Templates by BIGtheme NET

Déjà vu

tempo dejavu - to no cosmos

Você está andando por uma outra cidade, ou um lugar desconhecido, e de repente aquela sensação de que passou por ali. Para isso se dá o nome de “déjà vu”, que em francês significa “já visto”.

É uma sensação de familiaridade com uma coisa que não deveria ser por se tratar de algo novo.

A porcentagem de pessoas que já tiveram um déjà vu é de cerca de 70%, porém por ser uma estimativa pode variar muito. Segundo uma pesquisa publicada no Scientific American, o déjà vu é mais comum em pessoas com idade entre 15-25 anos, etapa em que a experiência acontecesse com mais frequência.

Deja vu rapaz- to no cosmosO déjà vu ainda é um mistério para a ciência. Sabe-se que o lobo medial temporal é vital para a retenção de memórias de longo prazo de fatos e eventos. Foi descoberto que o déjà vu é mais facilmente induzido em pacientes com epilepsia através de estimulação elétrica do rinencéfalo ao invés do hipocampo. Estas observações levaram à especulação de que o déjà vu é causado por uma descarga disfuncional no cérebro.

Tem sido proposto que o déjà vu poderia ser desencadeado por uma descarga neurológica similar, resultando numa estranha sensação de familiaridade.

Há um estranho caso de um jovem britânico que vem experimentando constantes déjà vus durante anos, como se fosse uma repetição do tempo. Inclusive ele teve que deixar os estudos por conta disso, além de outros setores de sua vida social serem afetados. Detalhes desse caso foi publicado no Journal of Medical Case Roports.

Mas como ainda existem inúmeras coisas que a ciência não consegue explicar, vamos fazer a ponte Ciência-Espiritualidade.

Para a grande maioria o déjà vu está diretamente ligado à vidas passadas, porém existem um estudo feito pela Spiritual Science Research Foundation, que estuda a vida através da metafísica, onde aponta que 30% dos casos estão relacionados com experiências tidas nessa vida e em vidas passadas.

deja vu causas - to no cosmos50% dos casos é o chamado “Fenômeno Diapasão”, onde tudo, até objetos inanimados emitem frequências para a aura do local, e assim quando o déjà vu ocorre, seria um momento em que estamos captando esse energia em que o cérebro faz a tradução de uma experiência já vivida.

20% estaria relacionado com os espíritos em nossa volta, como por exemplo em um momento em que temos a influência de um espírito, mentor espiritual, que fora do espaço-tempo já teve aquela experiência, e nos transmite.

No filme Matrix, o personagem Neo teve uma espécie de déjà vu ao ver um gato, que seria uma falha na matrix, onde o programa, que é o nosso mundo, havia sido alterado. Clique aqui para assistir a cena.

A sensação de déjà vu também é atribuída à Viagem Astral ou aos sonhos, quando estamos fora de nosso corpo física em experiências em outros mundos ou nesse, e que ficam gravados em nosso subconsciente.

E você, teve um déjà vu ao ler essa matéria?

Comentários