Templates by BIGtheme NET

Reflexões 14

 

Um aparte poético.

Lua do psiquismo oculto e das marés, Lua da biologia e dos ciclos naturais, Lua das lendas, dos mitos, dos mistérios, Lua da face sempre oculta e da pergunta sempre presente:
O homem moderno já levantou o véu da Lua?

Lua dos poetas e do tempo, dos meses e anos, dos ciclos e da memória.

Lua astral, porta dos mundos superiores, energia maternal, envolvente, romântica, apaixonante.

Lua luminosa, Lua dos namorados em seus quartos crescente e minguante,

Cheia de sonho e Nova de vida.

Desatino, destino, enrola o fio de vida que vai do menino ao ancião, para desenrolar tudo outra vez na hora da morte, e outra vez enrolar, numa nova espiral, neste menino que retorna.
A Lua era mais do que um satélite frio e morto para os antigos.

Mitos? Fantasias? Utopias?
Pergunte as mulheres e às grávidas, consulte a tradição popular, que nunca pesca ou semeia, ou mesmo colhe sem conferir as faces de Selene no céu.

Pergunte a Diana, a deusa ancestral e seus segredos da noite, do sono, da hipnose e do sonho, das lembranças, das recorrências, da magia astral e sobrenatural, da parapsicologia.

Pergunte aos médiuns, aos videntes, aos sensitivos, aos xamãs e magos, que sempre a chamaram de Mãe Celeste e Guardiã da Noite por muitas razões para nós desconhecidas.

Lua vermelha ou azul, branca ou negra, as cores da mutação em sua esfera.

Lua, irmã do Sol, equilíbrio natural da natureza nua, força real temperando o Verde de Gaia, sobrenatural, mirante do céu e cidadela de entidades que vigiam o nosso planeta azul.

Muito poderemos falar da Lua… e muito ela pode nos dizer em pensamento e sonhos acordados, os quais sua energia comanda, controla, direciona.

Lunático? Pode ser que eu seja um…

mas,,, quem não é debaixo dessa Lua linda e nua que flutua e penetra na minha e na mente sua?
E você, já brincou de Lua hoje?

 

 

 

********************************************************

 

“A menor distância entre dois corações é aquela contida no espaço de um abraço!”

 

 

Fé é a oração sem palavras… basta abrir a janela da mente e deixar entrar sem resistência a luz da Presença… e deixar que o coração continue a oração não mais com as palavras dos lábios, mas com as palavras do amor…

 

 

 

Que voce encontre estradas de magia e encantamento nos filmes bonitos que eu sei, voce vai projetar na sessão de cinema esta noite, na tela de sua mente… e que seus sonhos sejam como roteiros de ficção e aventura, romance e poesia, cósmicos, estelares, divinos, poéticos, infantis… é só deitar a cabeça no travesseiro e deixar o coração projetar o filme da sua vida….

 

 

Às margens do rio das pedras coloridas, descansei meus pés e lavei minha alma das memórias escuras e tristes…
No rio das pedras coloridas, eu repintei a minha vida de azul e de íris, de céu e de Sol…
No rio das pedras coloridas, redescobri no amor o sentido de viver… ainda que as negras tempestades nos roubem o verde da esperança, o vermelho da fé, o laranja da vitalidade, o amarelo da sabedoria, o anil da introspecção, o violeta do espiritual e o azul do amor… mas as cores retornam, como retorna o Sol…e o coração volta a pintar a sua vida com as cores que mais gosta e precisa…
No rio das pedras coloridas, eu apenas me esqueci de mim pra me lembrar de voce…

Bem e Mal… a essência da sabedoria.

