Templates by BIGtheme NET

Asteroide se aproxima da Terra… e a NASA desmente!

2.5-mile-cometComparando a vastidão do universo, as chances de um asteroide, cometa ou algum corpo celeste atingir a Terra é minúscula, porém essa mesma chance foi a que exterminou os dinossauros.

Não é preciso mais do que poucos segundos para a Terra, como a conhecemos hoje, se dilacerar e virar pó. Milênios de conquistas seriam perdidos em poucos segundos, junto com toda a nossa história. Hipóteses que não levamos em consideração no dia a dia.

Se tem falado que no mês de setembro de 2015 um asteroide atingiria a Terra, mas (felizmente?!) refutando essa teoria, a NASA tratou de convocar a mídia e desmentir, alegando que não se passa de uma teoria da conspiração.

Pois bem, mesmo que se houvesse certeza sobre um objeto celeste de grande magnitude atingir a Terra, a chance da NASA admitir seria praticamente nula, afim de evitar o pânico da massa (Isso mesmo, nos iriam deixar morrer sem ao menos saber).

Em 2013 um grande meteoro de 17 mil toneladas atingiu a atmosfera terrestre. Mesmo sem ter atingido o solo do planeta, milhares de pessoas ficaram feridas, construções e carros ficaram danificados.

meteororússia150213

Cena do meteoro que atingiu a Rússia em fevereiro de 2013. Nada disso foi previsto pela Nasa, ou pelo menos nada foi dito para gente. Poderia ter sido uma grande tragédia para o mundo.

O asteroide chamado de 2004 BL86, em 2015 passou perto da Terra a uma distância equivalente a três vezes a da lua. Em 2017 esse mesmo asteroide voltará, mas dessa vez o asteroide de 1.3 km de diâmetro passará a 390 mil km Terra da Terra, a distância média entre a Lua e a Terra. 

Esperamos que até lá possam fazer algo, ou quem sabe até lá outros asteroides maiores e mais próximos aparecerão nos céus.

Segundo Judit Györgyey-Ries, do Observatório McDonald da Universidade do Texas, um asteroide do tamanho da Estátua da Liberdade poderá atingir a Terra em 2017.

“O tamanho é estimado pelo seu brilho, mas não sabemos exatamente a refletividade. Assim, pode ser maior ou menos do que esperamos, tendo entre 10 e 40 metros” afirma Judit.

Um asteroide gigante parecido a este quase atingiu o planeta em outubro de 2012, quando passou a 94,800 km de distância.

Atualmente existem 4700 asteroides considerados “potencialmente perigosos” catalogados, que oferecem um grande risco para o nosso planeta. Um asteroide Se alguma força superior ou ordem natural decidir que algo assim deva atingir a Terra, não há muito o que possamos fazer nem para onde correr. Talvez alguns poderosos poderão se esconder em lugares protegidos ou até partir em algum foguete rumo à qualquer lugar. Mas seria uma minúscula minoria.

Assim vamos vivendo nossa vida, o cotidiano e nossos afazeres. Espero que não tenhamos um fim inesperado como o dos dinossauros.485176_441599455926469_1655029236_n

Comentários