Templates by BIGtheme NET

O Caminho do Zodíaco – Áries

 

 

ÁRIES
O INÍCIO DA JORNADA
(Johfra)

A explosão do raio de Marte inicia a jornada das almas nas doze estações zodiacais.

Ferro e fogo em toda parte anunciam o mundo caótico em sua juventude, e nesse cenário é que as almas começaram a ingressar nas evoluções minerais, e vegetais, e animais, empurrando a própria criação com sua presença vivificante na direção do mundo como o conhecemos hoje, o qual está prestes a inverter a curva, na direção da involução.

Vemos um guerreiro em desatino, e ele está prestes a cair: a imagem clara da queda da alma na matéria. Em Áries, tudo é rude, brutal e quente. É o grito que antecede a Palavra criadora, é o caos de fogo e deserto preparando os caminhos do cosmos. Vulcões ao fundo fazem alegoria ao Senhor do Fogo e da Chama primordial da criação.

Vemos a salamandra, símbolo dos elementais do fogo.
Vemos instrumentos de ferro, porque o ferro corresponde ao raio de Marte na alquimia secreta dos sete metais.
Símbolos da guerra, das épicas batalhas entre deuses e demônios no início dos tempos…

Ao fundo, o mago, Arcano 1 do Taro, tenta estabelecer o controle sobre o caos dos elementos e a fúria das energias desatadas. Uma mulher caminha cega com a chama da vida: o ínicio da jornada, Áries representa o começo do aprendizado, quando a alma ainda é cega e inocente, muito ignorante das leis do Universo. Uma expressão de muita força com pouca consciência, e essa medida precisa ser corrigida na balança da evolução pelo ensinamento das experiências.

O carneiro impetuoso atravessa o caminho do guerreiro e o derruba… a plenitude do instinto animal em detrimento da pouca consciência espiritual ainda por aquele sobrepujada… e até esse carneiro impetuoso se tornar um cordeiro manso e dócil nas Mãos do Pai, um longo caminho começa pela frente… o caminho do Auto-Conhecimento!