Dia e noite… luz e escuridão,,, mas nem sempre treva é sinônimo de coisa má, apenas ignorância, vazio… Buda já dizia que a ignorância era o mal real, porque ela produzia ilusões, e a ilusão inventava a mentira,e esta se tornava a legisladora do mundo e dos homens…. atire luz nas trevas, e a ignorância cessará. Mas por vezes a luz precisa dormir, voltar ao vazio, e a treva se faz novamente, e o Caos opera uma nova cosmologia espiritual e material no sistema… E se é ilusão, não existe o MAL REAL como objeto absoluto… e nem o Bem como medida permanente… veja só.. o Mal é como a doença, e o Bem, o remédio… mas, se o corpo está são, não precisa de remédio… Se a alma está na luz, não precisa de redentores e salvadores…. A busca do universo é o ponto de equilíbrio,,, este é o bem real, absoluto,permanente… nem o Mal que destrói e nem o Bem que reconstrói, apenas o repouso da Paz profunda, do Nirvana eterno, do Avalon Imutável, do Empíreo iluminado, do Pleroma absorvente… enfim, do EU SOU O QUE SOU e nada além dele.

Nosso mundo e humanidade ainda vive na perturbação da oscilação dos extremos, mal e bem, bem e mal, doença e remédio… anjos e demônios em eterna batalha… mas depois que a serena luz da consciência voltar a gerir o eixo da Balança, ela repousará em seu centro eterno e alcançará a paz absoluta da Presença. E até lá, este pequeno planeta ainda rolará em sucessivos caos, em perturbados conflitos e em tragédias, dramas e comédias em série, tudo para alcançar o invisível ponto central da Presença… no seu coração.

E então, o Bem e o Mal terão cumprido o seu papel.. porque,na maioria das vezes, o Mal não passa de um terremoto proposital das Mãos do Criador para nos tirar da indolência e da indiferença… estas sim, males potencialmente daninhos para a saúde da alma.
No final do processo, bem e mal são forças irmanadas que pretendem apenas nos despertar da indiferença, esta sim, a mãe de toda a ignorância e morte, do corpo e da alma… porque antes fosse frio ou quente, já que vomitarei os mornos de minha boca…

Quantos mundos existem no mundo?
Quantos eus existem em mim?
Quantos passos contaram minha vida?
Quantas chuvas molharam meu jardim?
Quantas cores pintaram meus olhos?
Quantas palavras ouvi e falei?
Quantas lágrimas chorei?
Quantas cartas não guardei?
Quantas pessoas que eu tanto gostei?
Quantos sonhos sonhei no meu leito?
Quantos dias viveram meu corpo?
Quantas portas abri do meu jeito?
Quantas vozes ouvi no caminho?
Quantas dores gritei no meu medo?
Quantas flores plantei no meu peito?
Quantos Anjos trouxeram-me luzes?
Quantas noites deitaram-me trevas?
Quantas mágoas fizeram-se névoas?
Quantos sóis rolaram nos céus?
Quantas luas mudaram seus véus?
Quantas perguntas que ainda não fiz…
Quantos beijos que ainda não dei…
Quantas estradas que nunca eu andei…
Quantas estrelas que eu nunca contei…
Quantos amores que sempre eu amei
mas nunca encontrei…

 

 

Vendo estrelas logo cedo… nem bem o Sol subiu…. e eu continuo vendo estrelas desde cedo…nem bem o Sol brilhou, e seguem as estrelas brilhando no meu pensamento… mal pôde o Sol amanhecer, e eu ainda estou buscando as estrelas que já não posso ver e nem esquecer… e das lembranças apenas me enternecer…! Porque as estrelas seguem em mim, não no céu… seguem no meu coração, não nos meus olhos…. vejo estrelas no céu do meus pensamentos…

 

 

Entre ser e existir, há um abismo de separação, como este da foto… e que precisa ser preenchido… basta construir uma ponte. A ponte entre o existir e o ser…. entre o que passa… e o que fica! Entre o existir e o SER precisa haver uma ponte feita com a substância da CONSCIÊNCIA…. Ela é que nos leva do outro lado da vida, o lado de dentro, o lado da verdade, o lado da eternidade, o lado real, original, infinito e essencial… o lado que sempre foi o lado de todas as coisas, mas que só passou a fazer sentido depois que a ponte da consciência foi lançada e tivemos a coragem de alcançar a outra margem… a margem DEUS…!
AUTO-CONHECIMENTO o é o nome da Ponte…

 

 

SER OU NÃO SER

SER OU NÃO SER?
EIS A QUESTÃO!
E A QUEM SE PERGUNTA?
AO CRÂNIO DE TALCO?
À MORTE DE BARRO?
AO ESPELHO DE VIDRO?
OU AO CÉU ESTRELADO?

