Templates by BIGtheme NET

OS VERDADEIROS ANUNNAKI – parte 2

 

Alguns crops circles inclusive fazem referência direta a Sirius e outras estrelas do grupo de Touro. A grande maioria dos mesmos monumentos, Pirâmides, Templos, centros religiosos, edifícios de todo o mundo antigo, apontam para a constelação de Touro, onde fica Sirius, e Órion, e Plêiades.
Em muitas linguagens antigas, Plêiades aparece como sinônimo de centro, de umbigo do céu. Isso deve ser considerado. Sabemos donde vieram os Anunnaki, os Elohim, os Anjos, os seres do céu, e a própria Bíblia, no Livro de Job, fala deste mesmo grupo de estrelas. As coordenadas foram dadas, mas os homens corruptos, usando batina ou paletó, atrás de suas instituições, religiosas e não-religiosas, fingem desconhecimento para o povo, enquanto eles mesmos conhecem profundamente a realidade extraterrestre.

Se diz que não é para causar histeria coletiva que não se revela nada, mas o motivo não é bem esse.

Uma educação gradual prepararia as massas para a verdade. Mas esse batismo da verdade ao mundo não lhes interessa, porque descentralizaria o poder dos que estão no poder. Por isso, educados somos desde o berço nas mentiras, nas futilidades, no materialismo das marcas, no comércio que fatura nos viciando em produtos, nas falsas religiões intimistas, no condicionamento mental idiotizante da televisão, das mídias, dos ídolos de barro e astros de mentira, estes bonecos de merchandising, um monte de coisas.

Nunca existiram esses Anunnaki escravagistas em busca de ouro. Ora, se IHVH, o Deus hebreu, tinha tecnologia para fazer servos de barro, não teria para fabricar ouro, se isso era a ciência dos alquimistas antigos da Terra, também parte do conhecimento daqueles que vieram das estrelas?

(Na imagem, acima do deus, a trilogia Sol-Lua-Estrela, como sempre é representada na Bíblia, ilustrando os astros com os quais os ciclos cósmicos e naturais são contados. Sol, sendo uma estrela, é representado da mesma forma, num padrão de quatro-oito raios). Na mão do deus, a chave de poder, o bastão e o anel, símbolos do masculino-feminino, o andrógino e a força sagrada vital do sexo, o fruto proibido da Árvore da Ciência dos deuses (DAAT).
Diante dele vemos não escravos, mas devotos humildes, obedientes. Servidores, e não escravos, a diferença é gritante. Afinal, se são eles os deuses que nos conceberam e tudo nos fornecem, por que não serví-los e amá-los com devoção? Somente a revolta de natureza luciférica tem objeções quanto a isso).
Os Anunnaki escravagistas nunca existiram, Isso é uma fantasia intelectual daquele homem. Escravagistas são os próprios homens, eles se escravizam uns aos outros, de inúmeras formas.

Antigamente, os escravos usavam correntes nos braços e pernas, mas eram livres para pensar. Hoje, a humanidade leva correntes mentais no pensamento, está sendo escravizada da pior forma possível através de lavagem cerebral com porcarias culturais somada a negação sistemática de toda a verdade, isso para não mencionar o chip na testa que muitos já carregam, o ponto máximo do controle cibernético do gado humano….

Os Anunnaki escravizadores nunca existiram. Os seres que vieram das estrelas eram e são bons e pacificadores, queriam nos libertar pelo batismo do conhecimento que possa nos levar à consciência cósmica.


O próprio Deus IHVH nunca escravizou ninguém, segundo as Escrituras, pelo contrário, libertou seu povo de outras nações em inúmeras ocasiões.

Os humanos sim, são escravizadores e fazem tudo por ouro.
O que Sitchin fez foi ver o reflexo da própria face da humanidade nestas mitologias sumerianas. E essa concepção falsa de extraterrestres do mal, escravizadores e que nos criaram para garimpar ouro na Terra para eles está causando muito dano na compreensão das pessoas, desfigurando a natureza e a intenção real destes seres das estrelas. É outra forma de desinformação.
Não adianta alguém divulgar a realidade extraterrestre com fatos distorcidos. A desinformação também condiciona, também manipula, porque desvia da verdade, da realidade dos fatos. Temos que compreender os verdadeiros culpados nessa história.
Tenho muitas desconfianças se esta enorme desinformação plantada por Sitchin na cultura popular extraterrestre não foi proposital, para criar no coletivo humano a idéia desfigurada de SERES AMEAÇADORES, QUE TRAZEM MEDO E FAZEM AS PESSOAS EVITAREM QUALQUER TIPO DE CONTATO E BUSCA POR ELES… pararam para pensar nisso?

