Templates by BIGtheme NET

Os Verdadeiros Anunnaki – parte 6 – o mapa dos Sirianos nos crops circles

Outras referências ao chamado de Sirius nos crops circles desde 1990 e a temporada dos enigmáticos pictogramas, ainda não decifrados como deveriam ser!
O pictograma cima é duplo, apareceu duas vezes no mesmo dia 11 de Julho de 1990, e eu o chamo de marcador astronômico, porque os modelos de sua classe se associam a símbolos planetários e estelares em linhas de informação conectada, como informações sobre planetas, luas e até de estrelas de seu sistema.
Quem estuda a fundo a simbologia recorrente dos crops circles, percebeu faz tempo que eles sinalizam para as mesmas coisas, estrelas, signos e valores que os objetos da antiguidade sinalizaram… e de novo fazem repetidas referências a Vênus, Sirius, Plêiades e a mesma região estelar tão direcionada pelos antigos em seus monumentos.
É como se fossem os mesmos seres que, no passado, motivaram aqueles monumentos, os que retornam agora e mandam telegramas de aviso em todos e e cada crop circle!
Desde 1990, a mensagem dos crops circles insiste numa mesma direção, apesar da variação das imagens, mas com símbolos e indicadores recorrentes no conjunto…
E em muitos destes símbolos encontramos o TRIDENTE DE NETUNO, que é UM DOS SÍMBOLOS DE SÍRIUS TRÍPLICE SISTEMA ESTELAR!!! Sim, a informação de que um sistema de três estrelas (Sirius) se liga a outro de duas estrelas (o nosso sistema solar que, desde 1990, eles afirmam ser BINÁRIO!)

Muitos pictogramas repetiram o mesmo padrão, num dos círculos, um garfo com três pontas, e outra ponta isolada, como que representando o sistema tríplice Sirius e o planeta que orbita Sirius B, donde,segundo os Dogons, vieram os Nommos, mestres aquáticos de Sirius.

E o interessante é que esse círculo costuma se ligar a um segundo, que tem um garfo ou projeção com duas pontas, podendo mesmo representar o nosso sistema solar duplo (Sol e Nêmesis, a anã marrom companheira, da qual eles parecem ter conhecimento!)

Crop circle 17.08.2003 uk

Abaixo, o maior pictograma em extensão no estilo, ano 1999:

Na imagem, apenas um recorte do modelo que era enorme em extensão, repetindo os mesmos padrões pictográficos recorrentes de 1990 em diante.

