Templates by BIGtheme NET

Evolução Mineral

Existe evolução animal. Morte e renascimento de formas que ascendem em espiral na escala da vida.

Existe evolução vegetal, sob os mesmos mecanismos.

O que impede de haver evolução mineral, a partir de um ponto original de consciência, construindo vida a partir dos átomos, e usando a mesma ferramenta evolucionária no processo de sucessivas transformações, de modo a não tornar a Panspermia uma origem condicional à toda vida na Terra, e fora dela?

Se há uma inteligência coordenando evoluções vegetais e animais, culminando na forma humana racional, porque descartar a mesma inteligência construindo vida a partir do reino mineral elementar, sem ter que esperar que ela caia pelo acaso dos céus?

Somos uma pirâmide de evoluções minerais, vegetais e animais, e dos ancestrais humanos, nas memórias registradas do atual DNA.

Afinal, não foi desde o Big Bang que se promoveu uma lenta evolução de matéria e energia rumo a tudo o que conhecemos de universo hoje?
E por falar em Big Bang, vocês conhecem o mistério do Grande Atrator?

Ele poderia funcionar como uma demonstração à existência do Big Crunch, o inverso do Big Bang no fim da criação universal, ou grande aniquilação:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Grande_Atrator

http://pt.wikipedia.org/wiki/Big_Crunch

Nascimento e morte do Universo, e o real é o que moveu todo esse círculo maior, repleto de círculos menores a lhe imitar o passo.

A matéria nunca foi fixa, nem a energia, São valores alternantes da equação, e Einstein nos ajuda a entender a evolução. Nada é fixo no universo, tudo evolui, do Big Bang ao Big Crunch.

Morrer aqui é renascer ali. Isso também baliza a Metempsicose.

Essa Lei precedeu E=mc2 de forma muito precisa.

A matéria-energia foram criadas a partir de um elemento primordial que evoluiu sob uma cadeia de transformações inteligentes, mas a transformação exige um ato criativo original, e este, uma manifestação pré-criativa.

Estamos, todos nós, dentro deste último nível, com liberdade porém para conceituar sobre os dois anteriores.

É isso o que nos difere das espécies animais, não racionais, o ato de refletir sobre a criação ao redor.

A ciência admite a Lei da transformação e até um princípio inteligente operando por trás. Só não admite um Criador como Entidade que manifesta tal inteligência.

Porque até ai ela chega e não passa. Passar além deste portal é o que cabe à religião, aquela verdadeira, que se define por Instrutora da Alma humana e Iluminadora da Mente racional.

Os alquimistas herméticos da Antiguidade diziam que todas as transformações evolucionárias do Universo migram apenas para um alvo: a aquisição de consciência cósmica a partir da fusão de cada indivíduo, e o Universo não passava de estágios determinados no processo a distinguir cada indivíduo, segundo seu nível.

A Consciência, e somente ela, pode contemplar o Criador, por isso é o estágio final de toda a alquimia cósmica.

JP em 22.02.2019

Comentários