O CRÂNIO ME DISSE:
SOU TU NO FUTURO!
A MORTE ME DISSE:
SOU TU NO OBSCURO!
O ESPELHO ME DISSE:
SOU TU, ISSO EU JURO!

MAS… NÃO SATISFEITO
AO CÉU, DO MEU JEITO
MAIS BELO QUE O CRÂNIO,
MAIS ALTO QUE A MORTE,
MAIS PURO QUE O ESPELHO
LANCEI O MEU PREITO
E A MESMA PERGUNTA
QUE ARDIA NO PEITO:
SER OU NÃO SER?
EIS A QUESTÃO!
SOU OU NÃO SOU
SÓ NESTE MUNDO?

E O CÉU, MUI PERFEITO
BRILHANDO, FALOU:
EM TI, CERTAMENTE,
ME MOVO E ESTOU,
E AQUI ONDE EU VOU,
ALÉM DOS TEUS OLHOS,
ALÉM DA TUA MENTE,
SOU TU, SIMPLESMENTE,
COM TODOS OS OLHOS
OUVIDOS E MENTES,
QUE AO CÉU, NESTE INSTANTE,
CONTIGO, PERGUNTAM
O MESMO QUE TU
TAMBÉM DESCONTENTES
CO’A SINA DO CRÂNIO,
CO’A REGRA DA MORTE
CO’A FACE DO ESPELHO.

ESCUTA O CONSELHO
DOS ASTROS, MEU FILHO
PORQUE TODO O BRILHO
DO CÉU QUE TE OFUSCA
POR CERTO, É O FINAL
DAQUILO QUE BUSCAS

POIS TU E AS ESTRELAS
E AQUELOUTRA GENTE
DE TODO LUGAR
QUE A MIM, INSISTENTES
ESTÃO A INDAGAR
VIERAM, AUSENTES
DE LUZES E MENTES
DO MESMO LUGAR…

*Questionar sempre é a mais poderosa ferramenta do auto-conhecimento.
Boa noite a todos os amigos questionadores do céu, da Terra e de si mesmos…
Tudo o que importa é SER… o resto será apenas consequência…

 

 

A vida perfeita é aquela que encontra satisfação com o que é, esperança com o que pode ser, e aceitação com o que não pode ser…

Desistir do que se pode ter… Insistir no que não se pode ter… eis os movimentos bruscos que nos tiram sempre do equilíbrio de uma vida perfeita e cheia de gratidão.

 

 

A estrada pode ser longa… mas termina.
A dor pode ser grande…. mas termina.
A saudade pode ser imensa…. mas termina.

O que nunca termina é a alegria de chegar lá!
E naquele azul celestial terá valido a pena toda estrada, toda dor e toda saudade do lar!
Porque tudo passa… menos a felicidade dos fortes em Deus, e a alegria dos que nunca perdem a fé!

 

 

QUANDO EU AMANHECER…

Quando eu amanhecer, e a estrela maior sorrir no horizonte astral com seu brilho azul, virão os barcos do leste, rumo ao mar oeste…

E nesse dia especial, um Farol cósmico mostrará a estrada líquida sobre tapetes que se dobram e revelam outras paisagens…

No dia do nascimento sagrado, barcos virão do leste, rumo ao mar oeste.

Espero estar pronto neste dia, trajando branco, cantando verde, sonhando azul, vivendo luz…

Que venham os sagrados barcos do leste, rumo ao mar oeste… para que meus pés cansados pisem outra vez naquelas areias brancas…. muito longe daqui, a um coração de distância…. o coração que me espera na outra margem para que sejamos UM… tudo isso muito além do mar oeste…
a um coração de distância…

 

 

