Crops Circles 2020 III

Novo crop circle, dia 30 de maio em Wiltshire, sul a Inglaterra.

O Belo e Universal Yang-Yin

O fluxo do Quinto Elemento

Mais um crop circle aparece, em Wiltshire
com a imagem do Yang-Yin marcado por um círculo nas quatro direções.
Geralmente o Yang-Yin, o binário eterno, o Santo Oito em movimento, é representado dentro da tábua cosmológica do I Ching, com seus oito elementos.

Yang-Yin é a forma oriental de representar o mesmo que o Caduceu de Mercúrio, ou seja, o princípio mental que emprega as vibrações do Universo para plasmar formas, luz, geometria.

Neste crop circle, os quatro elementos principais foram assinalados:
Céu e terra (ar e terra), fogo e água.
Isso insere o Yang-Yin na dimensão do QUINTO ELEMENTO, o éter dos antigos, ou a quarta dimensão, onde o quinto elemento se torna o fundamento de todos os quatro elementos, estados da matéria, formas, tudo o que existe na Terra e as dimensões inferiores.
Musica, vibrações, frequências, e o próprio pensamento é uma oscilação, uma frequência luminosa invisível que se apóia no éter dos antigos para se mover no Universo.
A chave do cosmos está sendo enviada ao mundo nestes três crops circles combinados.
Trata-se de uma luz, um pensamento e uma música que precisamos aprender a soar, a vibrar e a brilhar na dimensão paralela, onde todos os elementos se encontram, se somam e se fundem segundo um denominador comum.
Este denominador comum de toda matéria, toda energia e toda forma é a chave de acesso às dimensões superiores.
E normalmente a chave do Universo foi representada pelo símbolo mais simples de todos.
A CRUX!

A CRUX!
E no centro da Crux, dos quatro elementos, é que se encontra o misterioso e secreto eixo da Roda dos Universos, eixo que também nos atravessa o centro, o coração, no aqui e no agora de nossa existência, ressoando com as Esferas…

Hoje, 30 de maio, e 30.05 soma 8 (3+5)

Em 2016, montei um slide com os crops circles estilo Yang-Yin, que com certeza está entre os padrões das mensagens crop circle, e o primeiro, pelo que observei, apareceu em 1998, há 22 anos (11-11), em linhas bem próximas deste novo e belo crop circle.


JP em 30.05.2020

Novo crop circle, Tarabel, França, 30 de maio de 2020

Anúncios dos eclipses de Junho

E exatamente como aconteceu no ano passado, crops circles ingleses e, principalmente, a série de 15 ou 16 crops circles inéditos na França, em 2019, aparecendo para destacar eventos dos eclipses de julho (em 2 de julho e 16 de julho) e que, naquele ano, trouxeram uma série de impactos previstos de energia ao planeta Terra.

Este par de crops circles do dia 30 de maio recente, ontem, me soam como anúncios dos dois eclipses de junho, às portas, em 5 de junho (lunar) e em 21 de junho (anular) este último, que promete ser muito poderoso.
Que impactos poderemos esperar agora ao mundo?

Ambos os crops circles tem um design de OITO (número 8) e aparecendo no mesmo dia 30.05 (data que soma 8) vemos então uma relação evidente entre ambos.

E qual o melhor fenônemo natural, cosmológico, para produzir movimento de fluxo de energias do que os eclipses, que são os eventos cósmicos de impacto mais imediato sobre o planeta Terra?
O Yang é a onda de componente solar, enquanto o Yin, a onda de componente lunar.
Sol e Lua são, em todas as tradições do Oriente e do Ocidente, o Yang-Yin, o binário do caduceu de Mercúrio a realizar alquimia de energias que servem de base à vida na Terra. Nos tempos dos eclipses, essas energias alcançam pontos de ápice por causa dos alinhamentos envolvidos.

Enquanto isso, o novo crop circle da França parece postar os dois eclipses que virão ao mesmo tempo, lunar em 5 de Junho e Solar (tipo anular) em 21 de Junho (dia do Solstício).

Inclusive o primeiro crop circle da temporada, o crop circle do Anjo, mostrou, em seu design astronômico, o planeta Vênus diante do Sol, e a Terra entre o Sol e a Lua (isso realmente irá acontecer no dia 5 de Junho próximo, porque teremos um alinhamento Vênus-Sol ao mesmo tempo em que acontece o eclipse da Lua.

Então, inserindo o Yang-Yin dinâmico (dentro de uma cruz, os quatro elementos) ao fenômeno dos eclipses, estes crops circles reunidos podem estar anunciando intenso fluxo de energias sobre a Terra (o ponto de intersecção) no mês de Junho.
Vamos aguardar.

A Ressonância cósmica

Sinto que há uma onda singular de energia se formando no universo prestes a se alinhar em Junho de 2020, em dois eclipses, solar e lunar. E estes eclipses, de uns anos para cá, tem recebido outros impulsos adicionais de energia que amplifica o seu poder. Provavelmente do astro invasor P 7X, com data marcada para aproximação e culminação de periélio solar.

Os eclipses sofrem ciclos de 19 anos, chamados metônicos, quando voltam a repetir as mesmas posições no céu sob as mesmas datas.
Isso quer dizer que, no ano de 2001 (muito tenso para a Terra, por sinal, envolvendo o evento das Torres gêmeas, 11 de setembro, nos USA), naquele ano, dias 5 e 21 de Junho, tivemos os mesmos eclipses solar e lunar (nas mesmas posições do céu) que teremos agora, nos dias 5 e 21 de junho de 2020.
E um poderoso crop circle apareceu naquele ano, no dia 21 de junho de 2001, mostrando uma pirâmide e o Sol do eclipse nascendo por trás dela, com 7+7 = 14 asas da ressurreição de Osíris, na forma do deus Kephri, escaravelho sagrado, deus dos retornos do Sol na manhã.

E agora, em 30 de maio, aparece um yang-yin (que no nível cósmico representa a alquimia do Sol e da Lua) marcando quatro pontos em cruz ao redor, como que repetindo a mensagem da pirâmide, dos quatro elementos e do quinto elemento que sofrerá o mesmo impulso de fluxo de energia no próximo mês.

Lembrando que, ano passado, em 21 de Junho de 2019, apareceu o magnífico crop circle da formiga, diante de um eclipse anular do Sol… sugerindo o trabalho com as provisões para o longo inverno.
E entramos em 2020 com essa mensagem se tornando verdadeira por causa da pandemia global.
Qual é a nova onda que chega para o mundo em junho?

JP em 31.05.2020

Comentários
Compartilhar