Templates by BIGtheme NET

Recomeçar

 

 

 

O ciclo se fecha, as revelações vão aparecendo, funciona assim mesmo em todo final!

“Os começos são sempre nebulosos, mas não os fins”

O verdadeiro e o falso começam a se distinguir, o certo e o errado são finalmente compreendidos, a consciência salta, o mundo entra em revolução, a História vira mais uma página – ou no caso, fecha o livro para começar outro.

Para que tudo recomece novo em folha. Página em branco, alma em branco, consciência em branco. Retomar a obra, aprender com os erros, sair forte pela experiência. Plantar o que é bom, colher o que é Bem. Amar e servir mas sem perder a liberdade.

Ensinar a liberdade que se quer. Viver a Justiça que se prega. Entregar o coração sem medo de sofrer, porque Alguém cuida dos bons corações e o mesmo Alguém os enche de luz para que possamos sair à partilha.

Se queremos um mundo melhor, temos que começar a criar esse mundo em nossa própria faixa de existência. Somente assim as forças que concorrem nesse sentido virão nos ajudar.

Que os sinais então nos apontem o caminho de um novo tempo.
Não haja medo, mas sim, esperança.

Porque ela é única coisa que temos.

A esperança no que é Maior e Melhor do que nós.

De qualquer forma, nunca tive medo de morrer, meu receio é fracassar como ser humano, desperdiçando tantos talentos e tanta vida e preciosa com futilidades, comodismo e incompetência.

Creio estar chegando a hora dos céus eliminarem o tumor que realmente está acabando com o gênero humano, chamado ego, alimentado em sua metástase por uma cobiça que nem os céus são capazes de preencher esse vazio interior que ela abre nas almas cheias de si.

Profecias são flechas, e todas elas apontam para o alvo único e final chamado Redenção. Não há como extirpar o tumor profundo e enraizado sem cirurgia, sem dor, sem perda.
Mas a perda também é um diagnóstico relativo.

A maior perda seria a perda da consciência, e se a carne tiver que passar pela intervenção dolorosa, o propósito final o justifica.

Porque morrer lutando pelo ideal de fé, pela verdade do amor e pela conquista da independência da razão é renascer em outro lugar, em estatura ainda mais elevada.

Mas viver se escondendo na crença, seja ela qual for, guardando na gaveta os gritos abafados de verdade e justiça por causa de um comodismo que prefere imaginar a salvação nas costas de outro, e nada faz para brilhar a luz de dentro e revelá-la ao mundo em trevas, isso é morrer todos os dias dentro de um sonho fadado a amargura, quase um pesadelo de covardia, porque o céu é dos fortes, a liberdade é dos ousados e Deus é dos que amam e se sacrificam até o fim em nome desse amor.

Amar é viver, viver é lutar, lutar é morrer, morrer é renascer.

Mas a vida sem amor é perder, e este perder não é somente morrer, é ser perdido da lembrança do próprio Deus, que coloca um imenso céu sobre nossas cabeças na esperança de que este simples espetáculo nos instigue a voar maiores alturas todos os dias.

Só os medíocres fecham os olhos e se auto-consolam na idéia errada de que o homem não nasceu para voar.

E assim nunca voam e nunca desbravam continentes desconhecidos do pensamento para os que chegam. Simplesmente porque colocam limites na sua própria natureza, fazendo-a sempre estancada, até decair do ponto onde estancou.

Só os que não tem medo de voar é que se fazem merecedores de asas.

O NOVO é o que está além da Grande Porta que voce ainda não abriu, mas precisa abrir.
OPORTUNIDADE é o nome desta Porta.
E DECISÃO, o nome da sua chave.

A primeira coisa que a semente procura, quando desperta dentro da terra, é a luz do Sol.

A primeira coisa que uma mente procura, quando desperta do seu sono de ilusões, é a Verdade.

Bem-vinda a primavera, tempo de despertar…

 

JP em 23.09.2019

Comentários