Templates by BIGtheme NET

Reflexões 1

Discursos sobre o Orgulho  

O maldito orgulho

O orgulho intelectual de muitos “entendidos”, céticos e mesmo ateus, ou mesmo adeptos da Nova Era, somados a um enorme preconceito contra as verdades da Bíblia, os quais, mesmo diante de todos estes eventos extremos acontecendo no planeta ultimamente, em todas as esferas, envolvendo o clima, a atividade sísmica, asteroides de risco, e graves alterações do campo magnético, fora o enorme risco de guerra mundial, etc… aquele grupo de “entendidos” preconceituosos se envolve com todo tipo de argumentação retórica, falam em Chico Xavier, falam em data limite e no espiritismo, e de bom grado aceitam teorias da nova era, teorias ufológicas, contatos e contactados, comandantes intergalácticos e tudo mais, e falam também em estudos científicos atualizados, etc, etc, porém, nunca ousam, do alto do seu pedestal de arrogância, falar nas passagens bíblicas e profecias, e menos ainda, declarar o Nome de Jesus Cristo e seu regresso como causa operante de toda essa escatologia marcante (em marcha desde a data dos 70 anos de Israel, 14 de Maio de 2018).

Preferem se consolar com TODAS as teorias possíveis e imagináveis, exceto aquelas que envolvem diretamente o Nome de Jesus Cristo e o seu retorno como gatilho que dispara todos estes eventos proféticos no planeta, , e não o declaram por “VERGONHA”… de parecerem religiosos demais, estúpidos demais, fanáticos demais… e quando confrontados com as ocorrências planetárias, todas no tempo preciso e real anunciado nas Escrituras, e com enorme exatidão, fingem não ouvir, alegando que tudo não passa de “mera coincidência”… embora nas outras teorias defendidas, não digam o mesmo.

Isso porque estão olhando as beiradas da roda em movimento, mas o centro dela, e seu eixo que faz tudo isso girar, eles, hipocritamente, fingem desconhecer…
Mas a sua presunção há de lhes custar caro.

Porque, por vontade própria, estão recusando a única mão capaz de salvá-los do Caos iminente.
Não há nada mais certo do que isto:
“O Orgulho sempre vem antes da queda”
Queda mais do que merecida!

O inferno real

A morte é o menor dos sofrimentos.
O problema é que a humanidade se apegou demais aos seus valores invertidos, sua arrogância, seu muro de lamentações, sua torre de justificativas e seu ego de estimação, e é tudo isso o que vai causar os maiores tormentos para almas assim, as quais, por mil motivos, se recusam a curvar-se a Vontade de Deus, militando em nome de todas as suas causas já perdidas…

o Inferno existe sim, e seu tormento maior será sempre aquele que a própria alma em estado de rebeldia traz pra si mesma, por não conseguir inserir esse ego (alma doente) na harmonia infinita, inserção essa que, estabelecida entre o Todo e a alma curada, chamamos verdadeiramente de paraíso celestial ou comunhão.

O fogo do inferno a consumir Lúcifer é um orgulho vulcânico sem limites e sem nenhuma forma do Amor divino ser capaz de apagá-lo.
Porque simplesmente Lúcifer prefere arder dentro desse orgulho, seu inferno particular, do que pedir perdão ao Criador e permitir que o Amor entre em seu coração e cure a sua alma doente.

O Amor divino não pode entrar em corações que fecharam deliberadamente suas portas para a sua Presença.
O orgulho é o pior inferno que existe.
O Amor divino não realiza milagres sem a participação da alma requerente. A menos que alguém se submeta inteiramente à Vontade do Pai, milagres não poderão ir contra a própria Justiça do Alto.
Milagres são frutos da árvore da humildade.
A Mão de Deus só pode alcançar a sua mão se você a estender em sua direção.
A Arrogância, por outro lado, só faz a alma afundar cada vez mais na própria estupidez.

