Templates by BIGtheme NET

O estranho código setenário de 2009 e as relações com Iniciação, espiritualidade, renascimento e Apocalipse

Crop circle 29.07.2009 UK

(Série crops circles proféticos 2009)

Dentro dessa vasta temporada de 2009, apareceu uma série de imagens exibindo padrões incomuns de geometria setenária (base do Heptágono) para enviar mensagens. Normalmente, associações com a vida e a espiritualidade são feitas com geometria de base hexagonal, e essas formações de heptágonos nos revelam claramente a relação com os mistérios herméticos da Iniciação, o código setenário dos sete chakras e das sete iniciações antigas que todo discípulo precisava concluir para renascer espiritualmente.

 

O código setenário aparece fartamente no Apocalipse, na ação dos sete Anjos (sete estrelas na Mão direita de Deus) como ilustração do poder ativo e transformador do Espírito Santo sobre o planeta, em suas mensagens de advertência (7 Igrejas) seguidas então pela abertura dos sete selos, que são seguidos pelas sete trombetas e sete taças, completando a alquimia planetária de transformação, morte e renascimento de uma nova Era, o Reino de Deus.

A mesma notação setenária do início *(Gênesis, 7 dias da Criação) se repete no fim *(Apocalipse, 7 Anjos e a operação de dissolução da humanidade e as catástrofes purificadoras e recicladoras do Futuro Mundo).

Vida, morte e renascimentos na Partitura do SETE!

 

Crop circle 02.06.2009 UK

O primeiro crop circle a aparecer com um código de célula heptagonal surgiu no dia 2 de Junho daquele ano.

Dentro desta célula-7 vemos um incomum vórtice ou sistema de vórtices igualmente setenários, como que processando transformações no sistema que, então, segundo o código sete, se completaria em sete estágios, conforme modelos dos sete estágios da Alquimia, ou o número sete como fundamento da própria Criação em sete dias cósmicos, e o período da vida marcado em sete fases, desde o nascimento até a morte.
Os sete planetas fundamentais da Astrologia operando nos Sete Anjos, da Lua a Saturno.

 

No canto esquerdo superior, notamos uma progressão de círculos que se completam em sete estágios, antes de se tornarem um OVO no estágio Oito.

Ou uma face alienígena estilizada?
Relações com híbridos, iniciados e filhos de Deus na Terra comungando forças com os seres mensageiros das estrelas?

Isso faz sentido porque tivemos várias faces alienígenas em 2009, e algumas associadas a mecanismos de hibridação, macho e fêmea combinados e outras alquimias simbólicas.

Crop circle 20.06.2009 UK

Face Alien no crop circle da Andorinha de 27.06.2009

Outra Face Alien no crop circle da Andorinha de 27.06.2009

Então, esse código do renascimento sob modelos setenários, além de procedimentos iniciáticos, pode se relacionar com interações genéticas entre humanos eleitos e alienígenas de castas superiores, como os venusianos e sirianos profundamente envolvidos nas mensagens crop circle!

A saber, o número de ordem do planeta Vênus na Cabala é sete (7)… híbridos humanos e venusianos nas origens da nossa história secreta, ariana-venusiana.

Crop circle da Andorinha, de 27.06.2009, e suas duas faces Aliens, combinadas a modelos alquimicos dos sexos unificados no andrógimo

 

Voltando ao crop circle citado, vemos nele um duplo vórtice de sete e sete agulhas, que lembram faces estilizadas de águias, giram dentro desta célula, e a compreensão deste simbolismo é profundamente hermética.

No Taro, Sete mais Sete, Quatorze, formam justamente o Arcano da Temperança, quando um Anjo andrógino *Querubim combina em duas taças, de ouro e prata, um líquido que ele mistura muito. O Yang-Yin em suas analogias com a Alquimia Sol-Lua, ou Enxofre e Mercúrio, Fogo e Água etc, em todas as suas sete fases.

Em cada ponta do Hexágono, temos sete círculos num arranjo triangular, outro setenário exposto, que somam então 7×7 = 49, outro número de forte característica iniciática, já a partir do famoso crop-portal Última Ceia e a explosão de setenários na cena, que não existem na pintura de Leonardo:

Crop circle portal de 28.06.2007 UK

 

Crop circle  em 01.07.2009

Outro crop circle de célula vital setenária muito importante!

Um fantástico diagrama de um estado de vida em geração na fonte espiritual (relacionada ao número sete), porque nesta célula, vemos 14 pares de embriões unidos pela cauda (raiz) e apenas em um dos pares (assinalado) vemos um terceiro elemento sendo gerado: o elemento vital relacionado às polaridades celulares, sexuais, energéticas e espirituais, a Lei do Binário Universal!

As origens da Vida na raiz do espírito, e suas relações de hibridismo com vidas alienígenas, a temporada de 2009 pareceu uma abertura dos registros das nossas origens, bem como um livro do nosso destino.

 

Crop circle primeira fase em 15.06.2009 UK. Note que o modelo de célula setenária de vida, energia e consciência num processo de evolução e desenvolvimento acontece, e este modelo foi o primeiro da temporada 2009, em três sessões: 15.6, 17.6 e 19.6.2009.

Linhas que se cruzam dentro da célula sem uma definição, apenas querendo representar um status de caos primordial do qual surge a vida (e a própria massa de espermatozóides em agitação na fecundação do óvulo é uma visão celular caótica que se exemplifica aqui).

