Templates by BIGtheme NET

O Nome de Deus YWHW é uma chave para alcançar níveis elevados de consciência

A Cruz, a Roda de quatro Raios, a Merkabá de quatro criaturas, as quatro colunas sustentadoras do Templo, as Pirâmides de base quadrada e vértice apontando ao céu, as quatro letras do Nome de Deus, I.H.V.H. e o supremo segredo do NOME, Ha-Shem, aquele Nome que só o Sumo Sacerdote conhecia e o pronunciava em condições especiais para abrir os portais da matéria, do espaço e do tempo, permitindo que o Esplendor do Espírito em sua Presença se manifestasse no Templo… mistérios esquecidos por esta geração moderna, mas conservados ainda no dourado círculo dos guardiões do Santo Graal e da Pedra-Luz da Verdade ao longo dos séculos e séculos…

 

Muitos outros idiomas além do hebraico conservaram a estrutura “tetragramática” do Nome de Deus: IHVH, DEUS, DEUM, DIOS, DIEU, DEVA, GOTT, TOTH, ALLA, ZEUS, LORD, INTI, AHAU, RAVI, RAMA, etc… o próprio nome JOÃO (o mensageiro de Deus) é composto por quatro letras em muitos idiomas:
JOÃO, JUAN, IVAN, JOHN, JEAN, etc,

O Nome de Jesus, Iéshua, tem conexão com os nomes anteriores de Josué e do profeta Isaías, ambos saídos de um verbo cujo significado é SALVAR, e então, nomes significando Salvadores. E salvação.
Mas no ocultismo, diz-se que o Nome de Jesus é uma derivada direta de IHVH, quando se lhe acrescenta a letra Shin:
I H  ( Sh) V H

O Nome Supremo, IHVH, tem pronúncia desconhecida. É o Nome do Sopro Que invade todos os seres e lhes dá vida, porém, o mesmo Sôpro, quando invade as narinas do homem, além de vida, lhe fornece CONSCIÊNCIA capaz de contemplar o EU SOU em seu coração.

 

João voltará, porque permaneceu esperando o retorno do Mestre, para pronunciar mais uma vez o Nome Santo e abrir a Porta do Éden para todos os seres redimidos e merecedores.

 

A Espada do Verbo rasga a pedra dura da matéria e do sono da alma…


IHVH é o Espírito Santo, o Espírito individual de Deus em ti, em mim, em todos nós.

IHVH é a fração do Infinito no teu Individuo.

IHVH é um Nome sem Nome, é uma Palavra sem Palavra, é a chave do Universo.

IHVH não é Nome para ser pronunciado como qualquer outro nome, porque é o Nome desta fração do Ser Infinito pulsando nas cordas do nosso coração.

IIIIIIIII…………………

I é a vogal suprema, é representada pelo bastão de poder, pela varinha mágica dos magos, pela espada dos cavaleiros, pela régua dos sábios, pela rota dos espíritos e pela reta do círculo em PI.

I é IOD, um super-fonema, o pai de todos os sons. Iod (I) é a semente de todas as vibrações sutis do espírito.

Não confundir com OM, que é uma espécie de som que procura imitar o ronco da Criação.

OM (AUM) é o Nome de Deus entre os hindús, mas num outro contexto… OM procura imitar o ronco dos mundos, o motor secreto dos sóis e das estrelas, é um mantra de afinação e alinhamento com o Universo em expansão, Cosmos em mutação… diferente de I.

Iod (I) é a corda do espírito em ti.

Vibre I em tua mente e em teu coração.

Respire com regularidade nos tempos do Nome: 10-5-6-5… 

Inale em 5 tempos.
Segure em 10 tempos.
Exale em 5 tempos.
Mantenha vazio por 6 tempos.
E recomece.

IHVH é uma tábua de números= 10-5-6-5, e que indica os tempos perfeitos de uma respiração que invoque a presença das presenças dentro de ti: IHVH, o Espírito Santo na linguagem do Velho Testamento.

Você sabia que as proporções numéricas do Nome de Deus são as mesmas encontradas na Arca de Noé e especialmente, na Arca da Aliança?

E que a Arca da Aliança, como objeto de poder da presença divina, nada mais é e representa o teu corpo, quando o Espírito o invade e nele se manifesta?

E o código deixado 10-5-6-5 é a forma de trabalhar com isso?

Não há vogal ou fonema superior a I.

Todas as vogais, letras, fonemas e sons estão dentro dele.

Todas as cordas vibram dentro dele.

Afinal, espírito e respiro são termos sinônimos em diversas linguas antigas…

Alma, Alento… Ar…

Ruach hebreu, Pneuma grego, Atman hindú, são palavras que tanto representam espírito quanto respiração.

