta imagem, o triângulo em progressão ou regressão geométrica se move em camadas dimensionais, como se fosse o seu trajeto numa suposta migração dimensional, alternando estados de matéria e energia de transição.

 

 

O diagrama mostra melhor os detalhes da representação citada.

 

Um interessante modelo apareceu em 14 de Junho:

 

 

Vemos um tetraedro planificado no centro, e um modelo que, completo, representa o Cubo de Metatron e faz associação com a Merkabah da Cabala, nome dado ao veículo dos deuses (segundo o relato do profeta Ezequiel).

 

 

Um dos modelos mais intrigantes, no entanto, não mostra a forma explícita de um tetraedro, e sim, de um vórtice composto por nove ondas, com fileiras enumeradas em:

16-16-16-15-15-15-15-14-13 (somando 135)

 

 

Um vórtice com “partículas”, dando a impressão de um rearranjo atômico-molecular de toda matéria e corpo teletransportados para além dos portais do hiperespaço.

Os números tem algo a dizer.

O número 13 de pontos na borda significa a entrada do objeto no hiperespaço (e 13, na Cabala, é morte, é transformação, é transposição de forma : 13 = 1+3 = 4/forma).

E terminam na série 16. Ora, 16 é o quadrado de quatro, é como falarmos em Hipercubo ou Hiperespaço.

Até porque, nos arcanos do Taro, 16 se chama A Torre, que significa uma ponte, um acesso da Terra ao céu (Hiperespaço, aquela região que se diz intermediária entre a parte densa e as dimensões mais sutis do cosmos).

Nem os números e nem as formas envolvidas nestas imagens são casuais ou acidentais. Elas são parte fundamental da mensagem enviada, onde nenhum detalhe pode ser descartado.

 

JP em 13.06.2019

 

 

 

Movimentos trans-dimensionais na geometria secreta do tetraedro

Alguns crops circles, de uns tempos para cá, insistem nessa geometria do tetraedro, incluindo até um movimento ou progressão geométrica ao mesmo em níveis que parecem indicar a transposição da matéria 3D para o nível 4D (Hiperespaço).

Um crop circle estilo tetraedro (triangular) penetrando um anel-portal, e até com uma cabeça alienígena coroada dentro dele, como que pilotando o UFO (e cabeças alienígenas coroadas aparecem desde 2005) surgiu, ao lado da famosa galeria de West Kennett, um túnel subterrâneo antigo onde os mortos eram colocados.

A compreensão dos mecanismos do teletransporte, seja de objetos e corpos por parte de UFOs, seja dos próprios UFOs transitando entre a terceira e a quarta dimensões, cada vez mais acessíveis através dos mistérios da matriz harmônica extraída dos tetraedros.

Aliás, a Merkabah ou carro dos deuses é representada na sabedoria antiga por dois tetraedros iguais e justapostos, numa forma pura chamada tetraedro-estrela.

Todas saídas da chave-mestra da Geometria sagrada e secreta da sabedoria antiga: o Cubo de Metatron, que simboliza, entre outras coisas, a MENTE DE DEUS!

 

JP em 16.06.2019

 

Veja também:

 

O Tetraedro, chave do teletransporte, no novo crop circle

 

Os Portais Dimensionais segundo a Geometria Harmônica do Universo – parte 2 – a chave do tetraedro

 

Novo Crop Circle da Inglaterra, do dia 16 de Julho de 2019, sustenta as teorias escritas anteriormente a respeito dos mistérios da quarta dimensão e do tetraedro.

 

Rodfield Lane crop circle 16.07.2019 UK

 

 

 

Movimentos do Tetraedro na Quarta dimensão

Este crop circle maravilhoso me fez retomar essa linha de estudo, que venho desenvolvendo desde maio, na análise de alguns modelos, porque nele temos uma figura cúbica 3D mas com clara projeção de tetraedros em movimento (linhas amarelas) numa progressão e regressão geométricas.