Afinal, Sitchin trabalhou na NA$A, não foi? Juntou as peças agora? Se os extraterrestres são bons e buscam contato libertador com a humanidade, a tática de Sitchin criou justamente oposição e repulsa de muitos à idéia deste contato, julgando nestes seres, criaturas maléficas e escravizadoras…

Jesus Cristo foi um mestre ungido pela Estrela de Belém, que é Sirius, que é a capital Anunnaki do céu, representada pelo PEIXE. Mas o que os corruptos de batina fizeram com estes conhecimentos? Todos nós já sabemos, deturpações sem fim.

Poucas religiões escapam disso. Por trás de todas elas se fizeram instituições e se levantaram homens com sede de ouro. Os Anunnaki em busca de ouro são os próprios homens. Nunca foram os deuses estelares. É só olhar para o momento atual da Terra e ver o que os homens estão fazendo em nome do ouro e do capital, tanto com o planeta como com os semelhantes. Eles são os anunnaki caídos e sedentos por ouro, fazendo de todos nós servos de barro para as suas cobiças. Nunca e jamais os deuses das estrelas e da capital-luz de Sirius… para onde todos os monumentos do mundo antigo apontam…

Muitos estudiosos revelaram inúmeros erros nas traduções de Sitchin, ele deveria ter se aprofundado nos estudos de cultura antiga, Cabala e simbologia antes de disparar notas tão erradas sobre o Deus antigo dos hebreus, convertendo-o num ser cruel e tecnológico em busca de ouro… não sabia fazer ouro? Mas sabia criar escravos de barro com vida?

Que contradição enorme? Tem tecnologia para fabricar humanóides vivos e não para fazer ouro, se até os alquimistas antigos faziam? Ora, a Alquimia é outra ciência que veio das estrelas… então, esse IHVH de Sitchin é falso, cem por cento falso!

Muitos ficaram só com a versão dele para a compreensão do Universo extraterrestre e as origens da humanidade, e saíram confundidos.

Não podemos apenas aceitar o lado dele, sem contestar. Porque os erros são grosseiros. Quem estuda mais a fundo a Bíblia e outros registros da cultura antiga em busca da verdadeira identidade dos Anunnaki já sabe disso. A Bíblia é bastante clara, o Senhor IHVH criou Adão e Eva para serem livres e felizes num paraíso e terra perfeitas, e o único trabalho de Adão era cuidar da terra, nenhuma referência à servidão em minas de ouro, isso foi fantasia de Sitchin.
Agora, depois da transgressão ás leis perfeitas, Deus expulsou o homem de sua vida boa, aí sim, ele teve que trabalhar para sobreviver, e novamente não há referências de Adão banido se tornando escravo de IHVH, muito pelo contrário, foi aí que ele começou a cair nas mãos dos tiranos, que o passaram a escravizar. Lá no tempo do Egito, depois que Deus tirou o seu povo da escravidão, passaram 40 anos do deserto sem trabalhar (apenas se purificando), porque o pão caia do céu, e a carne voava literalmente para a panela de cada família hebréia!

Não há referência alguma na Bíblia que aponte que o Senhor IHVH criou Adão, quer no Paraíso (muito menos lá), quer no exílio,para ser garimpeiro de ouro para si,, isso foi a mais absurda fantasia de Sitchin, sem qualquer base bíblica e sem outras referências paralelas em culturas antigas.

Agora, abundam sim os relatos de homens escravos de outros homens e tiranos no poder. Eles existem em toda parte.
O duro é que Sitchin se tornou a única referência sobre o assunto ANUNNAKI.
A narrativa dos DOGONS é a chave para começar a nos mostrar a verdadeira face dos Anunnaki, tão deturpada por causa da obra de Zecharia Sitchin.

Pinturas Dogon


Porque os Seres de Sirius falaram com os Dogons, mas não falaram com Sitchin… de modo que são apenas interpretações e especulações livres dele, sem qualquer compromisso com a realidade dos fatos.

Uma coisa é voce ter o contato direto com eles, como foi o caso dos Dogons, mas outra é voce pegar um monte de tabuinhas antigas e ir interpretando livremente, conforme a sua imaginação e conforme o que você ACHA DOS ANUNNAKI, sem nunca ter ouvido o depoimento dos próprios, como os Dogons e outros tantos povos do passado… e que nunca falaram em deuses escravizadores em busca de ouro… quem achou isso foi somente Sitchin e seus simpatizantes…

JP em 24.01.2019

Comentários