Templates by BIGtheme NET

Falando com o Universo

 

 

 

 

Extraterrestres não são tão diferentes assim de nós, humanos, que não possuam uma mente aberta e sensível a pensamentos em sintonia e emanações de energia. Não são máquinas, não são seres infinitamente melhores, maiores ou superiores a nós, como prega a cultura popular. Sim, eles têm seu nível superior de tecnologia e civilização, mas o primeiro passo é deixarmos de colocá-los em pedestais tão elevados ao ponto de perdê-los de vista em seu aspecto “humano” sensível e semelhante a nós em muitas coisas, como por exemplo, a forma universal de comunicação, que é a Telepatia, que todos nós fazemos, em maior ou menor grau, mas ainda sem controle, de forma incipiente, passivamente, em todos estes dejavus e sincronicidades da vida.

Extraterrestres não são diferentes de Anjos, de Espíritos e de outros seres com os quais o CONTATO ABERTO é facultado. O Universo é uma REDE MENTAL, começa daí, e na percepção das dimensões, essa REDE MENTAL é o mundo quântico da Quinta Dimensão… sim, se pudermos penetrar na natureza intra-atômica, é ela que, em toda a sua estranheza de câmbio energético, administra toda troca de informação lá no nível quântico da matéria, e esse nível é onde alcança o pensamento. Aqui as duas vertentes se entroncam, mundo mental e mundo quântico, numa única realidade chamada quinta dimensão.

Pois bem, não pensemos em coisas tão complicadas como mensagens de frequência caindo nos
rádio-telescópios ou programas sofisticados de computador em modelos criptografados, coisas assim.

Pensemos nas soluções mais elementares e simples. Pensemos em “pensar” neles… sim, só isso. Quando você pensa intensamente em alguém por algum tempo, esse alguém, se vivo, acaba cruzando com você em seu caminho e, se falecido, acaba aparecendo nos seus sonhos. Por que? Houve uma conexão telepática entre ondas mentais lá na malha quântica da matéria.

Meditar, orar, conversar com os Anjos, com as forças superiores e divinas da Natureza, tudo isso funciona como modelo fácil e simples de comunicação ao qual podemos incluir tranquilamente as inteligências extraterrestres pelo simples fato de que todos eles têm mente sensível e se encaixa em tal ou qual nível de energia dentro daquele Universo Mental. Há quem medite na forma da água, há quem medite na catedral dos cristais, e há quem medite na vida animal ou na realidade das árvores. Fica a dica.

O Universo é um livro aberto, infinitas são suas páginas, e com sua mente, você pode escolher qualquer página para aprender e folhear, e mais, você pode também se tornar uma página desse livro a conter informações que OUTROS lerão sobre ti.

NINGUÉM precisa incorporar em ninguém, por favor! A simples comunicação telepática exclui e até PROÍBE essa forma de contato via Incorporação (possessão voluntária), totalmente condenável a partir do instante em que o CORPO É SANTUÁRIO PESSOAL E INTRANSFERÍVEL DO TEU ESPÍRITO.

Outras energias psíquicas invasoras aí dentro enfiadas irão com certeza destruir lentamente o sistema nervoso, porque são leituras incompatíveis que os neurônios haverão de estranhar, da mesma forma que o sangue e seu sistema de defesa estranha a presença de germes e bactérias vindos do exterior.
A simples telepatia é o canal do contato. Incorporações são POSSESSÕES voluntárias. Seres realmente de luz não usam esse meio para estabelecer conexão. Alguém já teve notícia da Virgem Maria, por exemplo, em suas tantas manifestações pelo mundo há séculos, INCORPORANDO em alguém? Claro que não… para Ela, basta apenas abrir os olhos e os ouvidos dos videntes e passar as mensagens de Deus!

Portanto, não limitemos o Universo aos nossos conceitos, porque ele é pura realidade informativa cruzada. Nós sõ precisamos aprender a acionar os comandos. E as respostas virão muito mais depressa que a velocidade da luz. Virão na velocidade dos pensamentos, e na intensidade do querer de cada um. Garanto que muitos já usam esse sistema de comunicação com sucesso, e mesmo não sendo “oficialmente” reconhecido, ah, isso não faz a menor diferença para “eles”. E nem para nós! Porque é real e funciona. E isso é o que basta.

Só precisamos saber que, nesse Universo, não existe um só fio desconectado ao Sistema Macro. Se você é um fio pequeno dentro de um edifício enorme de conexões, só precisa descobrir que esse fio faz parte do sistema. Começa aí. Depois, é só ir tentando perceber as energias e os comandos de informação que circulam por você, todo o tempo. O resto é aprimoramento e tempo. E ninguém vai precisar se transformar num ROBOT para se ajustar a tudo isso.

Até porque Robots não fazem parte dessa Cadeia. Nós, sim!

O idioma do Universo é a consciência. Se você tiver consciência, entenderá todos os idiomas, todos os códigos, todos os padrões, todos os bites e números. Mas, sem consciência, tudo se fará confuso e escuro, daí essa porta emperrada que até hoje nem ciência e nem ufologia estão conseguindo abrir.
JP em 20.09.2019

Comentários