Pictograma 12.6.1999 UK

Em vários deles, o velho código 11-11 das conexões interestelares, dos códigos sincronitários e dos espelhos dimensionais, usados por viajantes do espaço-tempo, aparecem como uma das assinaturas (padrão) destas formações fantásticas.
Abaixo, o primeiro pictograma dos tempos, em 23.05.1990 em uma fazenda inglesa:
Este crop circle foi muito famoso, o Índio, que se estima represente Quetzalcoatl, por haver uma serpente ondulante sobre o cocar, na parte clara da formação.
Além de outros mistérios, reparem no nariz e parte central da face em design de PEIXE, e lá estão dois olhos e um nariz, três pontos circulares, três estrelas, sistema estelar tríplice (Sirius).
Apareceu no ano profético de 2009, em 5 de Julho.
O símbolo de Netuno aparece bem destacado neste outro pictograma, além de um estranho ser alienígena com orelhas.
O sistema 3 ligado ao sistema 2 (abaixo dele)
Um garfo com 3 raios e um garfo com 2 raios.
Pictogramas são eixos de ligação entre mundos e sistemas estelares, e essa classe de pictogramas, desde 1990, com simbologia recorrente, parece mesmo representar as conexões estelares entre Sirius, Plêiades e o nosso sistema solar (duplo)…
Modelos variados… sete estrelas ou sete braços do Castical (Menorá, Plêiades) e a estrela maior, acima (Sirius).
O modelo abaixo é de 1999:
Note, na base do candelabro de sete braços, um tridente invertido. Sirius 3.
Próximo de Sirius 3, as famosas sete estrelas das Plêiades.
Esses padrões sempre se repetiram, mas os estudiosos não os perceberam.
Muitas serpentes e peixes aparecem nos crops circles, e muitas serpentes formam a letra S com o corpo: S de SIRIUS, S de Sothis (grego), Sopdet (egípcio), letra S. Além do Peixe, a serpente costuma ser um símbolo associado a deusa Isis,  de quem Sirius era a estrela tutelar no antigo Egito.
Reparem nessa linda serpente com TRÊS CÍRCULOS NO EIXO CENTRAL, ligados por uma barra (as três estrelas do sistema Sirius), e repare no TRIDENTE que está na língua dela… o crop circle abaixo é de 29 de Julho  de 2011.
O eixo central também pode acrescentar a forma gráfica da letra I, compondo SI (Sirius), além de representar o eixo gravitacional ligando aquelas três estrelas de um mesmo sistema, e neste caso, a letra S representa uma Onda (Senóide) que também reforça a sugestão do laço gravitacional unindo os três objetos ou Sirius A+ Sirius B + Sirius C…como os Dogons já sabiam há séculos, mas nossos astrônomos só recentemente vem descobrindo, mas ainda não totalmente…
Esta, de 2010, foi coroada com o tridente… e mostra uma espécie de viagem num túnel do espaço-tempo (13 círculos) como um objeto ufológico em uma abstrata representação de viagem interdimensional… coroado com o símbolo de Sirius.
Já esta outra serpente traz o TRIDENTE NA CAUDA… em 2010, e apareceu no mesmo dia de outro crop circle, de uma estrela…
Ela é repleta de detalhes, e pra começar, trata-se de uma serpente alada… Quetzalcoatl? certamente. Na cauda, o tridente se liga ao algarismo maia do número OITO. Três e Oito conectados? Lembram das conexões 3-8 que vimos antes, relacionadas às coordenadas estelares?
Melhor ainda é o ET com coroa na cabeça da serpente, escondido…
Do dia 25 de Julho de 2010, dia do nascimento helíaco de Sirius!
E no mesmo dia desta serpente, em 25-07-2010, apareceu a estrela, a estrela para onde aquela serpente voa (Sirius)…
Notem os caduceus de serpentes em cada uma das cinco bolas que compõem a estrela-pentagrama:
Duvido que estes crops circles sejam fakes, a partir do momento em que todos estes detalhes foram observados e ligados em décadas de exposição silenciosa, progressiva e infalível a cada nova temporada debaixo do Sol por testemunha…
A referência dos crops circles e seus Anjos-ETs autores é tão forte que, em dia 15 de Julho de 2015, exatamente quando a Lua passava em conjunção com Sirius no céu, vejam o que apareceu num campo inglês chamado THE WHISPERING KNIGHTS, os cavaleiros sussurrantes, devido a um monumento natural de pedras (um anel ou círculo de pedras, que se vê à esquerda, monumento antigo) ali presente.
Note-se que o próprio crop circle mostra o Pentagrama, tal como Sirius e outras estrelas eram representados no Egito antigo, junto com a Lua crescente, e enquanto isso, no mesmo dia, 15 de Julho, Lua passava sobre Sirius no céu… a indicação para SIRIUS é clara!
E no mesmo dia, Holanda, em 15 de Julho de 2015, apareceu este crop circle, mostrando referência àquele círculo de pedras na Inglaterra e Sirius indicada, com a Lua… Lua de Isis, Lua de Enki… Lua de TOTH!
E o que aparece do lado? Sim, o mantra OM (AUM) em sânscrito… OOMMM, o chamado dos deuses azuis da estrela mãe indicada…
E olha só o que apareceu no dia 31 de Julho de 2015 também na Holanda! A coroa de Ísis, que é também a coroa de Ápis, Touro, a constelação do céu que abraça Órion, Plêiades e Sirius… eles estão sinalizando, sempre sinalizam…
Outro na Holanda, em 4 de Julho de 2015… o ANKH de ÍSIS, e dos deuses, de Toth, de Osíris e Anúbis
 A coroa de Ísis, e o Ank de Ísis, que tem por estrela, SIRIUS, a Stella Maris, a Estrela-guia da humanidade, a Grande Mãe e seus filhos, os seres azuis, os legítimos Anunnaki… Aliás, o dia 15 de Julho marcava, no Egito antigo, o nascimento helíaco de Sirius, que coincidia com a cheia do Nilo… neste dia apareceu aquele crop circle do pentagrama-lua.
Este é o Hieróglifo da Estrela Sírius, Sótis… Um pentagrama, como eles representavam as estrelas na antiguidade, além daquela de oito raios… A estrela-humana, o microcosmo homem em busca do templo-pirâmide onde é batizado pela luz, a luz da Verdade, a luz dos seres azuis da estrela….
E por tal razão, por estar no Egito secreto a fonte de grandes conhecimentos antigos e extraterrestres, de natureza hermética, o pentagrama se tornou um símbolo universal da ciência oculta, a constar de todas as Ordens Esotéricas antigas e modernas por emblema…
E olha a assinatura deles aqui:
Crop circle de 8.6.2009: três peixes, três eixos, o sistema estelar tríplice de Sirius?
Outro crop circle de 2009, na França, mostrando o grupo das sete estrelas menores, Plêiades, e a estrela Maior, Sírius, junto do símbolo do PEIXE.
E olha só os anúncios dos filhos da Estrela-Mãe em 2015, retornando… e 2015 soma…8!
A Estrela dos ANUNNAKI é Luz de conhecimento, é pão para a alma…
é o chamado para casa em uma nova irradiação da Estrela de Belém…
É muita coisa, isso tudo é apenas pequeno resumo e síntese, que tem por objetivo dar as coordenadas para que possamos realmente saber donde os verdadeiros Anunnaki vieram, e donde retornam…
Mais estrelas estilo Siriano apareceram em 2015, talvez em relação ao raro fenômeno “Estrela de Belém”, quando Vênus e Júpiter quase se alinharam no céu em arco, algo que não se via há dois mil anos…
Outras estrelas sirianas da temporada 2015 abaixo:
Lua e estrela, Estrela de Enki, de Toth, de Ísis, Lua, o vaso, a jarra do conhecimento, Rama Chandra…
Lua e estrela, o signo da sabedoria da fonte do Eterno Feminino e Mãe Sagrada da Luz… atributos de Isis, Sofia, Maria…
E isso é só o começo.
Uma pequena porcentagem de um mapa completo e complexo que Sirianos e Venusianos nos entregam há décadas, a completar 29 anos em 2019, e um ciclo de colheitas (Saturno)!
continua
JP em 04.03.2019

Comentários