E não está escrito? E Deus soprou espírito nas narinas de Adão, o homem de barro, que se tornou criatura vivente…!

Mas o homem respira de forma comum, irregular, entrecortada.
Faça da tua prática um momento para RESPIRAR BEM E EVOCAR O ESPÍRITO NA RESPIRAÇÃO.

Porque esse Espírito não está plenamente dentro de ti… ele apenas exalou uma essência para te animar vida no corpo e consciência racional nos pensamentos.

IHVH não está dentro de ti… ainda… ele circula a tua volta, ele pulsa surdamente no coração, ele ofega na luz que ainda não se instalou definitivamente na tua morada de carne.

Mas a prática respiratória combinada com o mantra I, sim, vai abrir novos portais de percepção em tua mente, em teu coração.

Faça da respiração correta, profunda e contemplativa a tua oração.
Faça da mantralização da super vogal I a tua palavra de poder, que contém todas as palavras.

IIIIIII……………..é a corda tensa de IHVH, que vai atravessar teu ser por inteiro, dos pés a cabeça, e dar um choque de energia em cada célula, órgão, fibra e pensamento.

Então, nesse dia, saberás o significado do bastão de poder e da vara mágica dos magos, dos sábios e dos deuses…

Apenas IHVH nos ventos da tua respiração e no raio da letra I. Iod, Pai do Alfabeto.

Respiração… agora sabes o que significa as duas asas dos anjos… são os dois sopros dos teus pulmões, trazendo Deus para dentro de ti em ato consciente!

A PORTA DA ALMA VIVENTE NO CORPO É A RESPIRAÇÃO COMUM.

A PORTA DO ESPÍRITO CONSCIENTE NO CORPO É A RESPIRAÇÃO TRABALHADA.

Portais são, na verdade, efeitos de percepções alteradas da consciência, e a única forma de alterarmos estas percepções é operando com a energia nervosa do corpo, cujos terminais estão na coluna vertebral, terminal positivo no cóccix e terminal negativo no cérebro, formando um arco de voltagem que permite a circulação elétrica a partir dos íons negativos em movimento no sangue, e estes íons aumentam com a respiração trabalhada.

O cérebro vai se tornando a semelhança de uma bateria elétrica, e quanto mais eletricidade ele acumula, mais poder tem para elevar o nível das percepções, ativando chakras e glândulas relacionadas.
Porque a respiração tem um duplo impacto sobre o corpo: ela aumenta a circulação de íons negativos de oxigênio no sangue, e por efeito carrega com maior quantidade de eletricidade o sistema nervoso e seus neurônios.

O ar da respiração é a sua fonte principal.

E a proporção 10/6 entre sustentar o ar e esvaziar os pulmões é a mesma do famoso NÚMERO ÁUREO DE VÊNUS, ou padrão do Espírito Santo, número da vida, número Fi encontrado na Natureza, nas Galáxias e na proporção humana, em toda parte.

Iod (I) vale 10, e Vav (V) vale 6: tempo de segurar o ar versus tempo de esvaziar os pulmões.

E o duplo He (H-H) tem o mesmo valor, 5, e representa o fluxo de entrada e saída, que deve ser igual na contagem da prática.

A Arca é o Corpo Físico. Os dois querubins na Tampa, o cérebro e seus dois hemisférios que se tocam. E a explosão neurológica acontece durante a prática. Mais sangue carregado de íons negativos advindos de maior quantidade de ar saturado nos pulmões (O2), o que significa mais eletricidade circulando no corpo e no sistema nervoso, central e periférico, e mais, muito mais energia nervosa impregnando o cérebro e sendo trocada entre os dois hemisférios, como os dois querubins que VOCALIZAM sobre a Arca: todo esse conjunto expressa uma chave com explicação neurológica simples para dar base ao fato de que, durante uma boa prática, o que nós buscamos é alterar o padrão da nossa percepção racional, baixo demais para alcançar a Presença IHVH dentro de nós: tudo isso é para fazer com que a nota dessa percepção seja alterada, ascendendo para alcançar o elevado patamar da Presença IHVH: a Arca da Aliança é pura e simples materialização deste segredo antigo…

 

APENAS RESPIRAR É APENAS VIVER… MAS RESPIRAR BEM, TRABALHANDO A RESPIRAÇÃO COM A CONSCIÊNCIA DO ESPÍRITO QUE VIVE E SE MOVE NO VENTO E NO ALENTO, É MAIS DO QUE VIVER, É DESPERTAR O ESPÍRITO DA VIDA NA VIDA…

 

JP em 17.04.2019

Comentários