Templates by BIGtheme NET

Pesquisadores descobrem Ponte Cósmica que interliga as Galáxias

(Os pesquisadores publicaram seu trabalho num artigo no Monthly Notices of the Royal Astronomical Society)

Mais uma vez, uma prova não da matéria escura (não concordo com esta teoria, pra mim ela é apenas um tapa-buracos, um ajuste de um comportamento ainda desconhecido do Universo).
Acredito seja esta mais uma prova (entre outras avaliadas em descobertas diferentes) do comportamento do tecido do espaço-tempo distorcido entre objetos de grandeza de campo gravitacional.

A velha ilustração de um tecido contorcido entre objetos massivos, e que, na observação dos astrofísicos, comporta essa discrepância arrazoada como matéria negra.

Na imagem que segue, um modelo de como entendo a matéria negra.


Em campos uniformes, sem a presença de objetos massivos, o tecido se apresenta liso, mas entre objetos massivos, o tecido do espaço-tempo fica retorcido porque exposto fica a ação constante da força G entre os objetos.

E na carreira destes tecidos retorcidos do Espaço-Tempo é que os UFOS viajam em seus buracos de minhoca. São áreas do universo onde a estrutura rígida do Espaço-Tempo é submetida a distorção constante, e quanto maior a força G envolvida, maiores serão os efeitos dessa distorção, tanto que o clímax desse efeito acontece nos próprios Buracos Negros, quando um FURO no tecido do Espaço-Tempo faz todo o sistema, inclusive a luz, mergulhar naquele estado de coisas estranhas e imprevisíveis, chamada SINGULARIDADE.
Buracos Negros seriam o ápice dessa consequência da Teoria da Relatividade e os efeitos de distorção daquele tecido, o que poderíamos chamar de SUPER MATÉRIA ESCURA (o Buraco Negro) não passa de uma implosão do tecido Espaço-Tempo debaixo de uma Super Gravidade.

Acredito que a pista-chave para se compreender essa matéria escura são os BN.


Na visão mais avançada da consequência da Teoria da Relatividade Geral, estes setores “retorcidos” de Espaço-Tempo do universo é que permitem a existência dos famosos Wormholes *Buracos de Minhoca, não existentes somente entre galáxias, mas igualmente entre estrelas… e entre planetas.
Assim, como visualizar o universo real senão que um complexo “rodoviário” totalmente interligado por rodovias e “túneis”?

Para viajar nessas rotas, basta dispor da tecnologia de viagem pelo Hiperespaço.


Todas essas estranhezas do universo, a maioria delas, descobertas de tempos em tempos (como as ondas gravitacionais, há meses atrás), são desdobramentos e consequências da Teoria da Relatividade.
Einstein realmente não sabia o que tinha nas mãos… e conforme passa o tempo, suas teorias vão ampliando a visão do universo relativo.

 

MISTÉRIOS DO UNIVERSO MÁGICO

Um modelo e teoria proposto para as Pontes de Interligação de Galáxias.
A teoria do tecido torcido do espaço-tempo

“…enquanto descobriram que o fenômeno é mais forte em sistemas que estão separados por menos de 40 milhões de anos-luz…”

Isso significa que o fenômeno e efeito da Lente está subordinado a gravidade, não de um objeto entre elas, escondido, mas da própria força G que elas trocam, que é sempre maior em distâncias menores entre os objetos.

Galáxias mais próximas apresentam o fenômeno mais intensamente, o que significa que a gravidade entre elas está envolvida.

Se o sentido de rotação das galáxias for diferente, a torção do tecido será ainda maior do que se girarem num mesmo sentido. O plano de rotação de ambas também interferirá no modelo de resultante final da ponte.Galáxias em rotação e próximas umas das outras, trocando intensa gravidade, formariam, como resultante final, estas pontes cósmicas de interligação.

Não matéria escura ou objetos de massa escondidos entre elas.
JP em 23.05.2019

Comentários