“É preferível reinar no Inferno do que servir no Paraíso”
Lúcifer é o pai dessa sentença.
Os da classe de Lúcifer nunca reconhecem sua miséria interior perante o Todo-Poderoso, e nessa condição é que seu orgulho incha a tal ponto de sufocar-lhes a própria razão, e no final de suas trajetórias, acabam por afogar-se em si mesmos.

Autoconhecimento é a singular descoberta daquele Ser Maior que vive e sempre viveu dentro de ti. Teu grau de consciência será então medido em função da aproximação da tua alma encarnada com esta Presença Interior assentada no Trono da Realidade. Você será como um planeta que finalmente descobre o Sol ao redor do qual orbitou todo este tempo, sabendo agora onde está a fonte de toda a sua luz e pensamento, energia, vida e movimento!

Narcisismo espiritual

De repente, a flor do girassol olhou para o Sol e se iludiu com a falsa idéia de que, por lhe parecer, podia tanto quanto ele…e se bastava!

Porém, não basta ter a semente da divindade enterrada dentro da alma individual e despertá-la mediante todo valor pessoal se o Sol não estiver brilhando lá nas alturas, e se as chuvas benfazejas não caíssem regularmente dos céus, e se o ventre da madre terra não fosse fértil campo da existência!
Sem estas potências exteriores de Deus, a semente interna de Deus com certeza morreria. Tudo é Unificado no Universo, e o maior erro é crer no dogma da separatividade.


Bem-aventurada a modesta semente plantada em terra fértil e que se curva ao Sol dos espíritos e agradece cada chuva benfazeja em sua vida, lhe rendendo culto e graças!

Porque flores e frutos sobejarão em sua existência afortunada pelas Mãos do Grande Jardineiro.

Repito: a falsa idéia de que trazer a semente divina dentro de si é o bastante para alcançar uma realização plena, sem a necessidade da força auxiliar da Divindade exterior, partiu da mente rebelde de Lúcifer, o primeiro Anjo, o qual, imerso num súbito estado doentio de inveja e orgulho, assassinando toda a humildade na fonte da inocência, veio acumulando quedas em sua triste e solitária trajetória de demônio irredutível, semeando dor e ódio para colher sofrimento eterno… tudo porque acreditou que o girassol podia tanto quanto o Sol só por lhe ser parecido… a inveja realmente é desastrosa na vida de qualquer um!

O Um está no Todo e o Todo está em cada Um.
E no Universo evolucionário, os seres mais adiantados sempre ajudam os seres mais atrasados, porque a justa finalidade dos seres mais avançados é AUXILIAR E SERVIR os seres inferiores.
Que orgulho ignorante e cego é este que pretende subir a escadaria da ascensão sozinho?

Daí a razão de ser da sentença do Senhor:
“Eu elevarei os humildes e precipitarei os soberbos”…

Não poderia ser de outro modo!

*************************************************************

A Hora do Eremita

Agora é hora de buscar a sabedoria interna e o canal com Deus no isolamento. Fazer da vida um deserto, um refúgio na própria introspecção. Fugir de multidões e aglomerações em diversões inúteis ou batalhas perdidas. Agora é a hora do Eremita. Que cada um vigie e ore em seu deserto, evitando como puder as multidões que, como cardumes, serão arrastadas pelas distrações das mídias, para perder o foco e não ouvir o telefonema do Alto, quando ele tocar.
Como é possível que as pessoas estejam tão preocupadas em diversão e prazer, e tão devotadas ao próprio ego, mesmo sabendo que grande parte da humanidade já se encontra debaixo de sofrimento severo?
Não será um grande teste e termômetro medindo o egoísmo das massas manipuladas pelo eterno pão e circo dos governos que elas mesmas veneram?
(..)
Vejo na Internet cansativas disputas políticas e ideológicas, que não levarão a nada e a lugar nenhum, e as pessoas estão gastando energias preciosas numa direção totalmente errada, ilusória, armadilhas propositais para dispersar a mente do foco que realmente importa, porque o Destino é feito de cartas marcadas nas mãos Daquele que determinou os lances finais desta raça dois mil anos atrás destas palavras… e no final das contas, todos os poderosos deste mundo já foram julgados pela Lei do Alto, porque todos, sem exceção, servem ao Sistema, ao dinheiro e aos interesses do materialismo, ainda que disfarçado de ideologias sociais e religiosas muito atraentes em seus discursos premeditados.
(…)
O sábio encontrará o seu caminho no retiro ao deserto do seu próprio recolhimento e introspecção. Os demais continuarão entretidos com causas perdidas, porque em seu coração o Sábio não manifestou sua voz… e por isso, continuarão seguindo apenas sombras em suas vidas.
Vigiai e orai. É hora de penitência, introspecção, fuga das multidões e seus prazeres vãos, e suas batalhas perdidas.
A Luz não será vista lá fora antes de brilhar no santuário da consciência que acorda no deserto da introspeção.
É a Hora do Eremita.
E o sábio a encontrará em sua vida.

