Templates by BIGtheme NET

O Hipercubo e o Portal das Estrelas

 

 

 

O que percebemos na terceira dimensão são apenas projeções ou sombras de formas mais complexas da quarta dimensão, e se a quarta dimensão é o TEMPO, como demonstrou a Física, isso explica as distorções temporais conforme nos movemos pelas dimensões através da ponte dos mundos chamada Quarta Dimensão.

A Quarta Dimensão, portanto, é a PONTE da nossa consciência entre a terceira e a quinta dimensão (e dimensões superiores). Ela cumpre um papel fundamental no Universo, o papel de ponte de acesso aos mundos distantes, por exemplo, via Stargates e Wormholes dentro do efeito de dobradura do espaço-tempo.

Veja o exemplo da projeção do Hipercubo (o Cubo projetado na Quarta dimensão).
O que você está vendo é o Octógono Estrela, justamente a Estrela que os antigos sábios representavam nos domínios mais elevados do mundo celestial. Esta simples manobra geométrica com o Hipercubo e sua projeção Estrelada demonstra a relação entre as pontes dimensionais da quarta dimensão e o acesso aos mundos distantes e estrelas, por mais afastadas que estejam. O veículo dos deuses eram pontes de acesso na Quarta Dimensão.

Por isso, a própria Pirâmide de Quéops, vista do Alto, tem a planificação de um leve octógono.
Ou seja, o que a ciência moderna ainda ignora, os sábios do passado já conheciam e utilizavam em suas viagens ascensionais, de corpo, de alma e de UFOs saltando espaços atá chegar nas estrelas e galáxias mais afastadas!

O controle do Hiperespaço (Quarta Dimensão) é a grande chave de acesso e movimento pleno no Universo, que comporta rodovias como um queijo suiço, espaço todo “furado”, e todos os pontos interconectados. Todas as estrelas e sistemas do Espaço-Tempo se encontram separadas pela terceira dimensão, porém interconectadas pela quarta dimensão, e a quarta dimensão é a ponte de acesso a todas as dimensões daí para cima!

 

 

 

A Torre dos Deuses

Outra manobra geométrica e matemática simples nos leva a antiga definição do Arcano 16 do Taro, dentro do mesmo contexto do Hipercubo e o Portal das estrelas.

Desenhando um Cubo na base, e sobre ele colocando uma pirâmide, e sobre a pirâmide, a esfera.

O Cubo tem doze arestas, enquanto a pirâmide tem oito arestas. Mas como a pirâmide e o cubo compartilham quatro arestas na face que compartilham, isso reduz a soma para doze mais quatro que são dezesseis (16) arestas.
O número do Arcano da Torre de Deus, proibida aos homens (porque os homens não estavam prontos para isso).
Esse é o motivo desse arcano ser representando por uma torre fulminada por um raio (o raio de Zeus) e de lá de cima, despencam dois homens.

A analogia com a Torre de Babel é sugestiva.

Se o Cubo representa a Terra (mundo tridimensional, a base) e a Esfera representa o céu, mundo estrelado (e os antigos edifícios cúbicos na base com cúpulas circulares (calotas esféricas) no topo ilustram exatamente esse modelo, a pirâmide é a ponte de acesso (novamente, quarta dimensão).

 

 

Por definição, um círculo é um polígono de infinitas arestas, da mesma forma que uma esfera é um poliedro de infinitos lados. O conceito de INFINITO se aplica a esfera no topo. Ou seja, a limitada zona tridimensional (Cubo) pode alcançar a ilimitada região do Infinito (Esfera) através da Torre, da Pirâmide, da ponte da quarta dimensão.

O Arcano e segredo dos deuses proibido para os humanos… despreparados para tanta ciência.
Porque, com toda certeza, levariam todas as torpezas, guerras e cobiças que praticam na Terra (Cubo) para os mundos estrelados, se Deus permitisse sua subida até lá.

Em vão tentam os homens modernos, repletos de cobiça e ganância, voar até as estrelas.
Sempre despencarão das alturas, como Ícaro.
Somente homens que se fizeram iguais aos Santos do Universo é que merecem asas…

JP em 10.11.2019

********************************************************

Comentários