O Realinhamento Vital

Este fenômeno acontece em função da existência de dois veículos básicos de energia vital que possuímos, o corpo físico (denso) e o corpo etérico (sutil).
Esse corpo etérico é captado na forma da Aura brilhante que a fotografia Kirlian registra.

Esse corpo etérico é, na verdade, a condensação de toda a energia vital circulante que vibra dentro de nosso corpo físico denso, e tem particular relação com o sangue em constante circulação.

É o sangue que, então, projeta a principal parte desse corpo etérico, e também o somatório de todas as células vibrando individualmente, numa grade total.

Em termos reais, podemos percebê-lo quando realizamos práticas que exigem imobilidade corporal e relaxamento.
Porque, conforme o nosso corpo vai ficando imóvel, num estado de relaxamento perfeito, as partes daqueles dois corpos vão se realinhando, porque, durante o dia, nos movimentamos o tempo todo, e gastamos muita energia, o que significa que estes dois corpos estarão desalinhados (mas nunca separados, o que significaria a nossa morte).

Mas numa boa prática, o corpo etérico se alinha perfeitamente com o corpo físico, em cada célula sua, que assim, aumenta sua vibração interior – e o primeiro sinal disso é aquele calor ou formigamento que costumamos sentir em práticas de profundo relaxamento, sempre acompanhadas de controle respiratório.

Na verdade, esse corpo etérico é a organização de todas as energias vitais geradas e processadas pelo corpo físico, sangue, metabolismo, coração, pulmões, etc. O corpo etérico reúne e organiza essas energias num fundo vital que se torna o nosso combustível vital.

Desnecessário tentar demonstrar que a prática diária de realinhamento vital já apresenta um valor terapêutico na cura de doenças e prevenção de outras, além de bem estar e reequilíbrio geral.

Mas a chave vai além.
Todas as noites, é sabido que a nossa alma precisa ser projetada para fora do corpo físico, para que o instinto regulador do Sono efetue a reposição física e mental necessárias para que recomecemos no dia seguinte um novo ciclo de atividades.

Assim, o instinto regulador do Sono precisa daquela imobilidade corporal para aplicar essa migração da alma para o outro plano, e ele usa as mesmas energias do fundo vital do corpo etérico para promover o salto.

O problema é que a grande maioria da humanidade realiza esse salto de forma adormecida e inconsciente.
Mas os sonhos lúcidos, conscientes, e a viagem astral, como a meditação, são técnicas que se apropriam dessa energia vital para realizar saltos conscientes do outro lado da matéria.

Essas práticas apontadas canalizam a energia do corpo vital para realizar saltos de consciência, porque até na esfera psíquica, tudo continua sendo uma questão de matéria, energia e transformação.
Energia não se perde ou se cria, mas sempre se transforma.
E no caso, estamos transformando a energia vital em energia mental, o que demonstra o salto de consciência.
Na teoria, é algo extremamente simples.

É possível que, quando o sono aconteça e a mente adormeça na cama, ainda leve algum tempo para os dois corpos se realinharem perfeitamente, o que significa que os sonhos só começarão do outro lado em nossa mente deslocada após esse realinhamento, porque dele virá a energia da mente em suas atividades extrafísicas.

Mantendo, porém, a vigília durante o realinhamento vital em uma prática bem conduzida, impedindo a ação furtiva do sono, o discípulo captura essa energia gerada no realinhamento para impulsionar o seu veículo mental em fabulosos saltos de consciência.

O tempo para completar o realinhamento vital varia de pessoa para pessoa, e está de acordo com a habilidade e experiência de cada um e capacidade de se concentrar e controlar os instintos básicos, que são a fonte da energia vital no corpo físico.

A vantagem dessa prática é que a mente poderá aprender em seus saltos de consciência do outro lado da matéria enquanto o seu corpo físico é revigorado durante o sono.

Mas por outro lado, tudo o que é exagerado na conduta humana, vícios, explosões de ira, vida promíscua, drogas, bebidas, sedentarismo e todo esse tipo de coisa é o que mais polui e desgasta o corpo vital, prejudicando totalmente o processo noturno do realinhamento e trazendo muitas doenças para a pessoa.

JP em 06.02.2020

Comentários
Compartilhar