O Maior Sinal da Presença de Cristo no mundo

Muitos sinais tem aparecido no céu, na Terra, agroglifos, quase todos os dias tem um evento estranho, uma luz diferente, etc.. mas a maioria já diz automaticamente, e sem maiores reflexões, se tratar de Blue Beam, Nasa, etc, como um condicionamento mecânico que DESOBRIGA a pessoa a pensar, a refletir, e a indagar além do senso comum que domina o pensamento massificado.

O Apocalipse 13 fala que a Besta faria prodígios (a saber,tecnológicos) que confundiriam até os escolhidos. Porque se o Pai não revelou nem o dia e nem a hora, ao menos Ele produziu SINAIS EM ABUNDÂNCIA, para que nenhum cristão tombe como órfão na hora negra que chegaria.

Mas a confusão proposital da Besta atirada contra estes sinais celestiais da Chegada de Cristo tem gerado uma confusão total, as vozes ateístas da ciência se multiplicaram no eco dos aparatos tecnológicos, e mesmo os sinais mais espetaculares do céu podem ser atribuídos a isso.

Haveria um SINAL INCONFUNDÍVEL, QUE CARACTERIZA O PRÓPRIO CRISTO EM ESSÊNCIA, A SE MANIFESTAR NO MEIO DESSA BABEL CONFUSA?
Sim… este sinal é a RESSURREIÇÃO.

Comece então cruzando o Apocalipse 12 com João 12.
voce sabia que João, o mesmo escritor dos dois livros, fez um jogo de espelhos entre cada capítulo, e colocou em seus 21 capitulos de Evangelho um código para melhorar a compreensão dos 21 capítulos tão intrincados do Apocalipse?

Por exemplo, se voce ler Apocalipse 11, encontra o episódio da ressurreição das duas testemunhas, certo?
Leia João 11, na íntegra, e confira sobre o que ele relata ali.
A ressurreição de Lázaro, e nenhum outro evangelista deu esse relato, somente ele.
Não é curioso?
Leia Apocalipse 12 e confronte com João 12.
Voce ve uma mulher ungindo os pés do Mestre, e voce vê Judas se opondo a isso. Judas faz o papel do Dragão, e a Mulher, aquela que dá luz a Criança no Apocalipse. Estabeleça o contraste, está tudo revelado nas entrelinhas. E ali, em João 12, LÁZARO vivo aparece como o maior sinal até então da presença do Messias entre os judeus incrédulos, que iam em massa conferir os relatos sobre o grande milagre em Betânia.

Sobre o sinal da ressurreição?
Há um importante e poderoso discurso em João 6.
Leia João 6: existem sinais operados por Jesus ali, muitos deles,
a multiplicação dos peixes e pães, o acalmar da tempestade, o caminhar sobre as águas, enfim.
Mas siga lendo, e repare que os judeus ainda lhe pedem sinais.
Continue a leitura até o fim, e como Jesus se define o PÃO DO CÉU, aquele que dá a Vida eterna… e voce verá que Jesus fala que o maior sinal de sua divindade está no poder de ressuscitar aqueles a quem os Pai elegeu.

Sabe por que este é o sinal supremo?
Nenhum atributo da tecnologia poderá dar vida a alguém que morreu. E não estou falando de processos imediatos de ressuscitação a alguém que, por exemplo, sofreu uma parada cardíaca. Estou falando da ressurreição de pessoas que já morreram há bastante tempo…

se voce reparar na tônica dos evangelhos, a maior dádiva de Jesus é a vida eterna. Todos nós queremos viver para sempre, mas na hora em que a sentença do Gênesis 3 se cumpre, e somos chamados de volta ao pó da Terra, todos nós sentimos a mecânica do tempo inevitavelmente sobre os ombros.
Mas… ressuscitar dentre os mortos?
Não há nada acima disso.

Luzes no céu?
O Senhor sobre uma nuvem?
A tecnologia de nossos dias tem poder de colocar dúvidas a tudo isso (apesar de eu achar que o tal Blue Beam não é tudo isso, é mais um blefe que está condicionando as pessoas para lhes matar a fé nos sinais legítimos) mas ela não tem nenhum poder para argumentar sobre uma pessoa que ressuscitou. Nenhuma tecnologia jamais poderá gerar ou devolver a vida a alguém, a partir do momento em que a vida, como todo o resto, inteligência, consciência e virtude, procedem do espírito divino, e somente dele.

Agora, TIRAR VIDAS, sim, isso a tecnologia nociva faz aos montes, todos os dias… está se tornando sua especialidade, principalmente em questões militares…

Inclusive, no cenário da crucificação, está escrito, no Evangelho de Mateus 27, 52-53 que muitas sepulturas se abriram e mortos ressuscitaram e se apresentaram em Jerusalém, diante das pessoas.
E depois, o próprio Cristo reassume vida no terceiro dia.
Jesus foi crucificado em 33 dC, debaixo de um eclipse lunar poderoso.
Trevas cercaram Israel, a Terra tremeu, etc.

Esse padrão de eclipses se repete neste mês de Agosto, inclusive quanto ao Eclipse solar de 21 de Agosto há uma linha doutrinária que o associa a Trombeta do Anjo do Sol, que vai despertar os vivos e os mortos e conduzir os eleitos do Pai a Grande Reunião, tirados dos quatro cantos da Terra…

A mensagem é essa: o maior poder de Cristo entre nós é a Vida eterna.
A vida que vence a morte.
Máquinas podem fazer shows pirotécnicos no céu para enganar a muitos
Mas dar a vida, nenhuma máquina pode nos dar, já que a vida é dom do Espírito, e só o Espírito pode dá-la a nós, ou tomá-la de nós.
Porque máquina alguma e homem algum deste mundo é capaz de fazer o que Cristo fez, na raridade cósmica do seu amor: subir a Cruz por amor de nós, de todos nós!!!

A Vida eterna é Cristo, e a ressurreição, é a forma de se alcançar essa vida, esse dom de Cristo, já que, fora dele, o que existe é morte e pó, segundo a sentença do Gênesis 3. Mas a condição para a Vida eterna é se tornar como Cristo, filho obediente do Pai e que obedece suas leis… e se sacrificar pelo semelhante, qual Cristo… não basta entrar numa Igreja qualquer, ser batizado e posar diante de uma platéia que se é cristão, dizer meia dúzia de palavras e, lá fora, fora dessa platéia e ritualística pomposa, levar a vida comum, materialista, cheia de erros, de egoísmo, jamais ajudando quem quer que seja, fazendo só para si e os seus, enfim… não é esse e jamais foi o modelo CRISTÃO que o mestre desejou que seguíssemos… o modelo que só funciona dentro de Igrejas e para os OUTROS VEREM… porque Deus sonda o coração.

Morrer em Cristo é a única forma de se RESSUSCITAR EM CRISTO.

E que ninguém se engane nesse ponto, julgando que será automaticamente arrebatado só porque é cristão de Igreja X ou Y… muitos arrebatados sequer entraram numa Igreja, mas praticam uma bondade natural em seu coração puro. É só ler Apocalipse 14 e ali se terá um perfil dos arrebatados de Cristo, destinados a Ressurreição e a Vida Eterna, sem máquinas, sem tecnologia, nada a ver com sociedades futuristas… mais a ver com campos verdes, animais pacificados, pomares abundantes e o espírito divino explodindo seu poder, saber e amor sobre seus filhos reunidos na verdadeira Igreja que existe, a Reunião do AMOR…

JP em 08.05.2020

Comentários
Compartilhar