Extraterrestres descobertos em petróglifos da Austrália

Uma pesquisa recente na região do Golfo de Carpentaria, no norte da Austrália, identificou um conjunto único de 17 motivos estampados em pequena escala, representando antropomorfos, cultura de materiais, trilhas de macrópodes e desenhos lineares.

Os tamanhos e formas incomuns desses motivos levantam questões sobre os tipos de material usado para os modelos de estêncil.

O que se destaca é uma figura humana estranha, um rosto enorme ao lado da figura humana e um rosto alienígena no canto inferior esquerdo da imagem.

Imagem à esquerda: Face alienígena? – Centro da imagem: Figura de hominídeo – Imagem à direita: Face.

Com base em dados etnográficos e arqueologia experimental, os autores argumentam que os desenhos foram criados com uma técnica de estêncil, anteriormente não documentada, usando modelos em miniatura esculpidos em cera de abelha.

Os resultados sugerem que a cera de abelha e outras resinas maleáveis ​​e adesivas podem ter desempenhado um papel mais significativo na criação dos desenhos estampados do que se pensava anteriormente.

O relatório publicado pela cambridge.org não descreve quem fez esses desenhos, mas parece que os criadores estiveram em contato com uma raça alienígena.

http://ufosightingshotspot.blogspot.com/2020/05/amazing-new-archaeological-discovery-in.html

*********************************************************************

Não há a menor dúvida de que todos os contatos entre os povos antigos e os seres vindos do espaço foram largamente registrados em sua cultura, em suas pedras, murais, escrituras e mesmo testemunho de lábios a ouvidos transmitido por gerações.

E por mais que a ciência moderna tendenciosa, marcadamente materialista e ateísta, continue com os mesmos vícios do pensamento medieval, ainda achando que a Terra é o centro exclusivo da vida inteligente de todo o universo, nada poderá mudar a Verdade… e nem o retorno daqueles que prometeram retornar algum dia… dia este que chegou, para desespero dos pretensos donos do mundo…

JP em 01.06.2020

Comentários
Compartilhar