Templates by BIGtheme NET

O retorno de Pahana, o Irmão das estrelas

Mas a lenda de Pahana, o Irmão Branco Perdido dos Hopi, é a mais conhecida e fala do retorno desse Irmão quando o mundo estiver perto do fim, o que estaria muito próximo de acontecer, assim como afirmam as profecias Maia, Egípcia e de Nostradamus.

Pahana deve retornar do Leste e dar aos Hopi a peça faltante em sua tábua sagrada para confirmar sua identidade e assim iniciar uma era de transformações onde o mal será erradicado da Terra para que o Quinto Mundo possa ser estabelecido.

Assim como os Astecas, os Hopi pensaram que os conquistadores europeus eram Pahana, mas foram mais espertos que seus irmãos da América Central e aplicaram-lhes testes para reconhecer sua divindade. Como falharam, os europeus foram expulsos das terras Hopi, antes que conseguissem exterminar a tribo.

 

 

As profecias Hopi só se tornaram conhecidas a partir de 1958, quando o padre David Young, ofereceu carona a um velho índio, enquanto esse viajava pelo Arizona. O índio se apresentou como sendo “Pena Branca”, um velho Hopi do clã Urso. Em seguida o velho índio contou ao padre o seguinte:

“(…) Segui pelas trilhas sagradas do meu povo, viajei muito absorvendo a sabedoria desta terra. Estive nos lagos do Leste, no gelo e nas longas noites do Norte, visitei os sagrados altares de pedra deixados pelos ancestrais dos meus irmãos do Sul. De todos estes escutei as profecias do passado, mas muitas delas viraram apenas histórias e poucas restam a acontecer – o passado se torna longo e o futuro se torna curto. (…) E agora Pena Branca está morrendo, assim como as profecias. Meu povo já não se importa mais com os velhos ritos”.

Logo depois, Pena Branca passou a enumerar as profecias que antecederiam a vinda de Pahana e mesmo coisas que acontecerão após sua chegada. Algumas delas são:

“Virá o Homem Branco que será confundido como nosso Irmão Branco das Estrelas. Mas estes não trarão paz e nos tomarão a terra nos fazendo silenciar com trovões ensurdecedores. A Terra verá a chegada de rodas cheias de vozes e bestas chifrudas tomarão os domínios Hopi”

“Depois Pahana retornará e trará o amanhecer do Quinto Mundo. Ele plantará sementes de sabedoria no coração das pessoas. Mesmo agora, antes de sua chegada, elas estão sendo plantadas. Pahana vai chegar logo depois da dança do Saquasohuh Kachina e todos saberão disso quando ela retirar sua máscara”.

No fim, ele volta a afirmar que Pahana só virá depois da dança (passagem) da Estrela Azul com o Sol e a retirada de sua máscara (ficar visível a olho nu da Terra).

***************************************************

O Pahana hopi é o mesmo Messias bíblico, e o mesmo Maitreya e Kalki Avatar da Escatologia Hindu. Diferentes nomes para a mesma entidade que retornaria ao final, quando os oito sinais posteriores o demonstrassem. Porque o primeiro sinal dos tempos está na chegada de Pahana, a qual eu associo fortemente ao fenômeno crop circle, como uma espécie de telegrama com assinatura pessoal do mesmo, e seus assistentes.

Pahana no Cavalo Branco?
Inúmeros crops circles, desde o começo das temporadas, aparecem junto dos monumentos White Horse da Inglaterra, ou Cavalo Branco… ! Lembrando o Rei dos reis em seu cavalo branco, conforme o Apocalipse 19, e que KALKI AVATAR significa MENSAGEIRO DO CAVALO!

O Pahana está por trás de todas estas assinaturas crop circle, muitas delas identificando o famoso Quetzalcoatl-Kukulcan, ou Pássaro-Serpente, ou Serpente alada dos mitos indígenas de retorno do grande irmão branco das estrelas e sua comitiva de Anjos.

E o ano de 2012, ano do cumprimento do Ciclo do Quinto Sol anunciado pelo Calendário maia, explodiu em crops circles estilo Serpente Alada nos campos ingleses, prenúncio do retorno de Pahana!

Crop circle 05.07.2012, o verme e o Wormhole (buraco de Minhoca)

 

Serpente alada cosmogônica de 25.06.2012 UK

 

Serpente alada cosmogônica de 09.07.2012 UK

 

Serpente Alfa-Ômega de 14.08.2012, finalizando o Ciclo completo.

 

Três serpentes aladas cosmogônicas de 09.06.2012 UK

 

Crop circle face ET no campo aberto da estrela, em 20.08.2012 UK

A antiga serpente do Éden, no começo, foi amiga e instrutora dos homens, mas outra serpente, o Anjo caído, se misturou nas doutrinas com falsos conselhos, e seduziu a humanidade para a via carnal, que conflitua com a via espiritual.