O PODER DO ENTUSIASMO

Entusiasmo

Uma palavra pré-cristã, ela vem do Latim ENTHUSIASMUS, do Grego ENTHOUSIASMOS, “inspiração divina”, do verbo ENTHOUSIAZEIN, “estar inspirado ou possuído por um deus, estar em êxtase”, de ENTHEOS, “divinamente inspirado, possessão por um deus”, formada por IN-, “em”, + THEOS, “deus”.

Ou, resumindo…
Entusiasmo = Ter Deus dentro!

Sem entusiasmo, a vontade para qualquer ação na vida se torna estéril, porque será forçada, e não natural e espontânea, o que significa que não partirá do coração, mas da necessidade, carecendo de poder de realização.

Esse dado é fundamental para compreendermos principalmente qual é o ingrediente essencial das práticas espirituais que realizamos, das nossas meditações, sonhos e viagens astrais.
Sem a pitada do entusiasmo, é como uma comida sem tempero, ou um jardim sem flores, onde você planta e nada brota.
A ação do entusiasmo deve conduzir a mente com alegria e disposição nas tarefas, para que todo trabalho seja frutífero. Porque, sem o entusiasmo, tudo o que fazemos carecerá de sabor e brilho, de vibração e beleza, se mecanizando e se automatizando num vício de rotina estéril.

É preciso fazer nossas orações, práticas e trabalhos como quem semeia a terra mas com a imagem de um jardim florido nas esperanças do coração. Mas é importante manter distância das pessoas negativas, pessimistas e que não acreditam em nada e em ninguém, apenas acreditam no próprio fracasso que fazem questão de esparramar por onde passam. Pois se o entusiasmo é contagiante, o desânimo dos fracassados também é. Vale observar essa situação.

Contudo, manter o entusiasmo em tempos tão difíceis como estes que temos vivido não é tarefa fácil, porém, temos que conservar esse toque de Midas, transformando o chumbo das situações negativas no ouro das conquistas valorosas.

É um dom de magia, é uma arte secreta, um prodígio da mente, enfim, vibrar entusiasmo é um exercício de auto-superação diária para que em nosso santuário nunca falte esse poder maior da realização, porque o entusiasmo é trazer e conservar DEUS DENTRO. Uma parte vital da reconstrução espiritual diária consiste em manter o nível de vibração do entusiasmo sempre elevado.

O Entusiasmo é o verdadeiro segredo dos magos e de todos os seres que conseguiram transcender a natureza humana inferior, transformando o vil metal da existência em matéria densa no ouro sutil da auto-realização espiritual.

************************************************************

Reflexão – A Fonte

O que vale mais?
A água ou a fonte que gera a água?
O que vale mais?
A vida ou o Espírito que gera a vida?
Terminando a vida, o Espírito Santo recobra a vida, mas… e terminando o espírito?…
Como se haverá de recobrar a vida?
Conclusão
O que importa mais?
Cultuar a vida ou a fonte da vida?
Tentar poupar a água… ou trabalhar para manter a fonte jorrando continuamente, pura e cristalina?
Não se preserva a vida agarrando-se a própria vida, mas conquistando o contato permanente com a fonte da vida.

