Templates by BIGtheme NET

“Eu Sou o que Sou”

Foi que o Espírito de Deus disse quando Moisés perguntou o nome dele.
E acrescentou:
Quando for aos filhos de Israel, diga-lhes que EU SOU lhe enviou a eles.

Só com essa resposta, muitos idolos fabricados pela fantasia popular foram derrubados.
Quem é Deus?
Ele é o que sempre foi e o que sempre será.

E para chegarmos até Ele, o primeiro a fazer é derrubar todos os ídolos místicos do nosso pensamento, saídos não da experiência direta da Verdade, e sim, da fabricação de conceitos via crenças.

E esse espírito divino falou com Moisés no meio de uma chama brilhante inextinguível, porque este objeto da criação, o fogo brilhante, é o conceito mais próximo que podemos formular de Deus, que é energia pura e luminosa sem forma, sem peso, sem densidade, e é também uma entidade consciente e poderosa.

Nenhum outro símbolo lhe representaria melhor, daí a predileção dos antigos em associar o Sol à divindade.
Deus pode ser tudo, exceto aquilo que não existe em Sua Realidade, aquilo criado pela ignorância humana alheia à Sua Verdade.

E se EU SOU apareceu na forma de uma chama brilhante, foi justamente com a intenção de evitar a idolatria em Israel, que já era grande, com deuses importados do mundo pagão.
A melhor forma de adorar esse Espírito era acendendo uma simples chama sobre um altar, ao invés de se cercar de imagens mortas.

Mas até hoje, a fantasia popular alheia à Realidade divina pelo simples fato de estar adormecida, não parou de fabricar ídolos de todo tipo, de carne e osso ou simbólicos, aos quais incorpora uma divindade inexistente, senão que apenas a corporificação de seus próprios desejos e ilusões materializadas em cada um dos falsos ídolos que passam a guiar a sua vida.

Dessa forma, toda fé em ídolos deste tipo não passará de um mero reflexo inconsciente de todos os desejos do ego projetados numa caricatura de Deus que a pessoa inventa para se auto-satisfazer.

Felizes os que buscam a Verdade divina meditando numa simples chama brilhante… ali haverá mais EU SOU do que dentro de um Templo cheio de gente mas vazio de consciência experimental do fogo e da luz … porque enquanto a chama queima e purifica todo mal bloqueador em nós, a luz abre os nossos olhos desbloqueados para a Verdade de
Eu Sou!
E a maior Verdade de EU SOU é esta:

só existe uma energia que pode queimar e arder sem se consumir ou se esgotar, de recursos infinitos:
o AMOR.
Portanto…
EU SOU O AMOR!

O Fogo é uma entidade dual.
Porque o fogo arde com calor, e o fogo brilha em luz.
O Calor significa a Vida, e a Luz significa a Consciência.
Vida e Consciência saídos do Amor divino.
Eis a mensagem de EU SOU.

Felizes os olhos que não temem a Verdade e os corações que buscam o Amor Incondicional.
Porque já não são mais eles agindo sozinhos, mas EU SOU ardendo dentro deles, rumo ao segundo nascimento.

JP em 18.02.2020

Comentários