O ESPÍRITO AINDA SOBREVIVENDO Á TECNOLOGIA…

Não seria bem mais simples admitir a existência de Espíritos muito além da matéria e da tecnologia (desnecessária para eles) nos domínios do além do Universo conhecido?
Tudo tem que ser pensado tecnologicamente na moderna linha de raciocínio?
Só vai até aí a nossa imaginação criadora?
Porque, em planos de Realidade onde matéria e energia não operam mais, fica complicado pensar numa tecnologia em tal situação…
O universo é como uma cebola, e a medida que retiramos as suas camadas, vamos nos aproximando de uma entidade cada vez mais simples, mais pura, mais perfeita.
O conceito preciso da alma em relação ao corpo.
O corpo é a tecnologia orgânica que o espírito divino desenvolveu para viver e se manifestar no universo material. Mas, quando o corpo é descartado, a alma passa a viver em planos mais altos e debaixo de padrões mais simplificados.
Pensar tecnologicamente é como pensar corporalmente, em função da realidade do corpo, e somente dela.

Ainda dou mais crédito às escrituras antigas, que atribuem aos espíritos dotados de um único poder, o pensamento verbalizado, a criação do Universo.
Essa foi a única tecnologia que eles usaram para controlar os elementos do pré Big-Bang.

Diante do pensamento que se torna realidade materializada pela Palavra, sinceramente, era preciso mais alguma coisa? Acredito que não.
Estes são os seres mais evoluídos, os que pensam e materializam seu querer pelo poder da Palavra, ou cordas dispondo sobre todas as coisas e elemento através dos poderes primordiais da Vibração.

Essa linha divide a humanidade em dois blocos: os que acreditam na existência do espírito consciente no substrato da matéria, e os que julgam que a matéria e a energia seguem caminhos auto-suficientes no jogo das forças criadoras em encontros causais de sucesso e êxito.

Sendo eu do primeiro bloco, acredito que a tecnologia, seja ela qual for, é acessório, e não meta do universo, e de qualquer humanidade existente.
Ela vem para dar acessórios à nossa experiência, não para defini-la em seu Propósito Maior.
Qualquer plano maior de Evolução não poderia se basear em parâmetros de outra natureza.

É como o corpo, acessório para a alma.
O corpo é descartado, a alma segue na Espiral eterna.
Mas isso compreende quem crê que tenha uma alma.
Alma, de Anima, aquilo que dá vida.
Consciência, aquilo que qualifica aquilo que dá a vida…
Justamente, por isso caímos nessa Roda, para qualificar nossa Anima em Consciência.

Deus é e sempre será o SINE QUA NON de todas as coisas, embora a ciência oficial, com seu ateísmo militante, continuará a nos brindar com pérolas do tipo, visões de cegos nas pontas dos dedos…

Com certeza, a ciência encontra o seu lugar neste maravilhoso espetáculo chamado UNIVERSO que ainda assistimos sem conhecer pessoalmente os autores…

A missiva tem que vir num envelope. Não seria elegante e apresentável falar do Espiritual sem o científico.

Que cada um cumpra o seu papel.

Mas quem tem a consciência desperta além da matéria, percebe que as dimensões do universo vão se tornando menos densas e mais sutis, ou seja, mais energia livre, e menos matéria compactada, até o ponto que o último filão de energia desaparece, para penetrar numa dimensão onde só existe vibração pura desenhando todas as estruturas geométricas e arquetípicas do universo em estado embrionário.

Nessa dimensão, tecnologia é a coisa mais desimportante por ser justamente desnecessária.

Experiências do tipo é que qualificam a nossa ANIMA em CONSCIÊNCIA. Não estudo intelectual, que são, na melhor das hipóteses, preparativos, quando bem conduzidos.

A mente que experimenta a realidade maior, aumenta e nunca volta ao tamanho original… e nem se satisfaz com as projeções do mundo normal… porque nunca mais verá o mundo do mesmo jeito!
O Olho que viu a Verdade se torna servo da Necessidade da eterna Busca…

Isso é extremamente verdadeiro.
Com a calma
terás a alma
na tua palma…

Corpo, epiderme da alma,
Alma, epiderme da vida,
Vida, epiderme da consciência,
Consciência, epiderme da vibração,
Vibração, epiderme da manifestação,
Manifestação, epiderme do Universo.
Universo, epiderme de D3US…