O prazer divino nada tem a ver com o prazer carnal. Não podemos nos esquecer que o corpo passa, e tudo o que lhe pertence, mas o espírito é o que prossegue. Temos que aprender a buscar a estrada que nos leva ao resgate do prazer divino, que vem de uma misteriosa e desconhecida energia do coração que nada tem a ver com sexo, ou com os brindes ilusórios dos cinco sentidos. É o prazer original do Amor vibrando no coração, a experiência direta de Deus dentro e ao redor. Essa é a lição que Pahana tem para nós.

Estas são as quatro tábuas que Pahana deixou aos Hopis no passado, no sentido esquerda-direita e cima-baixo.

Parece que falam sobre os quatro mundos anteriores ao nosso. E agora chega o quinto mundo, este que Pahana vai ajudar a resgatar, tal qual o Quetzalcoatl asteca ou Kukulcan maia.

Quatro Tábuas

A primeira tábua fala do primeiro mundo.
A criação. Homens e mulheres, corpos físicos sendo plasmados. O Gênesis de Adão e Eva.
No verso, símbolos que parecem determinar as origens estelares dos seres que nos criaram, co-criadores de Jeová, o Senhor dos Espíritos.
Vemos estrelas, símbolos parecidos ao Yang-Yin, seres, pegadas de Urso (o ancestral animal) etc.

A segunda tábua parece associada a algum mito sobre o Urso. A trilha do Urso sobre a Terra, provavelmente alguma deidade que este animal representava para os índios.

A terceira tábua parece mostrar a evolução dos seres (Lemúria, terceira raça, homem e mulher criados) a partir dos gêmeos vegetais e animais. O ciclo da natureza, a evolução mineral, vegetal, animal e humana.

A quarta tábua: a nossa raça atual.
Sinais aparecem no céu: espirais, estrelas e sóis. Estes sinais realmente tem aparecido em nossos céus ultimamente.
Mas esta tábua está faltando um pedaço. Diz o mito que Pahana levou o pedaço e a informação faltante consigo, e quando retornar, trará de volta, com a informação total.
A forma da letra V aparece em ambas as tábuas.
Pahana, irmão branco de Vênus.

Isso me faz lembrar Valiant Thor, anunciado capitão e líder venusiano diante o Pentágono americano, que foi ungido para este cargo e missão pelo próprio Jesus Cristo em pessoa!

Esta quarta e última tábua é a que anuncia o retorno de Pahana, e seus sinais anunciadores. Em alguns deles, podemos até identificar crops circles, faz parte de todo o “pacote”

 

Outra tábua dos Hopis.
O encontro do irmão branco das estrelas com os irmãos da terra.
A arca de Noé, o par de aves, os pares salvos, os peixes, sapos, pirâmides… e uma nave no céu!
Pahana e o irmão índio, serpentes nas quatro direções, os quatro espíritos da Terra, os quatro Bacabs, os quatro ventos, os quatro Anjos.
E a Teia do Destino no centro…. Curiosamente, em 1994, apareceu um crop circle chamado A TEIA.

Crop circle A TEIA, em 10.08.1994, UK

Na mitologia hopi, a mãe-aranha é a construtora do destino com os fios do tempo… e em 2009, ano profético crop circle, o crop circle Aranha realmente apareceu…

Cada vez mais estou convencido de que o irmão Pahana assina todas estas mensagens ao mundo, e a principal declaração é que ele retorna.

Então, juntando aos nove sinais dos índios Hopi referentes ao fim do Quinto Sol e retorno de Pahana, temos que ajuntar o décimo sinal, talvez o mais importante de todos, e o décimo Sinal se chama CROPS CIRCLES.

Porque, como Pena Branca disse:
“Depois Pahana retornará e trará o amanhecer do Quinto Mundo. Ele plantará sementes de sabedoria no coração das pessoas. Mesmo agora, antes de sua chegada, elas estão sendo plantadas. Pahana vai chegar logo depois da dança do Saquasohuh Kachina e todos saberão disso quando ela retirar sua máscara”.

A sabedoria de Pahana está sendo divulgada nos campos de todo o mundo, por quase 30 anos, desde 1990, MESMO ANTES DE SUA CHEGADA! Como se os crops circles fossem telegramas de anúncio, um programa de preparação da humanidade.  E quando a estrela azul dançar no espaço, Pahana retirará sua máscara e o mundo conhecerá sua identidade.

Valiant Thor, o líder de Vênus encarnado em nosso tempo.

Crop circle A Face do Pahana, em 05.07.2009, UK

Veja também:

Crops Circles Valiant Thor em 2009

Valiant Thor, o Príncipe de Vênus, por trás dos crops circles?

 

JP em 18.03.2019

Comentários