Templates by BIGtheme NET

FREQUÊNCIAS NO CÓDIGO DA BÍBLIA

Falando em frequências e tudo mais, sempre na busca da ampliação dos poderes da mente.

Entre todos aqueles trabalhos sobre a frequência 432 Hz e a correção das escalas harmônicas da música ocidental, etc e etc (tem muito material na Internet a respeito) para realinhar o corpo e a mente com as verdadeiras e puras vibrações musicais da natureza, bem, existe uma frequência muito importante e singular: 144 Hz.

Essa frequência é muito poderosa, vibra em 144 Hz exatos, número de cifra cabalística altamente presente na Bíblia, especialmente no Apocalipse de São João, onde podemos ler o seguinte:

“E ouvi o número dos selados, e eram CENTO E QUARENTA E QUATRO MIL selados, de todas as tribos dos filhos de Israel.”
(Apocalipse 7: 4)

“E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte Sião, e com ele CENTO E QUARENTA E QUATRO MIL, que em suas testas tinham escrito o nome de seu Pai.” (Apocalipse 14: 1)

“E mediu o seu muro, de CENTO E QUARENTA E QUATRO CÔVADOS, conforme à medida de homem, que é a de um anjo.”
(Apocalipse 21:17)

Reparem a métrica do 7: Apocalipse 7, 14, 21. 

Números dos capítulos múltiplos do SETE, o grande número divino, e sobre o sete é que se escreve a escala harmônica natural. Os sete tons da Criação.

Mas somente nos capítulos 7, 14 e 21 do Apocalipse (1×7, 2×7, 3×7) é que aparece a referência ao número 144, e por declarar: MEDIDA DE ANJO (capítulo 21), quer dizer que se trata de uma tônica especial, de uma frequência relacionada com o campo vibratório dos eleitos de Deus, os selados da Terra. Ou os seres conscientes, que ainda não caíram nas trevas da massificação cultural e do adormecimento hipnótico da era moderna tecnológica. Tem suas mentes livres e lúcidas vibrando em ressonância com a Mente Maior.

Esta será a medida harmônica dos escolhidos, dos eleitos Filhos de Deus na Terra, segundo o Apocalipse, o dobro de 72, número-mestre. Número dos gênios da cabala, ângulo interno do Pentagrama mágico, etc.

A vibração de 144 Hz produz um RÉ puro. Esta também é uma corda secreta, usada pelos antigos para despertar a consciência na forma densa, e os poderes mentais no corpo físico. Cada uma das sete notas tinha uma função. RÉ (144 Hz) tinha relação com a geração de consciência espiritual e entendimento na mente, luz no pensamento. Os números 72 e 144 são obtidos na decodificação angular do Pentagrama, estrela de cinco pontas, símbolo maior das Ordens herméticas, antigas e modernas.

Vale a pena vibrar junto com estes raros e poderosos sons! Uso bastante em certos trabalhos de concentração e sintonia mental com as ondas do Cosmos.

Na verdade, o nosso trabalho como humanos não está em criar nossas próprias vibrações harmônicas,e sim, desacelerar nossas vibrações confusas, densas, materialistas, caóticas, egocêntricas e imperfeitas para permitir que as vibrações do divino em nós se apossem de nosso corpo e mente e nos realinhem perfeitamente. Por isso, a meditação é um ato de esvaziamento de nossa parte, o que permite que o Espírito interno nos encha de energia divina: precisamos somente esvaziar nosso eu, nosso corpo e mente da energia negativa que nós mesmos criamos e lá colocamos, para que o espírito nos transborde de bênçãos e música harmônica inefável!

“O SER é o fundamento imutável de tudo, ventre de onde emerge o mundo. Importa buscá-lo, compreendê-lo, contemplar sua beleza e bondade!”

Em outras palavras, devemos diminuir o nosso eu humano e cultivar o Eu Divino, para que as vibrações Dele, perfeitas, anulem as nossas vibrações, equivocadas. A isso os antigos chamavam de Religião pura, comunhão perfeita, redenção, ressurreição e imortalidade, quando o Divino penetrava no humano, como a luz do Sol entrando nos vitrais do templo que lhe fora preparado,o templo-corpo e o santuário limpo da mente.

O conhecido átomo fundamental do ser, aquele átomo ou núcleo orgânico que nos gerou, ainda dentro do útero materno, é o que carrega a nossa onda particular, nossa frequência fundamental, que brotando do espírito se transfere a nova carne, e mente, comportando todos os nossos valores, muito mais desconhecidos (inconscientes) do que conhecidos (conscientes).

O alvo mais nobre da busca interior é pela posse dessa corda secreta e sagrada, desse OM divino ou Nome da super-existência humana. É a pedra fundamental da edificação do Templo santo, é a base, é o fundamento, é a primeira palavra e som que nos trouxe à existência na aurora do universo, quando as estrelas eram jovens e os anjos cantavam em júbilo,sem espírito de rebelião e individualidade satânica, esta que trouxe ruptura e caos em algumas partes do cosmos.

Este átomo, corda e frequência que vibra no alimento exclusivo de uma força, substância e energia que a animou, bem como a todas as outras: o Amor, o Nome de Deus.

Isso tudo, em termos mais além do campo quântico, aborda a ciência das cordas, dos harmônicos.

O pensamento atrai as coisas por ressonância.

E se existe ressonância entre as partes, é porque vibram constantemente.

Como disse João: No Princípio era a Palavra…

Ah, não disse que eles sabiam de tudo?
Releituras da Ciência do Grande Hermes: TUDO É MENTE, TUDO VIBRA, TUDO FLUI.

Estes três postulados resumem a Verdade Universal.

E estas coisas me trazem a lembrança de que a recorrência não atua somente sobre coisas e eventos negativos. Ela também traz, no bojo do tempo, os tesouros do passado, estes que estão escritos nas pedras e monumentos, pergaminhos e rolos, livros, símbolos e estrelas (signos). Uma recorrência superior é a que promete o retorno da luz.

Porque a consciência também precisa destes retornos e resgates que voce disse para se reedificar, desta vez, não sobre mentiras e enganos, ilusões, mas sobre a verdade dos conhecimentos legítimos do passado, estes que se comprovam no presente e não posso dizer que não são do futuro, porque são eternos.

Todo o Apocalipse está desenvolvido na dinâmica da ação dos Sete Anjos a serviço do Cristo, o Oitavo elemento, o Senhor de Luz no Trono (Merkabá).


Trabalhar com as frequências harmônicas do Universo é o caminho para se reedificar o Templo Interno, morada do Espírito, e a própria Jerusalém Celestial no sentido da EGRÉGORA.
JP em 03.02.2019

Comentários