Templates by BIGtheme NET

Os Seis sólidos perfeitos nos Seis Dias da Criação

 

 

(expansões do Cubo de Metatron)

O Cubo de Metatron contém a projeção geométrica plana dos cinco sólidos perfeitos, e só existem cinco deles, a saber, Tetraedro (4 faces triangulares), Hexaedro ou Cubo (6 faces quadradas), Octaedro (8 faces), Dodecaedro (12 faces pentagonais) e Icosaedro (20 faces triangulares).

Teoricamente, a esfera seria o Sexto Sólido perfeito derivado da revolução final do Cubo de Metatron, com INFINITAS faces de tamanho zero, derivadas da revolução daquela geometria.

Seis outra vez no símbolo da perfeição cósmica e da resolução final da Criação num modelo geométrico: A Esfera! E as pirâmides, seções dos sólidos perfeitos, participam dessa mística dentro da Geometria sagrada, imbuída de seus poderes especiais derivados assim dos segredos da Chave do Universo, a matriz geométrica original, o Cubo de Metatron.

O Cubo de Metatron se torna Esfera no Sexto Dia, quando a Criação se completa. E cada um dos cinco sólidos anteriores representa um Dia/Estágio cósmico da Criação, o que significa que, na verdade, o Cubo de Metatron projeta SEIS SÓLIDOS PERFEITOS, com a esfera representando o Sexto Sólido, sólido que tem um número infinito de lados tamanho zero, hipoteticamente falando, imagem perfeita para representar o homem criado no sexto dia, a meio caminho entre o macrocosmo (infinito) e o microcosmo (zero)!

O Sexto Dia, quando a Criação está completa, e quando a obra mais perfeita do Cosmos (representada pela esfera), que é a expressão humana, carnal e consciente do espírito na matéria, que se levanta e se apresenta para sua obra, permitindo que Deus descanse no dia seguinte, o Sétimo – a Pausa.

A Esfera também representa o TODO, a Criação total e completa do Universo em evolução dentro de seis eras cósmicas. Essa é a visão dos cinco sólidos perfeitos na Música das Esferas planetárias que Kepler não soube construir, a partir dos dados da sabedoria pitagórica.

Segundo Platão, cada sólido perfeito era representado por um elemento, que eram cinco.

TETRAEDRO (4 FACES triangulares) = fogo
HEXAEDRO (ou Cubo, 6 FACES quadradas) = terra
OCTAEDRO (8 FACES triangulares) = ar
DODECAEDRO (12 FACES pentagonais) = ÉTER
ICOSAEDRO (20 FACES triangulares) = água

O PRIMEIRO DIA DA CRIAÇÃO
Equivale ao Tetraedro, elemento fogo. A geração do fogo-luz, o FIAT LUX do primeiro instante, a semente cósmica da Criação.A Base de tudo. Luz e Trevas, o início da Grande Lei da Dualidade.

O SEGUNDO DIA DA CRIAÇÃO
Equivale ao elemento água e ao Icosaedro.. Águas superiores e Águas inferiores, a distinção entre as dimensões superiores e as dimensões inferiores. Energia e matéria, geração das grandes massas cósmicas e das primeiras partículas fundamentais. A síntese atômica, conceito da evolução mineral.

O TERCEIRO DIA DA CRIAÇÃO
Equivale ao elemento terra e ao Hexaedro (ou Cubo).
Mar e terra firme foram criados nesse dia, a partir das águas inferiores (matéria densa, dimensões inferiores, mundos planetários) quando entrou em cena a evolução vegetal (erva verde, árvores frutíferas, sementes).

O QUARTO DIA DA CRIAÇÃO
Complemento do anterior, equivale ao elemento ÉTER e ao Dodecaedro, porque nele se desenvolvem os grandes astros, estrelas e luminares, a partir das águas superiores (matéria sutil, plasma, base da geração estelar).
Dodecaedro, Pentagrama, número Phi, Música das Esferas.

o QUINTO DIA DA CRIAÇÃO
Elemento ar e o Octaedro. As primeiras formas Animais (Alma, sôpro) foram criadas aqui, começando pela vida marinha e as aves do céu. Os modelos evolucionistas dizem que a vida realmente começou no mar, o que concorda com os dizeres do Quinto Dia. Já as aves aqui podem ter outro contexto… Anjos! De qualquer forma, o elemento ar está exaltado no Quinto Dia. Evolução animal, anima, animus, alma que ganha corpo, forma, movimento.

O SEXTO DIA DA CRIAÇÃO
Finalmente, a última porção de Natureza a ser coberta por animais: a terra firme, com quadrúpedes, répteis, aves e toda casta que foi completada, em evolução animal, pela criação de Adão. A Esfera é o sólido perfeito que representa o sexto e último estágio da criação evolucionária que se completou no animal racional, aquele que teve auto-consciência e inteligência criadora, à semelhança do Espírito que o criou e então, mirou-se no espelho chamado HOMEM. E o sexto elemento, equivalente à Esfera e que cobriu o éter das estrelas se chama
PENSAMENTO!

Observação: Seis Dias da Criação naturalmente não equivalem ao dia de 24 horas, mas Dias de Deus, ou Eras cósmicas. Até porque nem Terra girando ainda existia no começo de tudo… donde vem nosso conceito de dia de 24 horas!

 

JP em 24.11.2019

Comentários