E a ciência continua teimando, crendo no poder da tecnologia como chave para se decifrar o universo..Colocar tecnologia funcionando em dimensões onde matéria e energia deixam de existir, tornando o conceito MÁQUINA uma coisa deslocada, destituída de sentido. É falta e carência do conceito SER, em modelo mental de operação… se fosse só questão de termos, mencionariam o Espírito, e não civilizações extraterrestres no poder, sempre corporificando e tecnologizando tudo. Pra mim, ainda são severos limites da consciência nutridos por um professo ateísmo.
Só conseguem enxergar e supor o extraordinário se associado a tecnologias avançadas.
Quer tecnologia mais avançada que a manifesta por uma simples flor a desabrochar pela manhã?
A VIDA É A MAIOR TECNOLOGIA DO UNIVERSO.
E por mais que a ciência evolua milhões de anos, jamais reproduzirá em sua totalidade a tecnologia de uma simples flor nascida de manhã… e isso só por um motivo: essa Vida vem de Deus…

JP em 08.05.2019

 

Uma vida ausente de desafios será uma vida ausente de conquistas.
Uma estrada sem obstáculos nada significa além de uma jornada que desconhece o sabor e o valor das vitórias!

 

Uma coisa que eu aprendi na vida:
Ouvir de quem sabe mais,
Ensinar a quem sabe menos,
e calar diante de falastrões que fingem saber das coisas, mas nada sabem, querendo apenas parecer uma coisa que não são diante dos outros.
Porque uma coisa é certa:
Quem sabe muito, fala pouco,
Quem sabe pouco, ouve muito,
mas quem nada sabe, este sempre fala muito e nunca escuta nada de ninguém!
E o verdadeiro sábio sempre ouvirá mais e falará menos, porque, quanto mais sábio um homem, mais ele considera o quanto ainda lhe falta aprender!

 

JP em 11.05.2019

Dia das Mães?

Mãe não tem dia, porque todos os dias reclamam a sua presença…

Mãe não tem hora, porque até dormindo, as horas de sono de uma mãe são horas de preocupação com seus filhos, como se estivesse em vigília…

Mãe não tem mês nem ano, porque ela nunca se cansa de amar e exercer a profissão do amor para a qual Deus a colocou neste mundo, sem a necessidade de agendas ou roteiros para ser o que ela é …

Mãe não tem férias nem descanso, mãe não tem salário ou recompensa, mãe não tem cobranças ou limites em sua missão de eterna doação…

Mãe só tem uma coisa, e tudo nela se resume a isso:
Coração.
Porque é só disso que ela precisa para ser o que ela realmente é: um instrumento do Amor!

(***)

Lembrando aqui a maior de todas as mães deste mundo, na certeza de que, se ela pudesse, trocaria de lugar com o seu amado Filho, sem hesitar… então, como fixar uma data para celebrar esse amor que é infinito e transcende o próprio tempo?

 

*******************************************************

E quando todo mundo desacreditar das profecias, não porque elas estão erradas em essência, mas porque uma série de falsos profetas e péssimos intérpretes estão desmoralizando as mesmas profecias por causa de análises equivocadas, então virá o ladrão… o status da Terra muda nesse dia. Porque a própria profecia disse que estes eventos viriam quando quase ninguém mais acreditasse neles, por uma série de fatores… o que também será cumprido a risca, conforme a profecia DO LADRÃO. Ou aquela que o próprio Jesus disse: estaria todo mundo comendo, bebendo, se divertindo, casando e vivendo sua vida, quando então chegar o LADRÃO… no meio da noite, quando ninguém esperava. E ninguém mais espera mesmo. Cenário para que o Ladrão se apresente. Será da noite para o dia, e tudo mudará. E o cenário de gargalhadas e incredulidade dará lugar a um cenário de silêncio e medo…pelo que virá depois, já que o Ladrão é só o abre-alas do bloco inteiro. Mas é incrível que, mesmo com um monte de bolas de fogo circulando nos céus, como que anunciando algo a frente, ainda assim, as pessoas fingem que nada está acontecendo. Mais um ponto para o LADRÃO…

 

JP em 12.05.2019

Comentários