Templates by BIGtheme NET

O Segredo do Santo Oito – Parte II

COSMOLOGIA

Sim, faixa ou LAÇO, o Laço que envolve tudo, amarra tudo, mais poderosamente que o aço mais poderoso da Terra, ligando todas as partes do Todo entre si.

Estrelas de Oito raios representavam o Oitavo céu, dimensão do vasto Universo concebido como  Grandes Rodas que giravam tudo nesse laço e, com seu movimento, geravam luz e vida nas esferas abaixo. OITO é a roda atemporal que inventa os tempos fechados nestas mesmas esferas inferiores, Sete abaixo dela.

Dante Alighieri, em seu magnífico Poema (A Divina Comédia) viu o céu e o Inferno na mesma estrutura, ou seja, oito círculos cercando o núcleo, a nona esfera).

 

Na antiguidade, o céu era representado com nove camadas, ou mais precisamente, oito níveis ao redor do centro, o Empíreo, Fonte e Núcleo da Emanação Divina Primordial, o Trono do Pai, e o Oitavo céu ficava logo abaixo, sob seus pés, como um imenso livro de safira azul celestial com as estrelas escrevendo suas sagradas leis em letras de ouro-luz na eternidade, e esse Livro girava como uma infinita roda de luz empurrando as esferas abaixo, produzindo vida e consciência e regulando o movimento das estrelas e galáxias (lembrando que a palavra Safira, no hebraico, é derivada da palavra Sefer, LIVRO, e ela vale (SFIR) 350, que soma OITO (3+5)! Livro das Luzes, o Zodíaco do Anjo Primordial, Uriel, preposto a todas as estrelas do céu e seus Anjos (Livro de Enoque).

 

Segundo o Livro de Enoque, o Arcanjo Uriel era o supremo guardião das estrelas (o Regente do Oitavo céu, e seu Nome Divino significa LUZ de DEUS), porque foi o Primeiro Anjo Criado, e cada uma das estrelas era o templo de um Anjo regente, aos quais ele comandava pelo Nome, e o Zodíaco, a imensa Roda dos Astros, era a imagem mais avançada da cosmologia antiga dessa Cadeia Dupla atuando nos níveis mais distantes do Infinito Macrocosmos das estrelas e galáxias iluminadas, que brilhavam porque giravam em “PERPETUUM MOBILE” (Movimento perpétuo).

Não é por acaso que o dia 8.8.2018 (ou oito de agosto dos anos) encontra o Signo de Leão em sua marcha zodiacal, sendo Leão um dos símbolos do Arcanjo Uriel e do próprio Ser Cristo. Leão é a Justiça, Libra é a Lei. E Virgem, a Mulher que segura a Espada da Justiça (rugido do leão = a Palavra Divina) e a Balança da Lei (a medida do Infinito), e Virgem é o signo entre Leão e Libra!  A Balança determina (Lei) e a Espada executa (Justiça).

Arcano 8 do Taro, atuando entre Agosto, Setembro e Outubro dos anos!

É uma época em que a humanidade sempre recebe acertos de contas com a Lei Maior do Universo,  tanto no sentido positivo como no sentido negativo da Lei de Causa e Efeito.

Simbolicamente, Oito é o signo de Libra, a Balança, mas Escorpião é o oitavo signo, porque tudo o que é oculto, misterioso e transformador (Alquimia) se encontra nele. Ele contém os segredos da Serpente Kundalini que ascende pelo caduceu interno dos nervos da coluna vertebral, e a porta da morte que se abre para a Imortalidade acontece nesse signo OITAVO!

Comentários