*************************************************************

A Lição moral e espiritual das tragédias

É verdade, o povo brasileiro é solidário… mas Deus não quer solidariedade só em tempos de tragédias, e muitas vezes, as tragédias são enviadas para sacudir o egoísmo básico da humanidade e sua indiferença contínua nas pequenas coisas, no dia a dia, no cotidiano, esfera familiar, trabalho etc.

E embora muitos heróis da solidariedade estejam se destacando nesta e noutras tragédias, isto ainda está longe de ser o ideal de uma humanidade totalmente comprometida com a fraternidade, que se revela mais episódica do que habitual.

Porque temos tragédias pessoais acontecendo todo o tempo, com uma, duas, três pessoas, uma família, na miséria, na doença, na pobreza extrema, e ninguém liga pra elas.
Se somarmos todos estes casos isolados de tragédias pessoais acontecendo com nossos semelhantes e não muito longe de nós, o número vai superar o das grandes tragédias em pouco tempo. E quem liga? E quem fica sabendo?
E quem socorre essas vítimas da nossa indiferença?

Por outro lado, o efeito impactante das tragédias está no grande número de pessoas alcançadas, e também no seu elemento surpresa, além de uma grande exploração da mídia, transformando os eventos em capítulos de uma novela sádica para promover ibope de seus canais e páginas.

Enfim, essa lei da compaixão tem que alcançar todas as pessoas em tempo integral, e mesmo quando esteja tudo bem, e não somente grupos de trabalho em situações localizadas.
Isto é, a conduta de uma sociedade evoluída e fraterna é o serviço social em tempo integral, nas pequenas e grandes coisas, e não somente em tragédias.
Vejo um monte de gente chorando diante da TV pela tragédia mas que não cede o seu lugar no ônibus para um idoso cansado… então, sei lá, tudo isso ainda me soa muito como hipocrisia… que tipo de sensibilidade é essa que se comove diante de tragédias mas não é capaz de realizar ações pequeninas de solidariedade no cotidiano?
Mas pode reparar que, depois que essa comoção nacional passar, virá outro acomodamento da humanidade no seu egoísmo básico… até a próxima tragédia.
A mensagem é: não devemos esperar tragédias para procurar praticar o BEM pelo semelhante.

Até porque, como vimos antes, se para nosso ponto de vista, a morte é a pior coisa que existe, para o ponto de vista de Deus, a indiferença do coração congelado no egoísmo é muito pior. E enquanto esse egoísmo não derreta e nosso coração não volte a professar o amor incondicional em tempo integral, lamento informar que outras tragédias virão… mesmo porque, em grande parte, elas são causadas por nossas próprias mãos, e atraídas por um coração que perdeu a capacidade de amar. Para Deus, essa é a pior tragédia que pode acontecer aos seus filhos…

**************************************************************
O Chamado
Quando o Chamado vem do Alto, e vem de Deus, não importa quantos livros você leu, quantas missas você assistiu, e quantos rituais você praticou …
Antes desse chamado, a sua ascensão não acontecerá, e na verdade, toda a espera será um tempo de preparação para ela.
E nesse dia, as asas que você ganha não serão feitas de livros, missas e rituais… essas asas aparecem em você simplesmente porque sua mente está livre e sua alma está pronta … para o Chamado, que não escuta o apelo de crenças ou religiões, e sim, a sinceridade do seu coração, porque o coração é que escuta o Chamado!.
Porque… enquanto o ego for o centro de sua vida, Deus poderá chamar e chamar… você simplesmente não lhe ouvirá…
**************************************************************

Orgulho

Se o Deus externo não conceder, o deus interno não vai nascer. Lúcifer se isolou do Deus externo, acreditando somente na sua identidade, ou seja, caiu no laço do EGO, armadilha fatal que mente na consciência dizendo que a pessoa se basta, é auto suficiente para tudo, e não precisa de nenhum PODER EXTERIOR ou de um Ser intercessor como Jesus cristo para se salvarem do caos. Me espanta essa humanidade cega, que declara TEMOS DEUS DENTRO, mas corre por qualquer coisa num médico, para curar qualquer dor de barriga… ora, se precisamos de médicos e salvadores da nossa vida no mundo físico (bombeiros, policiais, socorristas etc) por que não precisaríamos de agentes e intercessores no mundo espiritual?