Segunda fase: célula com cauda anexada

Alguns interpretaram aqui, apropriadamente, a fecundação do óvulo pelo espermatozoide, sem explicar, no entanto, a estrutura setenária deste óvulo. E bem sabemos que o feto humano, em sete meses de gestação, já está formado, o que complementa as interpretações destes crops circles embrionários.

A cauda marca um selo de dualidade operante, porque ela tem dois núcleos na parte de cima que parecem se fundir na entrada da célula sete. O número mestre da Cabala, 72, é formado aqui, de modo a confirmar a gênese espiritual de toda a vida em sua raiz.

Terceira fase da célula setenária

 

 

A formação está completa na terceira fase. E laterais foram colocadas junto da cauda central, cada qual com idênticos seis círculos em progressão crescente, mergulhando no interior da célula sete no sétimo estágio! As sete fases da operação alquímica do espírito em toda forma material se completa, cujo ápice do fenômeno de ordem cósmica se chama VIDA, e evolui para a Vida consciente!

 

Inclusive essas linhas ou cordas se cruzando no núcleo da célula sete nos levam a analogia direta com a escala musical fundamental de sete tons, e numa analogia indireta, com a Teoria das Cordas na origem de tudo!

E as células setenárias e estruturas setenárias continuaram suas mensagens em 2009:

E falando em Cordas e Música… esse aqui apareceu logo no começo da temporada, em 25 de Maio:

Crop circle 25.05.2009 UK

Uma fantástica formação que combina Yang-Yin e simbologia musical! Sete notas fundamentais em duas polaridades de energia, outra vez voltamos ao Número-Mestre da ciência cabalística, 72, e a relação trigonométrica com o Pentagrama e os senos, cossenos e derivadas que chegam no padrão Phi, número áureo 1.618!

Note que, do centro, lembrando um Olho (O Espírito Unidade Original) saltam cordas, sete cordas dos dois lados, terminando em modelos Yang-Yin similares e novamente progressões de seis círculos terminando no sétimo, dando a ideía de estágio completo.

Códigos de uma magna ciência, perdida ciência, que relaciona toda matéria e energia, e forma criada no Universo, inclusive formas de vida, e vida inteligente, a padrões harmônicos vibrando nos núcleos-raiz da consciência e mente que toda forma abriga, galáxias, estrelas, sóis, planetas, seres, humanos e aliens, nossa herança partilhada comum dos acordes do Criador!

Crop circle 19.07.2009 UK

Um modelo similar, mostra uma senóide interna com sete círculos, e duas marcações internas em forma gráfica de número 7, e somando o número 14, recai sobre os argumentos relacionados ao Arcano 14 anteriormente descritos para outras formações.

A letra Z pode ser sugerida também, porque, no alfabeto hebraico, onde a Cabala se sustenta, Z = 7.

O crop circle Trilobita

Crop circle 29.07.2009 UK

 

Além das relações com fases de eclipses solares, alinhamentos e asteroides em queda, perturbação gravitacional do Sistema Solar em função do Segundo Sol em aproximação, etc etc, partindo para o lado orgânico da interpretação destas imagens, eu chamei este objeto, na época, de o Crop Circle Trilobita!

 

Os trilobitas eram artrópodescaracterísticos do Paleozoico, conhecidos apenas do registro fóssil. O grupo, classificado na classe Trilobita da sub-classe Trilobitomorpha, é exclusivo de ambientes marinhos.

Os trilobitas possuíam um exoesqueleto de natureza quitinosa que, na zona dorsal, era impregnado de carbonato de cálcio, o que lhes permitiu deixar abundantes fósseis. Seu nome (trilobita) é devido a presença de três lobos que podem ser visualizados (na maior parte dos casos) em sua região dorsal (um central e dois laterais).

Os trilobitas eram, em sua maioria, animais marinhos bentônicos, que viviam junto do fundo em profundidades variáveis entre os 300 metros e zonas pouco profundas, perto da costa, contudo, havia também formas planctônicas. Sua alimentação poderia ser detritívora, filtradora ou carnívora (predadora ou carniceira).

Os trilobites existiram do Cambriano até ao Permiano. No Cambriano, ocuparam o topo da cadeia alimentar.

O seu sentido da visão era extremamente apurado e foram os primeiros animais a desenvolver olhos complexos. Havia dois tipos principais de olhos de Trilobitas, cada um composto por lentes frágeis que eram formadas por cristais de calcita; muitos tinham olhos holocroidais, similares aos compostos dos insetos de hoje; estes olhos formavam imagens difusas de qualquer coisa em movimento. Já alguns trilobitas possuíam olhos esquizocroidais, que tinham lentes amplas e arredondadas, estes sim produziam imagens muito bem definidas de coisas e objetos.

(Wikipédia)

Uma referência direta às origens da vida na Terra neste, e em todos os outros crops circles do gênero, insistindo na Biogênese Espiritual do nosso mundo, culminando no ser-setenário consciente chamado HOMEM!

Agora, compare essa imagem de um trilobita fóssil…

 

… com este crop circle no terceiro estágio (mencionado acima):

 

Resta ainda alguma dúvida acerca da mensagem crop circle 2009 em suas formas vivas, setenárias e evolutivas em sete fases até alcançar o humano no animal, e o divino no humano?

Apenas completando todo o argumento com um lindo crop circle estilo Flor da Vida, do dia 25 de Maio de 2009, que fala por si mesmo… (apareceu no mesmo dia do crop circle musical das sete cordas e yang-yin (binários), sugerindo os elementos que originaram a vida na raiz do espírito.

 

JP em 09.03.2019

Comentários