Se voce fixar os olhos apenas nas linhas amarelas, verá que este CUBO é atravessado por cinco tetraedros em níveis de progressão geométrica, na ideia de um movimento.

Um belo crop circle em 2014 esboçou ideia similar a esta. Muitos belos crops circles estilo cúbico já apareceram antes, mas este, de uma forma muito direta, faz a associação de construção geométrica com aquele que, entre os cinco sólidos de Platão, corresponde ao elemento fogo e à quarta dimensão, sendo que o cubo mesmo representa a terceira dimensão, para o elemento terra.

Lembrando que todo cubo abriga em seu interior dois tetraedros iguais cruzados (bastando ligar as diagonais do cubo para se encontrá-los).

O fogo atravessa a terra, como as vibrações atravessam a matéria. E se este crop circle apareceu justamente no dia do eclipse lunar e todos aqueles alinhamentos mencionados, é para fazer justamente a ligação entre essas energias cósmicas e conexões com as dimensões paralelas.

O número de triângulos duplos marcados em cada uma das faces do cubo em perspectiva (9/9) não foram por acaso, porque segundo os antigos, a estrutura do Universo era composta por nove dimensões superiores e nove dimensões inferiores.
E é exatamente este número de triângulos claros e triângulos escuros que vemos na imagem.

A própria Merkabah, segundo a escola da Magia cabalística, é um tetraedro duplo, com propriedades de movimento em todas as dimensões do Universo.
Então, juntando o eclipse de 16 de Julho ao fato deste crop circle ter aparecido propositalmente neste dia, estou certo de que ele significa movimentos dimensionais na energia dos alinhamentos através dos mecanismos harmônicos do Tetraedro (quando convertemos as coordenadas geométricas em vibrações específicas na matéria, que a obriga a mudar de estrutura dimensional, permitindo assim o movimento para outra coordenada do espaço (x-y-z-t).

Tenho neste crop circle mais um argumento a favor das minhas teorias sobre o teletransporte acionado pelos mecanismos harmônicos do tetraedro.

 

 

 

Tetraedros, progressões geométricas, fractais e dimensões
O Tetraedro de Sierpinski

A matemática mais avançada já estabelece com precisão as relações entre geometria e dimensões, e a própria Teoria da Relatividade de Einstein precisou se basear num modelo de geometria muito complexo, chamado Geometria de Riemann, que trata de superfícies curvas.

Assim, este Cubo-Tetraedro faz ponte com as geometrias do Fractal, e de forma muito especial, com o Triângulo de Sierpinksi:

O Triângulo de Sierpinski – também chamado de Junta de Sierpinski – é uma figura geométrica obtida através de um processo recursivo.
Ele é uma das formas elementares da geometria fractal por apresentar algumas propriedades, tais como: ter tantos pontos como o do conjunto dos números reais; ter área igual a zero; ser auto-semelhante (uma sua parte é idêntica ao todo); não perder a sua definição inicial à medida que é ampliado. Foi primeiramente descrito em 1915 por Waclaw Sierpinski (1882 – 1969), matemático polonês.

Trata-se de um conjunto autossimilar de um triângulo (na maioria das vezes equilátero).
Se dividido em quatro outros triângulos congruentes entre si e entre o triângulo original, cujos vértices são os pontos médios do triângulo de origem, então os subconjuntos do fractal são três cópias escalonadas de triângulos derivados da iterada anterior. O triângulo do meio não pertence ao fractal. Esta separação do fractal em cópias escalonadas pode ser continuada recursivamente nos outros triângulos produzidos. A dimensão fractal do Triângulo de Sierpinski tem os seguintes valores:

D = log(2) 3 = 1.58496…

A Geometria fractal é outra forma de se representar o movimento pelas diferentes dimensões do Universo, que conserva a mesma figura (no caso, o triângulo) mas modifica seu tamanho ao passar para o nível geométrico seguinte.

E o Tetraedro de Sierpinski é perfeito para ilustrar essa geometria fractal 3D presente neste crop circle.

