Templates by BIGtheme NET

Estruturas invisíveis ao redor da sua cama

 

Todas as noites, percebendo ou não, o cérebro muda sua polaridade e a mente cria uma rede de conexões quânticas com outras dimensões, tudo para permitir que sua alma ou psique se desdobre do corpo, e o mesmo cérebro e mente comece a orquestrar uma verdadeira faxina na casa, repondo energias vitais perdidas durante o dia e, principalmente, removendo todo o entulho e lixo de informações inúteis que costumamos acumular na cabeça.

Sem essa reciclagem, a mente entupiria, os neurônios se desgastariam depressa e as conexões começariam a falhar, exatamente quando acontece nos casos graves de insônia, com todos os seus efeitos nocivos, quando ela é prolongada.
Mas falemos do túnel astral.

Ele se projeta a partir do chakra coronário, do topo da cabeça, que INVERTE sua rotação para que o vórtice se torne anti-horário, permitindo a passagem da psique para fora do corpo. Durante o dia, o vórtice do chakra coronário (topo da cabeça) gira no sentido horário, o que faz com que a psique permaneça dentro do veículo físico.
Poucos conhecem essa informação.

Uma vez que o chakra do topo da cabeça acelera e muda o sentido de rotação, a psique é projetada para fora do corpo, e dependendo da vibração dessa psique, é que ela se acomodará em sonhos, ou pesadelos, ou ausência de sonhos, ou viagens astrais lúcidas. Tudo irá depender da frequência-base que a psique emite quando se projeta nas dimensões invisíveis.
Uma vez projetada, ela fluirá ao longo desse túnel construído por sua própria energia mental.

Experiências de Quase Morte (EQM) relatam esse mesmo túnel, transição entre as dimensões, construído pelas vibrações da energia mental criando conexões com o tecido da quinta dimensão quântica através da operação do eletromagnetismo do pensamento.

Um verdadeiro projeto de engenharia do pensamento, que precisa construir todas as noites as mesmas estruturas vibratórias para criar essa necessária reciclagem vital e cerebral, como trilhos de uma ferrovia sobre as quais o trem dos sonhos passeia, circulando por várias estações antes de retornar a estação de embarque e desembarque, a nossa cama.

Lembrando que esse processo é um ensaio de morte em vida, e projetores astrais conscientes tem uma vantagem sobre todos os outros mortais: eles não precisam esperar pela morte para saber como são as coisas do outro lado.
Por isso, vale a pena investir no despertar da consciência em cima de todos esses procedimentos naturais do cérebro durante os estágios do sono.

Tanto que os antigos Livros dos Mortos das culturas egípcia e budista, e maia, falavam na necessidade do discípulo se instruir em vida para fazer todas essas viagens espirituais pelas dimensões superiores, para poder construir uma evolução consciente e acompanhada pelos deuses do Universo EM VIDA… sem precisar esperar pela morte para dar o primeiro passo.

Porque a morte, em si mesma, não dará passo algum para frente, se a alma desencarnada estiver adormecida e ainda acorrentada às ilusões da matéria ao passar para o outro lado.

Não existe evolução post-mortem nesse sentido.
A evolução só acontece se for construída em vida.

Estude o livro dos Mortos do Tibet ou do antigo Egito para entender mais.

O Mundo astral é repleto de Universidades, de faculdades, de escolas, de centros de instrução, que servem exatamente para esta finalidade: nos instruir em todos os passos a serem dados em vida para garantir uma onda ascendente de evolução na atual encarnação.

O que não faltam são Templos de Luz e instrução do Universo.
Em cada estrela que brilha, existe um.

 

JP em 29.08.2019

Comentários