Humanidade fraca e corrompida, se declara PODEROSA mas na prática, qualquer dor de barriga lhe atira no chão. Entende? Se o Intercessor, aquele Ser maior que morreu por nós, não nos der a mão, sozinhos não teremos força para elevar nossa divindade interna à altura da liberdade, porque poderoso é o SISTEMA QUE ESCRAVIZA O MUNDO, e não temos como vencê-lo SEM AJUDA EXTERIOR.

Funciona como uma semente, que traz todo o potencial da árvore em si, mas se o Sol (poder externo) não lhe vitalizar, ela simplesmente morre.

O homem tem a semente divina dentro de si, mas precisa que o Sol exterior, Deus, e a força de Cristo, desperte essa semente, que hoje, dorme em estado de letargia do materialismo, e está cercada por um sistema tenebroso que nem de longe supõe seu tamanho e poder.

De nada adianta trazer a centelha interior da divindade se ela não for estimulada pelo Sol dos Espíritos chamado Jesus Cristo, que é o intercessor direto entre Deus e a salvação do gênero humano.

Que o orgulho não nos faça cegos… e burros.
“Quando todas as mãos lhe faltarem na hora que você mais precisar, lembre-se daquela Mão que nunca lhe faltará, quando a humildade te fizer reconhecido de que, sem Deus, o homem realmente não é nada!”

Mas parece que o pó da sepultura do cemitério, e o prognóstico sempre fatal e recorrente do destino imutável do homem soberbo não lhe acrescentou um centímetro de humildade ao coração.
Lamentável…

***********************************************************
O Senhor disse :
“Elevarei os humildes e precipitarei os soberbos!”
Isso significa que o poder dentro de ti só se revelará se o Poder fora de ti te encontrar em sintonia de comunhão.
Deixo esse recado a toda soberba vigente em nosso tempo que crê realmente que o deus adormecido que têm dentro de si é todo suficiente para se auto-resgatar, sem a necessidade de Jesus Cristo, Anjos e Irmãos Maiores do Universo, quando o Caos chegar… porque já chegou e já se instala gradualmente.
Nada é tão cegante quanto o orgulho.
E nada é mais estupidificante do que o orgulho místico, que se crê auto-suficiente para todas as libertações internas e externas.
Esses ignorantes eruditos se esquecem que o sistema lá fora se chama ANTICRISTO, e somente um poder está altura de destruí-lo, nos libertando totalmente, e esse poder se chama
CRISTO!
Ps: essas pessoas não conseguem nem vencer uma dor de barriga sem recorrer a médicos e hospitais sem cessar, e ficam posando de divinos auto-realizados… no mínimo, tais seres de ego místico tinham que estar se auto-curando e até se tornando imortais.
Mas se até uma simples gripe os derruba, e se a morte se lhes é inevitável cedo ou tarde, o que esses doutores de soberba tem a mostrar ao mundo, senão que a própria ignorância?
E tenho que concordar com Buda:
“A Ignorância é a fonte de todo o sofrimento!”
Não há uma sentença mais ignorante do ego do que aquela onde ele se declara no próprio controle de sua vida, como que se soubesse exatamente o que o Amanhã lhe reserva…
Conclusão
Quando a humildade é o capitão do seu barco, pode estar certo que, ainda que venham as tempestades na vida, o seu barco nunca afundará. Porque uma Mão Maior que você não enxerga o conservará sob proteção contínua.
O destino do orgulho? Ora, quando vierem as tempestades da vida, a Mão protetora se afastará e o orgulho terá que lidar com todas elas, sozinho, com seus próprios “poderes”… e não é difícil prever que o fundo do abismo será o seu destino final…

Walking on Water

 

JP em 08.02.2019

Comentários