Se imaginarmos o Universo regido e sustentado pelas mesmas vibrações em todos os níveis da matéria, seja dos grandes astros no céu até as partículas no substrato de toda matéria, contemplaremos a geometria dos fractais em ação no movimento das dimensões.

 

 

 

O Símbolo do Grande Enigma

Muitos de nós se lembraram do famoso Cubo Mágico de Rubiks, criado em 1974 e que se tornou um ícone dos jogos de inteligência nos anos 1980, sendo um dos jogos mais vendidos em todo o mundo.

Diversos recordes vem sendo quebrados por entusiastas do jogo, e até a Inteligência Artificial já foi usada para resolvé-lo no tempo recorde de pouco mais de um (1) segundo!

No círculo dos jogos matemáticos, o “Algoritmo de Deus” é a definição para uma solução do cubo em um menor número possível de movimentos, e em 2010, matemáticos demonstraram que 20 movimentos são o mínimo necessário para solucionar o cubo.

No total, o número de combinações possíveis no cubo de Rubik é 43 252 003 274 489 856 000!
Um número que produz outro ainda mais fantástico, relacionado fortemente com a Cabala:
S = 4+3+2+5+2+3+2+7+4+4+8+9+8+5+6 = 72!
O Número de Deus na Cabala (e do Pentagrama Venusiano).

O grande recordista mundial estabeleceu novo recorde em novembro do ano passado, um chinês, Yusheng Du (???), realizando a solução em 3.47 minutos.

Uma corrida contra o tempo… e o cronômetro.
E por falar em cronômetro, estão lembrados do crop circle de Yarnbury castle, 3 de Julho, que marcou o eclipse lunar na forma de um cronômetro?
Não é interessante saber que este cubo apareceu justamente no dia do eclipse lunar anunciado, em 16 de julho, como que exigindo a solução do seu mistério?

E o eclipse, o dia do eclipse lunar, apertaria o botão do cronômetro, para contar o tempo dado aos pesquisadores do mundo inteiro para que solucionem o mistério não só do Cubo de Rodfield Lane, mas o mistério de todos os crops circles… isso porque o mundo não tem mais muito tempo, e se os crops circles até hoje foram enviados como prerrogativas de um contato aberto com o mundo da parte das inteligências que os enviaram, bem, o canal está se fechando, e o tempo para alcançar a chave, também…

 

 

A Onda resultante dos eclipses de julho

Mais um crop circle na França, um evento histórico para o fenômeno crop circle naquele país, contando no dia 16 de Julho (dia do eclipse lunar) o seu 15° crop circle!

Não precisa dizer, basta olhar e ver que ele retoma o mesmo padrão de alinhamentos e ondas de energia na forma destes modelos Yang-Yin estilizados, e pelo fato dele aparecer no mesmo dia do eclipse lunar, isso reforça todas estas teorias: realmente a mensagem central tem sido esta desde o começo.

Mas esta aqui, no dia do eclipse, parece representar uma soma de energias que, partindo daquela data, 16 de Julho, evolui numa série de 5 círculos (note, os círculos crescem a medida que se afastam do vórtice central) e na contagem, nos alcança entre os dias 21 e 22 de Julho, quando o Sol entra no signo de Leão.

Até a letra S de Soma aparece no design central.
E podemos reparar que são dois yang yin somados no centro, como que representando dois núcleos de energia ou dois estados de polaridade Sol-Lua (os dois eclipses de julho) os quais, numa geração de energia acumulada, gradativamente evolui para algo a frente.

Tudo o que podemos fazer é esperar pelos próximos dias e ver o que acontece.

Mas a impressão que tenho é que, aparecendo no dia do último eclipse, esse crop circle retrata uma soma de todas as energias geradas nestes processos cósmicos em todo o período.

Ps: a proporção 5/3 nos eixos central e braços do vórtice é a mesma da Arca da Aliança e Arca de Noé, comentamos anteriormente sobre isso em outros modelos.

 

JP em 18.07.2019

Comentários